Peja Stojakovic tem camisa aposentada pelo Kings

O Sacramento Kings eternizou a quarta camisa no ponto mais alto da sua arena nesta terça-feira. O ex-ala Peja Stojakovic foi homenageado no intervalo da partida da equipe contra o Oklahoma City Thunder com a aposentadoria do número 16, que vestiu entre 1998 e 2006. Além de representantes da franquia e familiares, a cerimônia teve a presença de cinco dos seus ex-companheiros de time: Vlade Divac, Bobby Jackson, Scott Pollard, Doug Christie e Brad Miller.

“Hoje, nós estamos celebrando a carreira de um dos maiores arremessadores da história da NBA. Um grande parceiro de elenco, marido e pai. Eu joguei com muitos caras, mas você foi um dos melhores com quem trabalhei”, elogiou Divac, um dos donos das outras três camisas retiradas do Kings. Chris Webber e Mitch Richmond fecham o quarteto de homenageados de Sacramento.

Em um vídeo apresentado antes da cerimônia, Stojakovic exaltou a importância dos jogadores com quem atuou em Sacramento para atingir o status que possui hoje. “É uma celebração do nosso time também e o que conseguimos alcançar. Meus companheiros me fizeram melhor dentro e fora de quadra. É importante você gostar de ir trabalhar e, enquanto joguei aqui, sempre senti que nunca quis deixar o ginásio”, lembrou o craque.

Recebido aos gritos de “Peja” pela torcida da franquia, o arremessador fez um breve discurso em que reverenciou todos aqueles que tiveram participação em sua carreira. “Estou honrado em estar aqui. Este é um momento inacreditável para mim e minha família. Quero agradecer os novos donos do Kings, os torcedores, meus amigos que vieram para cá, meus treinadores, os dirigentes que acreditaram em mim. E, finalmente, meus companheiros: com a minha camisa subindo ao teto, vocês sobem juntos no meu coração”, finalizou.

Décima quarta escolha do draft de 1996, Stojakovic foi selecionado para o Jogo das Estrelas em três oportunidades e fez parte do melhor time da história do Kings – chegando a três semifinais e uma final de conferência no início da década passada. Em 804 partidas disputadas na NBA, o ex-ala teve médias de 17.0 pontos e 4.7 rebotes, com 40.1% de aproveitamento nos arremessos de longa distância.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • More

    Arremesso de 3 mais ¨elegante¨ da história na minha opinião.

    • Carlos Eduardo

      Pfff… Voce já viu o Noah e o Marion arremessando? Amigo, você esta w muito errado… Huahuahua

  • Kleber

    Mortal. Fez parte do melhor time que vi.

    • Júlio

      Fez parte do melhor time que vi. [2]

      • More

        Fez parte do melhor time que vi [3]

        E olha que sou mavs e aquele time de 20011 é tipo um Santo Graal pra gente kkk

    • Daniel Nogueira

      Não foi o melhor time que já vi. Mas tá no meu top 5.
      Quanto a homenagem: merecidíssimo!

  • Esse passe que ele deu pro Bobby Jackson foi um dos mais espatulares que eu já vi .

    Peja é monstro .

  • MateusLosBulls

    Muito merecido, grande Peja..

  • robertolakers

    Santo draft de 1996

  • SalomonHeat

    dá uma ajudada pro meu Heat se livrar de um tecnico ridículo ae galera!!!
    Fire Eric Spoelstra
    http://firespo.com/
    ta osso ajuda ae!!!

  • Fabio Fontes

    Uma pena que roubaram os kings na final do oeste em 2002, aquele time poderia ter varrido os nets e sido campeão facil
    grande jogador que fez parte de um grande time

  • Zack Batista

    MERECIDO!!!

  • Joao Rafael Barros

    O proximo vai ser Mike Bibby retirar sua camisa.

  • Nic

    Grande arremessador,

    Eu sempre acho que se Oscar tivesse ido para Nba, teria tido uma carreira parecido com o Peja.

  • Luiz Henrique Santos

    MITO!

  • Fernando

    Discordo da aposentadoria.
    Crazy shooter. Um Kyle Korver da vida.
    Franquia pequena é assim! Qualquer jogador é homenageado!

  • Romulo G

    Merecido!

    Antes de Ray Allen e S Curry, ele q possui o recorde d bolas d três na temporada.

  • ivanknicks

    Que time era este do Kings, Peja era monstro, merecida homenagem, fora Chris Webber, Mike Bibby, que timaço!!!