Paul George reclama de arbitragem após derrota em estreia

https://www.youtube.com/watch?v=6-7yIodSMSg

O Indiana Pacers começou a temporada com a cabeça inchada. Atuando fora de casa, o time chegou a liderar a partida contra o Toronto Raptors por 16 pontos ainda no segundo período, mas teve péssimo aproveitamento de arremessos nos quartos seguintes e sofreu a virada no segundo tempo. Mais do que a pontaria ruim, as duas faltas técnicas marcadas contra Paul George e George Hill nos 12 minutos decisivos de jogo tiraram os visitantes do sério.

“Aconteceram muitas marcações ruins hoje”, acusou George, em entrevista após a derrota por 106 a 99. “Em partidas disputadas como essa, os árbitros devem nos deixar jogar. Kyle Lowry [armador do Raptors] fez o que quis na defesa e, quando era tocado no ataque, eles sempre apitavam. Nós ficamos frustrados com isso, muito frustrados”.

A acusação do craque do Pacers foi ouvida por Frank Vogel, mas o técnico não quis entrar em polêmicas. Para o treinador, a arbitragem não foi a grande responsável pela perda de controle dos seus comandados no segundo time. “Na verdade, eu acho que nós simplesmente perdemos o foco a partir do terceiro quarto”, argumentou.

Apesar da frustração do resultado negativo, a partida foi um marco para a carreira de George. Após perder 76 jogos da temporada passada por conta de uma grave fratura na perna direita, o astro voltou ao quinteto titular do time e atuou sem limitação de tempo pela primeira vez. Foram quase 37 minutos em quadra, número muito semelhante ao registrado nas temporadas em que foi convocado para o Jogo das Estrelas.

“Eu senti-me bem, mas, talvez, estivesse ansioso demais”, admitiu o jogador, que estava mais interessado em analisar a produção coletiva do time. “Toda vez que errávamos um arremesso, eles iniciavam o contra-ataque. Quando acertávamos, o ataque deles tinha que desacelerar. Nós erramos muito e recolocou-os no jogo”.

Em 17 arremessos tentados durante a derrota, George converteu só quatro e nenhum deles foi de longa distância. Metade de sua pontuação final aconteceu graças ao nove lances livres que converteu em dez tiros cobrados. Apesar do baixo aproveitamento nos chutes de quadra, o ala fechou a noite com 17 pontos, 12 rebotes, oito assistências e três roubos de bola.

  • Carlos Buiu

    O choro é livre.

  • Marcelo Correia

    STJD vai punir o George por reclamação.
    Puniram o Sheik e agora chegou sua vez George rsrsrsrs

  • Renan Ronchi

    Chega de PG de PF né, Pacers…

  • Erick

    4/17 é sacanage!

  • cleberson23

    Lembro que há cerca de um mês ele disse que era o melhormelhor jogador da liga. Com um aproveitamento.desse não é melhor nem que o Perkins

  • DamonHeat

    Na boa PG, sua atuação é que matou o time.
    4/17 é brincadeira…

  • Alysson Alberto Elias

    Na boa gente se uma atuação é suficiente pra falar que o George não serve pra jogar de PF vcs tão muito cegos pra ver NBA. Vamos dar tempo ao tempo… Ontem contra o Memphis por exemplo ele jogou de SF, provavelmente por causa do Randolph. Vamos aguardar e ver no que dá…