Para Varejão, nova temporada será a mais equilibrada dos últimos anos

Anderson Varejão vive a expectativa de iniciar sua 12ª temporada na NBA com a empolgação de um calouro. Recuperado de uma ruptura no tendão de Aquiles, o pivô participou da pré-temporada completa do Cleveland Cavaliers e está pronto para disputar o primeiro jogo de campanha regular em mais de dez meses. Um ano que, para o brasileiro, traz as melhores chances de título que já teve na liga.

“Nós queremos ir longe nesta temporada, ainda mais do que na campanha passada. Temos confiança no nosso grupo, uma equipe forte e bem estruturada que ainda trouxe reforços, e agora é trabalhar duro para buscar os objetivos”, disse o atleta de 33 anos, que, à beira da quadra, acompanhou o Cavs ser campeão da conferência Leste e vice-campeão da liga no primeiro semestre.

Conquistar o primeiro título da história da franquia, porém, não projeta ser um trabalho fácil. Se o Cavaliers surge como franco favorito para seguir no topo do Leste, a conferência Oeste traz o atual campeão Golden State Warriors, o reforçado San Antonio Spurs e o Oklahoma City Thunder finalmente recuperado fisicamente. Varejão acredita que o equilíbrio vai ser a tônica da temporada que está para começar.

Leia mais
Para maior parte dos GMs da liga, Cavs será campeão da próxima temporada
Recuperado, Varejão torce por temporada saudável para levar Cavs ao título
Anderson Varejão renova contrato com o Cavaliers até 2018

“Esse vai ser o campeonato mais equilibrado dos últimos anos, porque todos os times estão reforçados e jogadores lesionados na temporada passada estão voltando. Tudo contribui para que seja uma competição nivelada e bem disputada”, avaliou o veterano, que deverá ter times como Chicago Bulls e Miami Heat como principais concorrentes para manter o título do Leste.

Além da busca pelo inédito troféu para o time de Cleveland, a próxima temporada também traz um desafio pessoal para o pivô brasileiro: manter-se saudável. Ele só conseguiu disputar mais de 31 partidas em uma das últimas cinco campanhas, por conta de várias lesões diferentes. O provável reserva da rotação de David Blatt sabe que não pode prever problemas físicos, mas traça uma perspectiva confiante e otimista para os próximos meses.

“Eu quero que o campeonato comece logo, ter um grande ano e ajudar o Cavs com todas as minhas forças. Estou feliz por estar bem e desejo agradecer todos que me ajudaram nesse período difícil – os médicos em especial, com quem quero pouco contato nessa temporada”, encerrou o sempre bem humorado Varejão, presença já confirmada na estreia da equipe na campanha regular, contra o Chicago Bulls, nesta terça-feira.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • Rodrigo Silva

    Adoro o Varejão. O problema é que a temporada começa, ele arrebenta como sempre, ae quando chegar entre o jogo 15 – 20 ele rompe algum tendão.

    Triste 🙁