Zach Randolph, do Memphis Grizzlies, está novamente na mira da polícia. James Beasley, que visitou a casa do ala-pivô no Oregon para vender maconha, alegou ter sido agredido por três homens após discussão a respeito do valor a ser pago pela mercadoria. Segundo a vítima, o atleta não estava entre os agressores.

Na manhã do último domingo, oficiais vasculharam a casa de Randolph em busca de pistas. Além de conversar com dez pessoas que estiveram no local durante a ocorrência, foram recolhidos tacos de bilhar que teriam sido utilizados na agressão e amostras de sangue. No entanto, não encontraram drogas. Ninguém foi preso.

De acordo com o Sargento James Rhodes, da polícia de Memphis, o jogador ainda não se manifestou sobre o caso por orientação do seu advogado. O Grizzlies assume a mesma postura e não fez qualquer declaração até o momento.

O histórico de Randolph com a polícia não é curto e inclui ter sido detido por dirigir intoxicado e sob o suposto efeito de maconha em 2003, quando ainda atuava pelo Portland Trail Blazers.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.