A derrota do Los Angeles Lakers para o Dallas Mavericks por 122 a 86, nesse domingo, marcou a despedida de Phil Jackson (foto) no comando de uma equipe da NBA. Maior vencedor da Liga, com 11 títulos, ele oficializou sua aposentadoria.

“Sim, esse foi meu último jogo. Foi uma trajetória maravilhosa. Saio do basquete sendo multado em 35 mil dólares pela Liga. Isso não é muito divertido. Mas como Richard Nixon disse uma vez: vocês não serão capazes de chutar este cara nunca mais”, disse Jackson, lembrando da multa decorrente de suas reclamações contra a arbitragem.

O final da carreira de Jackson teve um detalhe negativo. Pela primeira vez, uma equipe dirigida por ele foi “varrida” dos playoffs. Porém, o que fica são as memoráveis campanhas com o Chicago Bulls, de Michael Jordan, seis vezes campeão da NBA (1991,1992,1993,1996,1997 e 1998), e com o Lakers, cinco vezes campeão sob o seu comando (2000,2001,2002, 2009 e 2010).

Em 20 anos de carreira como treinador, Phil Jackson conquistou 1.155 vitórias. Ele é o quinto técnico com mais vitórias na história da NBA. Jackson ganhou o prêmio de melhor técnico da temporada apenas em 1996, quando dirigia o Bulls. Por último, vale lembrar que ele foi indicado para o Hall da Fama do basquete em 2007.

Gustavo Lima
Gustavo Lima
Jornalista graduado pela UFMG e pós-graduado em Produção em Mídias Digitais pela PUC-MG. Natural de Ipatinga e residente em BH. Editor do Jumper Brasil desde 2007. Acompanha a NBA desde 1993. Torcedor do Phoenix Suns, mas adepto da imparcialidade.