Por quase 30 anos, o The Palace of Auburn Hills foi a casa do Detroit Pistons. Naquele ginásio, o time de Michigan não só conquistou três títulos da NBA, mas formou um estilo de jogo próprio, que perpetuou-se por várias temporadas. No entanto, a direção do Pistons optou por uma mudança de endereço para 2017-18. Preocupada com os baixos índices de ocupação desde 2011, a equipe foi para a moderna Little Caesars Arena. Apesar da relocação, o público continua longe do time.

Com capacidade para 20.491 pessoas, o novo ginásio, até agora, não conseguiu atrair seus torcedores. Em três partidas na atual temporada, o Pistons tem o pior aproveitamento, com 76.2% de ocupação, índice similar ao de 2016-17 do antigo lar.

Foram gastos aproximadamente US$864 milhões para a construção da nova arena, no centro de Detroit. O Detroit Red Wings, da NHL, compartilha o ginásio com o Pistons a partir desse ano.

Apesar de o time contar com Andre Drummond e Avery Bradley, a situação segue inalterada em Detroit. Na vitória do Pistons sobre o Minnesota Timberwolves por 122 a 101, na quarta-feira, apenas 13.790 compraram ingresso, 67.2% de ocupação.

A cidade vive tempos difíceis, após o declínio da economia local. A crise financeira, agravada pela debandada de empresas automobilísticas nos anos 90 e 2000, deixou milhares de desempregados. Muitos foram embora, mas aqueles que ali permaneceram, viram seus salários despencarem e tiveram problemas com bancos. Em 2011, metade dos cerca de 350 mil proprietários de imóveis não pagaram suas taxas, deixando um rombo de aproximadamente US$246 milhões aos cofres públicos.

O Pistons, no entanto, realiza boa campanha nos cinco primeiros jogos. Com três vitórias, o time ocupa hoje o quinto lugar da conferência Leste, empatado com o Brooklyn Nets e o atual campeão da conferência, o Cleveland Cavaliers. Seus próximos três compromissos serão na Califórnia, quando enfrentará o Los Angeles Clippers, no dia 28, o Golden State Warriors, no dia seguinte, e o Los Angeles Lakers, na terça-feira que vem. A equipe retorna ao seu ginásio no dia 3 de novembro, contra o Milwaukee Bucks.

Gustavo Freitas
Gustavo Freitas
Mineiro de Uberaba, é co-fundador do Jumper Brasil e fã do Boston Red Sox.
  • Triste demais isso, um dos times mais tradicionais. Espero que não aconteça a médio prazo o mesmo que aconteceu com Seattle.

  • Alex Alves

    A cidade passa por uma situação econômica complicada a muitos e muitos anos, semelhante a Baltimore entre outras cidade americanas.

    Oakland também esta perdendo parte de sua população continuamente ano após ano, e entrando em colapso econômico isso esta obrigando seus times a migrarem para outras cidades maiores. Detroid deve tentar criar meios para recuperar sua economia assim como Nova Orleans esta fazendo.

  • Mavscelo

    Detroit virou um favelão

  • L.A.Lakers 16x

    Cidade falida , istoe.com.br/314908_CIDADE+AMERICANA+DE+DETROIT+DECLARA+FALENCIA/

    • André Gomes
      • JOSE MARINHO

        Sei não,li artigo recente que fala que prefeito de Detroit começou a pagar bonificação pra quem for morar na cidade, Detroit tá longe dos tempos áureos, bairros fantasmas, prédios abandonados…

        • André Gomes

          mas já avançou muito em relação ao que era. essa é apenas uma das estratégias que tem dado certo. muitos abandonaram a cidade nos tempos mais difíceis (ainda o são, mas já foram piores!). =)

  • Marcelo Desoxi

    A cidade até tem dado um suspiros economicamente falando, mas ainda é muita pobreza.
    Muito triste.

  • Carlos Eduardo Muniz

    O socialismo por onde passa deixa o rastro de destruição infelizmente Detroit foi devastada pelo socialismo e pelo andar da carruagem a proxima é Chicago.

    • Eduardo Rebelatto

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • JOSE MARINHO

      E o prefeito de Detroit Fidel Castro, expulsou os 65% da populacao e as empresas automobilísticas, fazendo o plano maligno do socialismo que é fazer o povo passar fome e adorar Satanás kkkkkk

    • DNT

      Esse é eleitor do Bolsonaro…..a ameaça vermelha está em tudo.

    • Baiano #PowerForHayward 🐳👴☘

      Já não basta comentar política num site de basquete, ainda tem que soltar uma merda dessa!

  • DNT

    Detroit está no cinturão da ferrugem, vai ser difícil melhorar socioeconomicamente, o Trump afirmou que iria levar o emprego de volta para essas áreas, mas quero ver como ele vai fazer, pois é impossível concorrer com China, México e os Tigres Asiáticos. Em pouco tempo, vão acabar realocando a franquia, pois dificilmente dará o lucro esperado.

  • Jean carlos

    Incrível como a outrora pulsante e rica Detroit caiu! Metade da cidade está abandonada aos escombros. Nas periferias a violência só aumenta ( inclusive com placas ameaçadoras da população contra quem deixar lixo no chão ). E o trabalho policial é ineficiente e sem contigente. Oakland tá bem parecida com isso também.