Por histórico familiar, Stan Van Gundy recusa possibilidade de ser treinador do Knicks

O New York Knicks, provavelmente, vai estar mais uma vez em busca de treinador na offseason. E, sempre que o posto se abre, o nome mais especulado para assumir a cadeira é o veterano Jeff Van Gundy – que conduziu a equipe às finais da NBA em 1999. Outro técnico constantemente cogitado em Nova Iorque é Stan Van Gundy, mas, pela idolatria que o irmão possui dentro da organização – entre outros motivos -, ele não se vê assumindo o comando do time. 

“Eu não estou interessado no Knicks. De jeito nenhum. Primeiramente, porque há um histórico familiar lá e, se tiverem interesse em alguém da família, seria em meu irmão. Além disso, também estou em busca de oportunidades diferentes. Analiso muito bem com quem vou trabalhar e, por tudo que vi nos últimos anos, eles possuem uma estrutura organizacional extremamente disfuncional”, disparou o experiente treinador, em entrevista à filial nova-iorquina da ESPN Radio

Mas não para por aí: Stan vê que ser treinador do Knicks não é nem o melhor posto disponível em âmbito local. Suceder Kenny Atkinson como técnico do Brooklyn Nets, na verdade, seria sua escolha óbvia. “Não há comparação: entre os dois cargos, o comando do Nets é um emprego melhor. Nem de perto. Trata-se de uma organização mais estável, que está vencendo mais jogos e possui muito mais talento. Não existem dúvidas disso”, opinou. 

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.