Paul Pierce: “Tatum será um dos maiores jogadores da história do Celtics”

A temporada do Boston Celtics terminou neste domingo. No entanto, para Jayson Tatum, esse é só o começo. O calouro liderou a improvável trajetória da desfalcada equipe nos playoffs, ficando a só uma vitória de conquistar o título do Leste. A dor da eliminação à beira das finais da NBA é enorme, mas o ídolo Paul Pierce prefere comemorar a ascensão de um novo astro na gloriosa história da franquia.

“Jayson é muito maduro e não soou intimidado pela responsabilidade do momento. Às vezes, novatos têm problemas para corresponder com tanta coisa em jogo. Não vimos isso nele. Não pareceu tímido, confuso. É óbvio que ele foi feito para jogar a pós-temporada. Jayson pode não ter as médias de outros novatos, mas mostra seu melhor nos playoffs”, elogiou o craque, em entrevista ao jornal Boston Herald.

Tatum era constantemente comparado a Pierce antes do draft do ano passado pelo refinamento técnico de seu jogo. O ex-jogador não conhecia o então prospecto em detalhes, mas, hoje, aprova o paralelo com orgulho. Mais do que isso, na verdade: acredita que o novato é um jogador ainda mais espantoso e talentoso, já que atuou duas temporadas a menos no basquete universitário do que ele.

“Eu vejo muito de mim mesmo em Jayson. Parece que ele está tentando vencer o adversário com a inteligência. Será imparável assim que ficar mais forte, a julgar pela forma como utiliza seu corpo para superar marcadores, criar separação e até por seu trabalho de pés. Mas eu tive mais tempo de NCAA para desenvolver-me, ficar mais forte. Essa é a parte mais assustadora de Jayson”, reconheceu.

Por essa semelhança entre seus jogos, Pierce acredita que pode (e quer) contribuir para que o jogador de 20 anos eleve seu patamar na offseason. “Eu adoraria fazer alguns treinos com Jayson nos próximos meses. Ele está dando sinais que é capaz de mais e vejo algumas coisas em seu jogo que posso ajudá-lo a aprimorar. Vou ligar para Danny [Ainge, presidente do Celtics] e ver se é possível”, revelou.

Tatum é um dos finalistas ao prêmio de calouro do ano na liga, mas a disputa está polarizada entre Ben Simmons e Donovan Mitchell. Muitos especialistas, porém, já projetam que o ala vai ser o melhor atleta dessa classe no futuro e a referência de Boston em um provável longo período competitivo. A história do Celtics é cheia de gênios do esporte e Pierce acredita que a franquia agora tem mais um deles.

“Eu acho que Jayson só está começando a conhecer seu potencial e arranhando a superfície do quão bom pode ser. Só vai ficar melhor e mais inteligente passando as férias treinando, refinando sua técnica. Ele só tem 20 anos e ainda não sabe que é um dos grandes, mas, quando perceber, saiam da frente! Esse garoto será um dos maiores jogadores da história do Celtics”, profetizou o veterano.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.