Para Derrick Rose, Pistons tem chances de conquistar título do Leste

Entre ser o mais jovem MVP da história da NBA a ressuscitar uma carreira que já parecia condenada, Derrick Rose já viveu quase todas as experiências possíveis para um atleta. Quase todas. O jogador de 30 anos contou que, depois de tantos altos e baixos na trajetória profissional, ele alcançar o topo definitivo da liga e levantar o troféu Larry O’Brien nos próximos anos.

“Eu quero ser campeão da NBA, evidentemente. Já atingi todos os feitos individuais que visava ao longo da minha carreira e, agora, chegou a hora de focar naquilo que realmente sempre desejei na vida. Almejo muito, muito mesmo, ganhar um título”, confessou o armador, finalista da conferência Leste com o Chicago Bulls em 2011, em entrevista à rádio Sirius XM.

O discurso de Rose e o fato de ter assinado com o Detroit Pistons pode soar como uma incoerência, mas simplesmente sinaliza para uma percepção pessoal: o astro aposta muito mais na franquia de Michigan do que a maioria. “Eu sinto que temos uma ótima chance em Detroit, estando na conferência Leste. Temos dois ótimos pivôs, um grande time. Nunca se sabe…”, analisou o veterano.