Popovich assume culpa por queda de produção de Aldridge: “Tentei mudá-lo”

O ala-pivô LaMarcus Aldridge parecia destinado ao grande “salto” competitivo da carreira ao desembarcar no San Antonio Spurs. Na prática, porém, as coisas não aconteceram como o esperado: ele registrou seus piores números desde 2010 nas duas primeiras temporadas pelos texanos. O astro recebeu incessantes críticas no período, mas o técnico Gregg Popovich acredita ser o maior merecedor delas.

“Eu conversei com LaMarcus diversas vezes na offseason. Ele simplesmente não se sentia confortável e a maior parte da culpa é minha, porque tentei muda-lo. Nesse processo, sinto que realmente afetei sua habilidade e confiança em quadra. Então, eu tratei de resolver isso assumindo a culpa e deixando-o informado que faríamos tudo diferente agora”, contou o treinador, em entrevista à ESPN.

O grande sinal da “nova sintonia” entre Popovich e Aldridge veio poucos dias antes do início da temporada, quando fecharam a extensão contratual que garantirá a permanência do atleta de 32 anos em San Antonio até junho de 2021. O veterano comandante vê o renovado vínculo como uma chance de conduzir a relação com o ala-pivô da forma como fez com um dos maiores jogadores de todos os tempos.

“Eu lembro quando Tim Duncan veio para cá e as pessoas me questionavam sobre o que faria com ele. Dizia que nada, pois já era ótimo. Só assistiria aos seus jogos por seis meses e, se pudesse adicionar-lhe algo, então vamos lá. No entanto, com LaMarcus, a abordagem foi outra. Tentei transformá-lo em um atleta diferente do astro que é”, refletiu o técnico pentacampeão da NBA.

Segundo Adrian Wojnarowski, da ESPN, a direção do Spurs chegou a conversar com Aldridge sobre a possibilidade de negociá-lo nos últimos meses – e a ideia não foi rejeitada pelo ala-pivô, que dizia estar desconfortável na equipe. Semanas depois, ele comandou o triunfo dos texanos na estreia da temporada, contra o renovado Minnesota Timberwolves, anotando 25 pontos e dez rebotes.

“Eu só estou preocupado em entrar em quadra agora e, o que tiver que acontecer, acontecerá. Jogando de forma muito mais confortável e confiante, certamente. Só espero que isso se traduza em sucesso para nosso time ao longo da temporada”, celebrou Aldridge após a vitória na estreia, dando a entender que uma nova fase realmente começou para o veterano em San Antonio.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • Lucas

    Pop é o cara

  • Rdrigo Cruz

    Se conseguir encaixar Aldridge com Leonard, ambos jogando o máximo que podem, aliada a organização costumeira, é time pra ameaçar nas cabeças…
    Fora o “plus” que seria o Parker voltar em bom nível…

  • Rogério Rodrigues

    Pop é o cara

  • Fernando

    Putz, cada dia que passa eu sou mais fã do POP!

  • QUE HOMEM!!!!

  • Marcos Oliveira

    Enquanto o Pop estiver comandando os Spurs serão um time candidato ao titulo, é um time capaz de vencer qualquer outro…

  • Albert Medeiros

    Que humildade a do Pop, melhor treinador de todos os tempos e não só do basquete…

    • “KOBE” -Thank You Kyrie.

      É uma briga interessante entre ele, Bill Belichick e Phil Jackson.

      • Albert Medeiros

        Briga das boas…

      • JoaoFJ

        Pat Riley também ein

    • Vadss Guera

      Bernardinho da NBA rsrsr

      • Albert Medeiros

        Excelente comparação,rsrs

  • “KOBE” -Thank You Kyrie.

    Em outras palavras o Pop deve estar querendo dizer q ele quis transformar o LMA em um jogador mais coletivo, e ele ñ é isso. Ele é individualista, faz suas cestas e acha motivação nisto, para quem sabe pegar mais rebotes e defender. O Spurs de 2010 pra cá, entrou numa fase de mais movimentação de bola, e o Pop deve ter achado q o LMA entenderia e se adaptaria a isto. Só q ñ deu certo.
    Pop mandou mt bem nessa. É o q todos os treinadores deveriam fazer, se adaptar aos jogadores q tem. Talvez nesta temporada o LMA seja mais o foco do ataque, enquanto o Leonard voltará a ter um papel mais defensivo do q na temporada passada.

    • Albert Medeiros

      O rendimento do Leonard poderia subir mais do que o do esperado, se o LMA for o segundo fôlego do time…

      • Rogério Rodrigues

        Eu acho que os dois podem aumentar seus numeros nessa temporada

        • Albert Medeiros

          Sim, uma dupla que não pode passar a limpo…

  • Marcos Gordinho

    Tenho ódio desse véio, mas ele sempre ganha contra meus argumentos. Então me resta sentar e assistir a esse jogo do Spurs que tende a ser menos burocrático com essa atual liberdade de Lamarcão. Aguardar o retorno de Kaio Leonardo para ver como ficará.