Blake Griffin revela que ficou no Clippers por influência de Jerry West

Com um início de campanha surpreendente após o temido desmanche, Blake Griffin decidiu permanecer na equipe e renovar seu vínculo com o Los Angeles Clippers até 2021-22. O ala-pivô sabe que a responsabilidade de levar a franquia adiante está em suas mãos, mas garante que só ficou por conta da influência de Jerry West.

“Jerry teve uma grande voz para mim, ele teve influência em vir e trabalhar na cultura daqui”, disse Griffin ao jornalista Shams Charania do The Vertical. “Esta franquia tinha negócios inacabados, e eu tinha negócios inacabados aqui, eu não poderia abandonar isso agora”.

Líder do único time invicto na atual temporada, o atleta acredita ter condições de manter o padrão de jogo, mesmo sem Chris Paul, trocado para o Houston Rockets, além de J.J. Redick, Jamal Crawford e Luc Richard Mbah a Moute.

“Eu aceito o desafio. Com a saída de Chris (Paul), a nossa dinâmica mudou. Para mim, é claro que vejo dessa forma: tenho a responsabilidade no meu ombro de levar a equipe por toda a temporada. Eu tenho que fazer isso”, afirmou. “Quero provar que posso sustentar esse estilo de jogo. Chris era muito importante, mas também perdemos J.J. (Redick), que eu sabia que seria agente livre e não estaria de volta, sobre o Jamal (Crawford), eu pensei que o manteríamos neste verão, mas precisamos movê-lo”.

Griffin tem aproveitado tal desafio até agora, marcando 22 ou mais pontos em cada uma das vitórias do Clippers em 2017-18, no topo da conferência Oeste, com quatro triunfos sem qualquer derrota.

  • Rafael Victor

    Grande Jerry West!

    Um ídolo em OKC por ter levado o Durant pro Warriors! hahahaha!

  • vsr.snake

    Griffin tá jogando muito, caso se mantenha saudável pode até brigar pelo MVP, como em 2014.

  • Gustavo Macedo

    Rapaiz… Se contar essa mais as duas últimas temporadas, acho que ele tá mais devagar nessa… Seria como se ele estivesse se sentindo meio “paizão” da turma toda. Eu tô achando ele muito menos agressivo que o habitual. Pode ser só uma impressão… Quando o CP3 tava carregando o piano junto com ele, ele tava mais livre pra atacar o aro… agora fica girando mais no perímetro… Tá meio xôxô tá não?
    Torço pra nenhum time mas o LAC é um dos meus favoritos… Será que estou drogado vendo desse jeito?

    • JoaoFJ

      É até melhor pra ele jogar assim. O arremesso dele melhorou muito e ele tem um controle do bola excelente pra alguém do tamanho dele.

  • Maurilei Teodoro

    Quando ele entrou na liga, achei que seria mais um jogador que só enterra. Eu nunca imaginava que desenvolveria tanto seu jogo ! Hoje se encontra entre os jogadores que mais gosto de ver jogar !!