Porzingis agradece apoio de Carmelo em adaptação à NBA: “Irmão mais velho”

Kristaps Porzingis foi recebido no New York Knicks sob extrema desconfiança da torcida e rumores de desaprovação do astro da franquia, Carmelo Anthony. Após pouco mais de dois anos, ele transformou irritação em admiração por parte dos fãs locais. A relação com o líder do time, porém, nunca mudou: o ala-pivô da Letônia garante que nunca teve problema de relacionamento com o companheiro de elenco. Pelo contrário.

“Desde o primeiro dia, Carmelo disse que realmente gostava do meu estilo de jogo. Nosso único problema é que não nos conhecíamos direito. Agora, ele é um irmão mais velho e mentor para mim. Ele tem muita experiência e sabe os detalhes do jogo. Tudo o que precisei até hoje, eu perguntei-lhe e ele sempre me ajudou, de forma incondicional”, contou o jovem europeu, dizendo não saber a origem dos rumores de desentendimento entre os dois.

Se o cestinha do Knicks é seu exemplo internamente para evoluir como jogador, Porzingis se motiva para melhorar constantemente observando um parceiro que atua em Minnesota. “Karl-Anthony Towns é o cara com quem me ‘meço’. Com sorte, ele e eu teremos longas e bem sucedidas carreiras. Somos amigos, nunca tivemos problemas e espero que tenhamos uma sadia rivalidade por muito tempo”, revelou.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • Vinícius Maia

    Towns é coisa do passado porzingão. Observe Joel Embiid.

    • Diego Alexsander

      Novo Jordan.

  • Muito bacana ele ter citado rivalidade com o Towns, mostra que essa geração que ser superar e superar os melhores. Porzingis é monstro e faz qualquer um torcer pelo sucesso do Knicks.