Paul George: “O Thunder é tudo o que um astro quer de uma franquia”

Paul George já está acostumado a entrar no olho do furacão cada viagem que faz para Los Angeles. Especulado como reforço do Lakers na próxima offseason, o ala do Oklahoma City Thunder é bombardeado por jornalistas sobre o seu declarado time de infância. As chances de jogar na Califórnia em 2018 continuam bem vivas, mas o ala de 27 anos se diz bastante impressionado com o novo time.

“Eu só vou determinar o meu futuro quando a temporada terminar, mas posso dizer que gosto muito do que temos aqui. Adoro nosso vestiário e a organização tem sido inacreditável. Eles atingem todas as expectativas que tinha. Estou feliz com minha situação e o lugar onde trabalho. O Thunder é tudo o que um astro quer de uma franquia”, afirmou o craque, em entrevista ao site oficial da NBA.

As chances de George permanecer em Oklahoma City, certamente, melhoraram muito desde o fim de novembro: com 14 vitórias nos últimos 20 jogos, a equipe subiu da nona para a quinta posição na classificação do Oeste. Enquanto isso, o Lakers “afundou” no fim da tabela. O ala sabe que o time teve algumas de suas melhores atuações contra favoritos ao título e, por isso, está animado.

“Os playoffs vão ser duros, mas eu gosto do nosso elenco. Não estou preocupado com isso. O Golden State Warriors possui craques assim como nós temos. Já mostramos que podemos derrotá-los – e vencer qualquer um – se jogarmos em alto nível. Passa por conseguirmos ser consistentes em uma série inteira, mas gosto de nossas chances”, avaliou o astro.

George tem consciência de que os rumores não vão parar, então, a cada entrevista, deixa a situação bem clara: o Lakers sempre vai ter chances, mas não fará loucuras para jogar em casa. “Los Angeles é meu lar, sempre será um destino natural. Tudo o que quero, porém, é vencer. Eu seria estúpido se o Thunder chegasse a uma final de conferência, fizesse uma série dura contra o Warriors em nosso primeiro ano juntos, e decidisse ir embora, por exemplo”, exemplificou o jogador.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • dirct

    Igual vc disse que nasceu pra jogar em Indiana, jogador quando começa a fazer jura de amor pra time pode desconfiar a não ser em casos específicos como Dirk, Duncan entre alguns outros.

    • Andrew

      É a versão da NBA de “beijar a camisa” do futebol hahaha.

    • CARLOS AUGUSTO DA CONCEICAO

      Poxa né…imagina se ele declarasse em plena temporada que deseja se transferir. Negócios.

      • dirct

        O inteligente seria ficar quieto, ficando quieto qualquer decisão que ele tome depois ninguém pode dizer que ele se contra-disse.

        • Fred #TrueMagic ORL-MAGIC #1

          esse senhor Carlos só fala bosta, caga pelos dedos… deve ter almoçado e vindo cagar aqui na página.

  • Hugo Leonardo

    Durant falava as msm coisas…

    • CARLOS AUGUSTO DA CONCEICAO

      Nao é sobre Durant, man, e Durant jogou quantas temporadas com westlokinho até perceber que ali não dava..nao dá…e não dará…

      • Fred #TrueMagic ORL-MAGIC #1

        kk que comentario bosta em senhor.

        • CARLOS AUGUSTO DA CONCEICAO

          Olha…vc apontou a qualidade como substância…diga o que é a bosta no comentário, não coloque apenas etiqueta….eis a oportunidade pra exibir sua qualidade superior em retórica….

  • Andrew

    Não me engana esse discurso. Ele floreia bem, mas nunca é taxativo. Se os resultados não forem bons, independente do que a franquia lhe ofereceu, ele zarpa.

    • Will

      Foi essa a minha leitura tb, Andrew.
      É como se ele estivesse já dando uma indicação do mínimo que precisa acontecer pra que ele continue no OKC.

  • Danilo Celtics #Banner18

    é tudo mesmo , de menos ser campeão

  • MDias

    “Eu seria estúpido se o Thunder chegasse a uma final de conferência, fizesse uma série dura contra o Warriors em nosso primeiro ano juntos, e decidisse ir embora, por exemplo”.

    Acho que isso foi uma indireta para o covarde do Durant que preferiu se juntar as mocinhas

    • Will

      Eu acho que isso foi uma dica pro OKC acerca do mínimo que precisa acontecer pra que ele continue por lá na próxima season.

    • Vitor Martins

      Só não entendi pq “mocinha” é xingamento. Eu bem que queria jogar que nem as mocinhas Diana Taurasi e Candace Parker…

    • Paulo Henrique

      Nah, ele é amigo do Durant

    • CARLOS AUGUSTO DA CONCEICAO

      Kkkkkk….o assunto não era Durant, man,

    • Albert Santos

      Kkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Cedi LeBrOSMAN

    Saiu uma msma notícia hoje, de q o Lakers vai se desfazer de alguns jovens, com o intuito de abrir CAP (nem é para se reforçar, aparentemente, é para abrir CAP.) para dois salários máximos. Se o George realmente cumprir a palavra, o q é cada vez mais raro, vai ser o CAOS em L.A.. Magic e Pelinka já tão demonstrando q vão com tudo nessa F.A..
    Se o OKC, for bem nesta temporada e demonstrar ser competitivo nos Playoffs, e com toda essa baboseira da família Ball em torno do Lakers, realmente eu acho q ele pode ficar. Mas vai depender bastante da atuação do OKC nos Playoffs.
    Jogador para receber salário máximo nesta próxima F.A. terá: LeBron, Paul George, DeMarcus Cousins, e DeAndre Jordan (sempre tem uma franquia doida por aí, ñ duvido disto, rs.) com chances do Lakers tentar contratar.

    • Gustavo Santos

      Cara eu acho que se o Thunder realmente fazer uma boa série de playoffs, o PG não deve ir para lá. O LBJ eu acho bem difícil sair do Cavs que está perdendo ano a ano para o Warriors, para ele perder no Lakers acho que não vai virar… Eu acho que as chances do Lakers ficar a ver navios neste momento é grande.

    • Guilherme Petros

      E sempre rola um máximo sem explicação (Parsons, Barnes, Mozgov…). Então, pode ser que, além desses 4 citados, pinte uns contratões bizarros tbm… rs

  • Rafael Victor

    Vai ficar feio pro Paul George se depois de toda essa conversa fiada ele resolver sair do Thunder

    • Gustavo Santos

      PG é um cara em que a palavra não é o forte dele. Mas ficou bem claro oq ele disse nessa entrevista, é como já comentaram abaixo, se o Thunder for competitivo nos offs, ele não deve trocar o time atual pela várzea que é o Lakers

  • Gustavo Santos

    Apesar de ter falado a mesma coisa em Indiana, eu acho que deve acontecer isso mesmo oq ele falou. Acho que nem precisa o Thunder chegar numa eventual final de conferência, mas se por exemplo se cruzar como o GSW em uma semi final de conferência e mesmo serem derrotados mas por pouco, eu acho mais fácil o PG permanecer no Thunder.. Cara, trocar um time competitivo do Thunder (se baseando que isso venha a acontecer) pelo Lakers que é um time jovem, mas ainda longe de se tornar competitivo, isso seria muita loucura

  • Don

    Deve ser né PG… que vergonha perder pro Blazers sem o FP, Lillard.
    sei não…

  • CARLOS AUGUSTO DA CONCEICAO

    A conversa era sobre transferência..mas no fim das contas PG já admite que Golden estará na final da conferência…não era o que ele pretendia dizer…porém foi o que ele disse….kkkkkk

  • CARLOS AUGUSTO DA CONCEICAO

    Duvido que PG não saia do OKC. Como diria Milton…antes ser rei nos infernos que escravo no paraíso. Lá a franquia vai ser dele…vindo alguém interessante no draft…mais ele…e outras contratações…muito difícil recusar.

    • Rs

      Você acha mesmo que o Lakers tem um time atrativo pro Paul George???

      • CARLOS AUGUSTO DA CONCEICAO

        Pode vir a ter…depende…lakers tem potencial…se trouxerem mais alguém de peso….pode ser que atraia PG…por outro lado…não sei se pro lakers seria tão bom assim ter PG…penso no 76 sixers por exemplo. Acho o melhor caminho ir acrescentado bons novatos e moldar um esquema de jogo que ir contratando estrelas. Acho que um cara tipo Jimmy Butler seria mais negócio que PG.

  • Marcelo Desoxi

    Três temporadas acima da média , e já tem essa bola toda.

  • Dembe Zuma (n° 10)

    Só falta mesmo é ganhar de time fraco.Parece q tá dificil

  • Tem chances, porque nos playoffs não tem time ruim pra ganhar do OKC.