Parabéns aos perdedores!

[youtube=https://www.youtube.com/watch?v=Ui9g-SbNjYE]

No último domingo, assistimos à conclusão da primeira rodada dos playoffs. Se o resultado das séries não trouxe nenhuma surpresa, já que Brooklyn Nets e Portland Trail Blazers foram os únicos a vencerem adversários de melhor campanha na temporada regular, não se pode dizer o mesmo do desenrolar das partidas.

Tivemos uma primeira rodada que, se não foi o melhor da história, chegou bem perto. Cinco séries foram para o sétimo jogo, batendo o recorde anterior (de apenas três). Vida fácil mesmo apenas para o Miami Heat, que “varreu o Charlotte Bobcats, e para o Washington Wizards, que venceu o Chicago Bulls em confronto mais competitivo do que os cinco jogos fazem parecer.

De resto, o que tivemos foram séries bastante disputadas e com várias partidas sendo decididas nos instantes finais. Com certeza, o arremesso mais marcante foi o de Damian Lillard: uma bola de três pontos no último segundo do jogo 6, mandando o Houston Rockets para casa mais cedo e garantindo o Blazers na próxima fase.

[youtube=https://www.youtube.com/watch?v=p-7z29H3BRs]

Todas as outras cinco séries tiveram jogo 7. Mavericks e Grizzlies, dois últimos classificados do Oeste, deram bastante trabalho para as equipes com as melhores campanhas, San Antonio Spurs e Oklahoma City Thunder. Dallas entregou os pontos na última partida, mas, nas seis anteriores, jogou de igual para igual com o dono da melhor campanha da temporada. O arremesso de Vince Carter no estouro do cronômetro do terceiro jogo chegou até a colocar o Mavs no controle da série em certo momento.

O Grizzlies, por sua vez, foi um oponente duríssimo que serviu para testar a real capacidade do Thunder de chegar à final. Em uma série que teve também vários jogos decididos nas posses derradeiras, o MVP Kevin Durant até foi questionado pela própria imprensa de Oklahoma. Todas essas críticas foram silenciadas com a convincente vitória no sétimo duelo, quando ele e Russell Westbrook tiveram grandes atuações.

[youtube=https://www.youtube.com/watch?v=fSVzjUP8dVs]

A série entre Clippers e Warriors acabou marcada pelo episódio de racismo envolvendo Donald Sterling, mas foi uma disputa igualmente memorável em quadra. A maioria dos jogos foi decidida apenas no final e não foi diferente na sétima partida. Os angelinos tiveram que suar para alcançar o último minuto com uma vantagem que permitiu sobreviver à ofensiva derradeira do Warriors. Agora, avançam de fase para enfrentarem o Oklahoma City Thunder.

No Leste, o Hawks abriu 3 a 2 e deixou o líder Pacers à beira da eliminação. A equipe de Indiana, liderada por Paul George, conseguiu superar (pelo menos, momentaneamente) os problemas do final da temporada regular e obteve duas vitórias convincentes para fechar o confronto – com boas performances de George e Lance Stephenson. Raptors e Nets fizeram uma série relativamente morna, mas que também culminou em um jogo 7 emocionante. Após um roubo de bola importantíssimo, Toronto teve a chance de tentar um arremesso nos últimos segundos que levaria a equipe canadense à segunda rodada, mas o arremesso de Kyle Lowry parou no toco de Paul Pierce, que garantiu o time de veteranos o direito de enfrentar o Heat.

[youtube=https://www.youtube.com/watch?v=_9j9KfDuigs]

Independente dos resultados, devemos parabenizar os perdedores. Jovens equipes como Warriors, Hawks, Rockets e Raptors mostraram que estão no caminho certo e devem vir mais fortes ainda na próxima temporada. “Veteranos” como Mavericks e Grizzlies também deixaram claro que – com um ou outro reforço pontual – podem voltar a disputar títulos. Essas franquias estão de parabéns, pois foram responsáveis diretas pelo sucesso da excelente primeira rodada dos playoffs. De alguns anos para cá, séries extremamente previsíveis tinham transformado esta fase do mata-mata em algo maçante e cansativo. Com os resultados deste ano, nós podemos ter novas esperanças para a liga nos próximos anos. Esperamos que esta tendência se mantenha ao longo da continuação dos playoffs.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • Daniel

    Heat 4 x 0 Nets
    Wizards 4 x 1 Pacers
    Clippers 4 x 2 Thunder
    Spurs 4 x 2 Portland

    As séries seriam muito melhores se tivessem passado Raptors e Grizzlies … e pena que os Mavericks pegaram logo os Spurs na 1a rodada, contra qualquer outro acho que dava Dallas…

    • Daniel Boizão

      E o troféu mãe Dina vai para o Sr. Daniel!!!

  • rodrigohawks

    Letssss go hawksssssssssssssssssss <3

  • rodrigo

    realmente merecem os parabens

  • Melhor 1:Rodada dos Playoffa desde que começei a acompanhar NBA,jogos muito bons.

    • Também achei, Gabriel. E olha que eu acompanho a NBA há mais de 20 anos.

      • Augusto

        faz pouco tempo que acompanho e pra mim também foi a melhor.
        mesmo o Celtics não estando nela.

  • D.C.

    No fim das contas, as suspensões do Calathes e do Randolph salvaram a pele do Thunder e principalmente do Flavio Gomes yankee que brinca de treinar o Oklahoma.

    Raptors ganhou muito minha simpatia, torcida fodalhona (ao contrário do clássico do tédio entre as platéias de Nets e Heat) e um time abusado. Experiência e ajustes pontuais vão fazer esse time crescer muito.

    Hawks também foi bem, mesmo destroçado por lesões mostraram qualidades, tem muita margem para evolução.

  • DirkMito

    Orgulho de ser Mavs (L)(L)