Para Tyronn Lue, LeBron sente-se obrigado a disputar 82 jogos da temporada

LeBron James está em busca de um feito pouco usual para um atleta em sua 15ª temporada na NBA: tentará disputar os 82 jogos de uma campanha pela primeira vez na carreira. O astro de 33 anos esteve presente nas 58 partidas do Cleveland Cavaliers até agora. O treinador Tyronn Lue acompanha essa jornada de perto e crê que a marca tornou-se uma espécie de “dever moral” para o veterano ala.

“Eu acho que LeBron sente não ter o direito de tirar descanso, sendo o líder dessa equipe, por causa de tudo o que vivemos. Nós tivemos caras lesionados, passando por péssimas fases e, agora, os novos reforços chegando. Então, acredito que ele esteja tentando liderar pelo exemplo com essa postura”, explicou o técnico, que percebe um senso de “obrigação” na ininterrupta presença do craque.

LeBron possui mais de 52.500 minutos disputados, somando temporadas regulares e playoffs, ao longo da carreira. Lue diz ter liberdade para poupar o veterano, mas ainda não viu necessidade disso. “Eu ainda acho que ele precisa ser esperto sobre sua condição física, mas nossos preparadores afirmam estar tudo bem. E, se está tudo bem para ele, está bom para todos aqui”, finalizou o ex-armador.   

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • Thiago / Coming up ASG

    Você é um bosta, Lue.
    Se organizasse essa equipe minimamente correta, o LeBron não precisaria jogar os possíveis 82 jogos.

  • Roberto Santos

    Ele sente-se obrigado pra suprir a bagunça que é o time por sua causa

  • Ele sente-se obrigado a jogar os 82 jogos não por ser o líder e sim porque sem ele o time faz um empate virar uma desvantagem de +10 pontos em poucos minutos, igual aconteceu contra o Spurs nesse domingo.

  • Brinell Arcanjo

    Não viu necessidade de dardescanso ao lebron. É piada isso? Necessidade de descanso ele tem porem se fizer é derrota certa.

  • Diego Varjão

    O LeBron é abençoado com uma genética dos deuses e une isso a um vida regrada, alimentação e cuidados tops, mesmo padrão do CR7. Incrível como nunca teve uma lesão significativa e ano pós ano se mantém no auge. Se ele quiser joga até os 40 fácil. Vejo ele indo pra posição de PF no fim da carreira, mais pesado e menos ágil, mas o estrago vai ser o mesmo. Se tem alguém pra bater o recorde de pontuação do Kareem é o Bron. Vida longa ao Rei