Para Popovich, Ginobili tornou-se “alma e coração” do Spurs ao longo da carreira

O San Antonio Spurs ainda não sabe se terá Manu Ginobili no elenco da próxima temporada. Mas, independentemente da resposta, uma coisa é certa: a franquia vai perder um símbolo com a aposentadoria do astro, não importa quando aconteça. O treinador Gregg Popovich, inclusive, acredita que a ausência do argentino terá um impacto na cultura do time semelhante à recente despedida de Tim Duncan.

“Manu sempre teve aquela abordagem direta, pé na porta, agressiva. É um desses atletas que viram a alma e coração de sua equipe ao longo da carreira, por conta da competitividade exemplar e espírito coletivo”, disse o experiente técnico, em entrevista após a eliminação dos texanos dos playoffs, reconhecendo as altas chances do comandado deixar as quadras neste ano.

Popovich já afirmou que, se dependesse dele, Ginobili poderia alongar a carreira. Mas, embora queira tê-lo ao seu lado por mais uma temporada, ele garante que não vai influenciar a decisão do veterano ala-armador. “Se Manu resolver seguir jogando, isso será uma motivação pessoal. Ele já é um homem crescidinho e vai descobrir o que é melhor para si e sua família”, finalizou o técnico.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • Mathias

    Como joga(va) esse monstro!

    https://www.youtube.com/watch?v=wZRducHYars

    • Doug

      Classe!

  • Brockbell

    Duncan e Ginobili criaram uma filosofia dentro de quadra para os Spurs!

  • The Point-GOD

    Um dos ala-armadores mas inteligentes na história do jogo, não a toa é conhecido como the scientist

  • Josias De Sá Nascimento

    Acho que está na hora do SPURS já pensar em um Armador de ponta ( Parker baleadaço e Mills some na hora da decisão) e um “gatilho” de 3 pra Fazer companhia a Aldridge e Leonard!!
    Sou Knicks mais acho o Spurs ( Devido a Duncan ) um time muito bacana!!

  • Pablo Leite

    Acho que os Spurs precisam prosseguir sem o argentino. Ninguém consegue derrotar o tempo.