Parodi brilha e Franca estreia no NBB com vitória sobre o Corinthians

Por Georgios Konstantinos Tsoukas e Gustavo Lima

(0-2) Corinthians 87 x 89 Franca (1-0)

Nesse sábado (19), no Ginásio Wlamir Marques, a equipe do Sesi Franca visitou o Corinthians, logo após terem vencido o segundo jogo da série melhor de três pela final do Paulista na última quinta-feira (17), vitória que deu o bicampeonato estadual para a equipe do interior de São Paulo.

No jogo desse final de semana, válido pelo NBB, a equipe de Franca, em sua estreia no campeonato nacional, repetiu a dose e venceu os donos da casa novamente, agora em um jogo equilibrado e decidido nos segundos finais, pelo placar de 89 a 87.

No primeiro quarto, a equipe paulista começou abrindo distância no placar: sete a três nos primeiros minutos e muito graças ao pivô norte-americano Anthony Johnson. O camisa 32 foi responsável por seis pontos consecutivos, mas a defesa armada pelo técnico Bruno Savignani deixou brechas no perímetro, a rotação deixou espaços e, do outro lado, o uruguaio Luciano Parodi aproveitou e mostrou que não veio para brincadeira. O armador matou três bolas de três e ditou o ritmo da equipe de Franca no ataque. No fim da parcial, placar empatado em 20.

No segundo quarto, a defesa corintiana se encontrou e o time soube se portar melhor em quadra, não dando espaço para os arremessos livres do adversário. Os alvinegros abriram 35 a 28 no placar, mas novamente cederam o empate, graças a um arremesso de média distância do pivô francano Lucas Cipolini, além de uma bola de três de Parodi, que já acumulava quatro arremessos certos do perímetro nas quatro tentativas que teve até então.

O técnico Savignani pediu tempo logo após o empate, David Nesbitt matou uma bola de três para os donos da casa e, em seguida, Humberto sofreu falta numa tentativa de infiltração, converteu os dois lances livres e os alvinegros foram para os vestiário com cinco pontos de vantagem: 41 a 36.

Na volta do intervalo, Franca veio arrasadora. Com Parodi inspirado, David Jackson matando suas bolas de média distância, e aproveitando-se da vantagem de Rafael Hettsheimer no garrafão contra Nesbitt, a equipe francana não só encostou no placar como abriu dez pontos de vantagem nos cinco minutos iniciais de período, numa corrida fulminante de 13 a 0 na parcial. Graças aos erros adversários e a uma forte defesa no perímetro que sufocou os armadores corintianos (13 pontos somente da equipe paulista no terceiro quarto), os visitantes dominaram o contra-ataque e os 28 pontos feitos deram números finais ao período: 64 a 54 para Franca.

Nos últimos dez minutos, com o apoio dos poucos mais de 500 torcedores presentes no ginásio, os donos da casa voltaram para o jogo devido à forte defesa em zona, que, finalmente, encaixou no último quarto. Franca tirou o pé do acelerador, errou demais (15 turnovers na partida), não aproveitou os arremessos livres que teve do perímetro e não conseguiu infiltrar na forte defesa adversária. Graças a uma bola de três do armador Ricardo Fischer, os mandantes passaram a frente no placar: 78 a 76, faltando pouco mais de três minutos para o fim do jogo.

Logo após a virada, Franca reascendeu para o jogo e viu Lucas Dias chamar a responsabilidade. Aproveitando do seu tamanho e de sua força física, o ala-pivô francano tirou vantagem da marcação de Nesbitt, mais baixo que o camisa 9 e anotou oito pontos consecutivos, entre arremessos no poste de baixo e lances livres nas faltas que conseguiu cavar embaixo da cesta. Felipe Vezaro e Nesbitt ainda converteram uma bola de três cada um, já nos segundos finais, mas que não foram suficientes para a virada corintiana. No fim, vitória de Franca na estreia do NBB, enquanto a equipe do Corinthians amargou sua segunda derrota em dois jogos.

Agora, o Corinthians enfrenta o Bauru nesta segunda-feira (21/10), às 21h, também em sua casa, no Wlamir Marques.
Já Franca continua na capital paulista para enfrentar o Pinheiros, também nesta segunda, às 19h.

Corinthians
Tracy Robinson: 14 pontos
David Nesbitt: 12 pontos
Felipe Vezaro: dez pontos

Franca
Luciano Parodi: 25 pontos, quatro rebotes, sete assistências e cinco bolas de três pontos convertidas
Lucas Dias: 18 pontos e 12-14 nos lances livres
David Jackson: 13 pontos e nove rebotes
Jimmy: 11 pontos

Gustavo Lima
Gustavo Lima
Jornalista graduado pela UFMG e pós-graduado em Produção em Mídias Digitais pela PUC-MG. Natural de Ipatinga e residente em BH. Editor do Jumper Brasil desde 2007. Acompanha a NBA desde 1993. Torcedor do Phoenix Suns, mas adepto da imparcialidade.