Por US$2 bilhões, ex-CEO da Microsoft fecha compra do Clippers

Steve BallmerO Los Angeles Clippers está muito próximo de ter um novo dono. Shelby Sterling, proprietária legal da franquia no momento, anunciou ter chegado a um acordo de venda do time na noite desta quinta-feira para o empresário Steve Ballmer (foto). Em uma das negociações mais caras da história do esporte norte-americano, o ex-CEO da Microsoft desembolsará US$2 bilhões pela equipe.

“Estou muito feliz por estarmos vendendo o time para Steve, que será um excelente dono. Nós trabalhamos por 33 anos para tornar o Clippers em uma franquia de ponta da NBA e estamos confiantes que Steve vai elevar a organização a outros patamares de sucesso”, disse Shelby, que tornou-se a única representante da família Sterling a frente da negociação depois de seu marido, Donald, ter sido recentemente considerado “mentalmente incapaz” por médicos.

O acordo foi enviado para a NBA na manhã desta sexta e vai ser submetido à aprovação dos donos de franquias em reunião marcada para o próximo dia 03. O acerto deve ser autorizado por 75% dos mandatários para ser oficialmente sacramentado – o que, salvo uma reviravolta inesperada, acontecerá. A reunião dos donos estava agendada já há algumas semanas, mas por outro motivo: a votação da retirada de Donald Sterling do quadro de proprietários da liga.

Esta não Franquias mais valiosas da NBAé a primeira vez que Ballmer está envolvido na tentativa de adquirir uma equipe da NBA. Nos últimos dois anos, ele foi um dos investidores por trás de tentativas fracassadas de compra do Sacramento Kings, Minnesota Timberwolves e Milwaukee Bucks com o objetivo de levar um time novamente para Seattle. Ele já garantiu, porém, que o Clippers não será realocado e permanece em Los Angeles.

“Eu amo basquete e pretendo fazer tudo o que estiver em meu alcance para assegurar que o Clippers siga vencendo em Los Angeles. Esta é uma das maiores cidades do mundo e estou confiante de que a organização vai se tornar uma parte ainda maior desta comunidade nos próximos anos”, declarou o empresário, que tem fortuna estimada em pouco mais de US$20 bilhões e será o proprietário mais rico das quatro grandes ligas dos EUA.

Apesar do acerto parecer bem encaminhado, Donald Sterling ainda pode ser um obstáculo no fechamento na negociação. Os advogados do magnata, banido pela liga por atos racistas captados em uma gravação telefônica, não reconhecem a venda da franquia e afirmam que nenhum documento pode ser considerado legal sem a assinatura de seu cliente. Shelby, por outro lado, diz que a aprovação do negócio pelo marido não é mais necessária.

Os US$2 bilhões oferecidos por Ballmer estão entre os maiores valores já pagos por um time das grandes ligas esportivas norte-americanas. O Los Angeles Dodgers (MLB) é o recordista após ter sido comprado recentemente por US$2.15 bilhões, mas o acordo englobava o campo da equipe, estacionamentos e contratos de direitos de transmissão para televisão. Ballmer adquire o Clippers apenas com o valor agregado de um centro de treinamentos.

A venda de franquia mais cara já realizada na história da NBA foi a recente negociação do Bucks com um grupo de empresários por “míseros” US$550 milhões, em abril. Na mais recente avaliação feita pela revista Forbes, o Clippers havia sido orçado em US$575 milhões.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • Celso Cachali Jr

    É muito dinheiro… ñ acho que era para tampo… o cara apenas triplicou o que era proposto.

    • RafaelRox

      Absurdamente caro.

    • Felp

      Verdade.. o foda é q nao deve ter feito nem cocegas no bolso dele kkkkk

      • RafaelRox

        Vai ser um novo Nets… espere uma folha de 100 milhões pra cima… nos próximos capítulos rsrs.

    • Daniel

      Acho que ele contratou a Dilma e o pessoal da Petrobras para avaliar e comprar o Clippers… tá parecendo Pasadena…. rsrsrsrs

      • maia-bucks

        Comentario SENSACIONAL…

  • Carlos Eduardo

    Não tinha percebido que já tinha sido publicada a notícia, cheguei até a comentar no post anterior.

    Quanto a venda, é uma pena que tenha sido nestes valores. Pois com um investimento tão alto, dificilmente a franquia sairá de LA. Pagar $2 bi pra jogar em um mercado menor é burrice.

    Continuaremos tendo dois times em Los Angeles, o que não é problema, porque também temos dois em NY. Mas acho que para a NBA um mercado como Las Vegas seria bem interessante, graças a toda estrutura de entretenimento da cidade.

    Seattle eu prefiro torcer que volte de OKC pra lá. Ainda não me acostumei com aquele uniforme azul… Hahahaha

    • Ramon

      Las Vegas é uma cidade pequena cara , sendo totalmente dominada por cassinos e hotéis de luxo.
      Não faz sentido a NBA colocar um time la.

      • Carlos Eduardo

        Salvo erro é maior que Miami. E atrai muito turismo, muito dinheiro. Muitos eventos. Discordo de você.

  • Daniel Nogueira

    Esse Ballmer parece o Ronaldo, ex-goleiro do Corinthians.

    • Daniel

      Tá mais parecido com o Clube do Bolinha… rsrsrsrs

  • RafaelRox

    Pagou muito caro rsrsr..superfaturamento rsrs . No final o racista foi o que mais saiu ganhando e muito com essa história.

  • Carlos Eduardo

    Não podemos perder a “piada”:

    Esperamos que o Clippers não trave como muitos produtos da Microsoft!

    Rá!

  • Pequenas Franquias, Grandes Negócios :p

  • Newley Nemer

    senhores lembrem que franquias são vendidas quando estão na pior, o que não é o caso do Clippers, o time está em uma ótima fase, bi campeão de divisão, em condições de brigar por título de conferencia, o que não aconteceu este ano pq foi garfado contra o OKC. Acho que o valor não eh tão absurdo assim como estão falando.

  • AlexT-Wolves

    Fizeram uma pesquisa e o Sterling é atualmente a pessoa mais odiada do USA.

    Ainda bem q esse cara não vai poder mais se envolver na NBA

    • maia-bucks

      92% dos Americanos ODEIAM Sterling.

  • marquin

    Putz… Jogou muitas doletas no lixo. Nem em sonho o Clippers vale tudo isso. 2 bilhas??? Tá louco!

    • Time em bom momento? Confere. Possui All-Stars? Confere. Está numa cidade boa e com um mercado bom? Confere. Não saiu caro, o que acontece é que foi vendido para quem deu o lance maior. Detalhe: o preço inicial era de 1 bilhão de dólares.

      • marquin

        Franquia totalmente sem tradição. Tem um time bom hoje (e mesmo assim não é um time campeão). Mas quem te garante que daqui a três anos continuará tendo? E as décadas de mediocridade, sempre na sombra do primo rico? 2 bilhões por uma franquia medíocre como o Clippers, só louco mesmo. Mas pra quem tem mais de 20 bilhas na conta, 2 bilhas é o troco do cafezinho. O cara joga dinheiro fora pq pode. Quem tem, tem.

      • Hoje, esporte é mais um negócio do que uma tradição.

      • Vinícius Maia

        Muitos times da NBA eram sem tradição até terem um título. Miami Heat, apesar de já ter contado com estrelas como Alonzo Mourning e Tim Hardway, só começou a ganhar um destaque maior e atrair mais torcedores para o seu ginásio quando Shaquille O’neal foi para lá. A ida do então pivô mais dominante da liga atraiu muitas pessoas para assistirem os jogos. O Clippers vive uma ótima fase e acredito que, pelo menos até o contrato de Chris Paul terminar, essa boa fase só tende a melhorar

  • Jotaplays

    Lavagem absurda de dinheiro, e ta na cara isso. Um time que nunca ganhou NADA, nem tem tanta tradição no basquete, poucos jogadores históricos quiçá nenhum, e em uma cidade onde tem um dos maiores vencedores da história… Ainda vem com historinha de que não vai realocar para sair das sombras dos Lakers. Papo furado.

    Mudar de cidade era o mais plausível. Viver nas sombras dos lakers, praticamente sem torcida… É muita loucura para ter tanto dinheiro envolvido.

    Não vai me surpreender se o próprio Sterling estiver por trás desse negócio. Por enquanto nada justifica essa grana absurda, Principalmente para não mudar de cidade.

    Me desculpe aos torcedores dos Clippers.

    • Nós brasileiros somos uma coisa mesmo… Acha que a história é o que conta pra eles? Será o sentimento a principal coisa que move esses caras? Ele fez um investimento que em breve como as coisas andam “já já” vai voltar tudo pro bolso dele, talvez em dobro!

      • Vinícius Maia

        Exatamente…a galera pensa que empresário está preocupado com tradições. Isso é coisa de torcedor, empresário quer saber é de dinheiro e nenhum deles vai ser bobo de colocar dinheiro numa franquia em que eles não vêem grandes chances de obterem retorno

  • Prefiro rir a responder certos comentários de quem ainda não percebeu que esportes são apenas negócios.
    Um cara que já ganhou 20 bilhões até hoje, não investiria 2 bilhões se não tivesse a certeza de que esse dinheiro volta dobrado pra ele…deixem de ser sonhadores e pensem um pouco sobre finanças e negócios.

    • pedrokadf

      Exato ..

  • Vinícius Maia

    “fortuna estimada em pouco mais de US$20 bilhões”…e eu aqui sonhando em ter 10 mil reais na conta para comprar um carro popular usado, trágico 🙁

  • caio_l

    Pode ter comprado caro, mas tem dinheiro para fazer o Clippers ser muito valioso e quem sabe conquistar títulos.