Pistons, Heat e Hornets disputam última vaga ainda aberta nos playoffs

A NBA vai ter uma pausa nesta segunda-feira para a final do Torneio da NCAA, mas as duas rodadas que virão a seguir prometem grandes emoções para três equipes. Os últimos dias de temporada regular vão ser decisivos para a definição de quem será o último classificado aos playoffs do Leste. Detroit Pistons, Miami Heat e Charlotte Hornets permanecem na luta pela tão sonhada vaga.

Após as classificações de Brooklyn Nets e Orlando Magic, neste domingo, veja o que cada um dos três times ainda “vivos” precisam que aconteçam para garantirem a última vaga ainda aberta nos playoffs:

 

Detroit Pistons (39-41)

Virtualmente classificado há duas semanas, o Pistons complicou-se após emendar uma sequência de sete derrotas nos últimos dez jogos – incluindo quatro reveses seguidos. O último resultado negativo, para o Hornets, impediu que garantisse a vaga de forma antecipada. O craque Blake Griffin, com uma entorse no joelho, está assumidamente atuando no sacrifício.

Para não depender de nenhum “tropeço” dos adversários, a equipe de Detroit tem que vencer os já eliminados Memphis Grizzlies (casa) e New York Knicks (visitante).

 

Charlotte Hornets (38-42)

O Hornets era considerado uma “carta fora do baralho” até algumas semanas, mas aproveitou a queda de produção dos rivais para manter-se na briga. Chega, agora, embalado na reta final da temporada regular por ter conquistado sete triunfos nos últimos dez jogos. Fechará a campanha encarando Cleveland Cavaliers (visitante) e Magic (casa).

Nos critérios de desempate, o time da Carolina do Norte supera o Pistons – venceu os quatro duelos da temporada – e, por isso, precisa vencer seus dois jogos e torcer por uma derrota da franquia do Michigan.

 

Miami Heat (38-42)

O Heat perdeu seus últimos quatro jogos e encerrará a campanha enfrentando os já classificados Philadelphia 76ers (fora) e Nets (casa). Para piorar essa situação, o atual 10º colocado do Leste tem o desfalque do cestinha do time, Josh Richardson, por conta de lesão no quadril. Hoje, as chances da equipe da Flórida parecem quase meramente matemáticas.

Para levar Dwyane Wade aos playoffs no último ano da carreira, Miami vai precisar vencer as duas últimas partidas e torcer para que Hornets e Pistons não vençam mais – já que perde para ambos nos critérios de desempate.