“Porzingis não queria ficar no Knicks”, assegura presidente da franquia

O New York Knicks abalou as estruturas da NBA ao negociar Kristaps Porzingis em uma troca inesperada com o Dallas Mavericks. Mas, segundo o presidente de operações da franquia, a resolução não foi tão simples quanto pode parecer. Steve Mills revelou que o negócio, para começar, só aconteceu porque o ala-pivô pediu para ser trocado e informou que não assinar uma extensão com o time.

“Nós sentimos que fizemos a coisa certa. Quando pensa-se em como gostaríamos de construir nossa equipe em longo prazo, você não vai comprometer um contrato máximo com um jogador que claramente não quer ficar aqui. Seria um desserviço para nossa organização e os torcedores”, afirmou o executivo, em teleconferência realizada logo depois do fechamento oficial da negociação.

A saída de Porzingis do Knicks tornou-se inevitável na última quinta-feira, quando um encontro reuniu a alta cúpula nova-iorquina e os representantes do atleta. De acordo com Ian Begley, da ESPN, a reunião durou cinco minutos e serviu somente para oficializar o pedido de troca. Mills reconhece que a franquia já estava pronta para a situação e já tinha conversas em andamento com vários times.

“O encontro aconteceu pela manhã e, àquela altura, já sabíamos sobre a posição de Kristaps. Tínhamos negociações em evolução e, então, decidimos escolher uma das ofertas. Estamos empolgados com o que conseguimos na troca: temos flexibilidade financeira agora e um jovem realmente bom em Dennis Smith Jr.”, avaliou o líder de operações da equipe de Nova Iorque.

A negociação permitiu que o Knicks se livrasse dos (poucos) contratos mais longos que ainda tinha no elenco e, assim, projete entrar na próxima offseason com mais de US$70 milhões para investir em reforços. Agentes livres de ponta, como Kevin Durant e Kyrie Irving, já são monitorados. O dirigente, porém, assegura que a ordem é usar o espaço na folha salarial com inteligência e cautela.

“Nós vamos ser prudentes no uso desse espaço porque ainda estamos empenhados em construir um elenco consistentemente por meio do draft e com jogadores mais jovens. Então, quando a oportunidade de adicionar um agente livre que interesse aparecer, certamente teremos os meios necessários para fazê-lo”, finalizou Mills, determinado a esperar a chance ideal para reforçar o Knicks.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • Glauber Oliveira

    Se o porzinga voltar no nível q saiu foi péssima a troca.

    • Rafael Vieira

      Mas o cara queria sair, nao ia querer renovar o contrato. Sairia de graça. Ao menos pegou o DS e se livrou do contrato dr contratos ruins

  • Edu Silva

    Toda a análise fica em torno do SE e o SE, não existe.

    A situação é que Porzings não queria mais ficar em Nova York, Knicks não tinha CAP decente e ninguém sabe como o cara voltará da contusão…

    Eu acho que foi UMA aposta das duas franquias. Ambas podem, inclusive, se ferrarem com isso.

  • Celtics pride

    Analisar agora é muito precipitado, mais draftar o Nicotina lá deixar passar DSJ, e depois trocar seu unico atrativo da franquia por DSJ e espaço no cap por especulação de Durant e Kyrie não sei vocês mais achei muito precipitado, não achei bom negócio esperaria o loteria do Draft uma pick top 3 e KP querendo ir embora dava para arrumar coisas muito melhores em uma troca!

  • Zazi10

    Não dá pra julga-lo por não querer ficar. A franquia nunca deu um time minimamente decente para ele, escolhas erradas de draft.
    Espero que Knicks agr mude de postura e tenha um pouco mais de organização (eu sei que Lakers tbm não é lá essas organizações todas kkkkk) e se vierem os dois FAs de peso podem ter uma chance de offs, mas compreendo o cara que cansa de esperar.

    • Gustavo – #LeBronGOAT

      Tbm n é por ai, Knicks fez muita merda, mas o Porzingis n ta no patamar de exigir um time ao redor dele, ele ainda ta se consolidando como all-star e essa lesão atrasou tudo, mas n é como se ele fosse um LeBron (primeira passagem por Cleveland) ou AD da vida que realmente sofreram tentando e no caso do LeBron carregando times ruins aos offs.

      • Zazi10

        Mas não tô falando que ele tinha que exigir um time com allstars ou com prospectos estelares. Mas Knicks não deu um time minimamente decente, o que fizeram agr trocando por um prospecto que eles podiam ter pego (mas escolheram o Ntilikina) só evidenciou que não existia um projeto do que fazer pra melhorar o time.
        Espero que isso mude, não tem como tankar sem um projeto do que fazer.

      • Andre Nascimento

        Na verdade, como no texto diz, acho que o motivacional do pedido de troca seja realmente a bagunça do Knicks que volta e meia mudava de plano, reconstrói ao redor do Zings ou aposta na free agency. Acho que essa indecisão fez com que o Porzings ficasse cansado e eu espero que ele consiga se manter sadio assim como o Embiid hoje consegue pq o potencial desse garoto é muito grande.

  • Daniel Azevedo

    Não quis ficar pq a franquia é uma bagunça.

  • Vitor Martins

    O Knicks tá num imenso processo de queimação do Porzingis. Não sei ainda qua estágio do luto eles estão (barganha, talvez?). Mas acho isso meio mal caráter. Não que seja surpreendente vindo da franquia mais mal administrada da liga. O cara era agente livre restrito, ou alguém acho que um jogador com histórico de lesão recusaria o máximo pra pegar um Q.O só pra virar irrestrito em 2020? NBA é uma liga de jogadores, se ele batesse o pé teria que ser negociado, infelizmente. O problema não é esse, mas sim deixaram chegar nessa situação. Ele não queria abandonar um mercado pequeno pra ir pra um grande (como o Davis), ele só queria entender a direção. Os caras mudam de plano todo hora. Antes era desenvolver, construir um time ao redor do cara, agora é FA. Não dá pra confiar. Como falaram no podcast do the ringer: Knicks tá tentando reconstruir achando que é o Lakers, enquanto o caminho que eles deveriam seguir é outro, hoje estão muito mais próximos do Hawks.

    ps1: sim, é mais mal adiministrada. Phoenix, Orlando, New Orleans são bem ruins também, mas feder em NY é muito mais difícil. Parabéns aos envolvidos.
    ps2: NBA é muito mais divertida quando o Knicks tá bem. MSG tem uma atmosfera incrível. Uma pena ficarem 20 anos sem time.

    • João Gabriel

      mais próximo dos hawks? Acho que você não entende a dimensão do que é NY. Posso pagar com a língua, mas a próxima FA será histórica

      • Vitor Martins

        Como foi a de 2010? E não fui eu que usei o exemplo, reclama com os caras lá do the ringer! =)

        (não se você entendeu completamente, mas o que eles não estavam comparando cidade, estavam tentando dizer é que NY deveria apostar numa reconstrução com seus jogadores jovens, incluindo o Porzingis, desenvolver o Knox, draftar bem. Num processo semelhante ao que Hawks tá tentando fazer, já que o último “grande” FA que conseguiram atrair foi o Amare Stoudemire…)

        • João Gabriel

          Eu entendi o que você quis dizer, acontece que na minha visão NY é uma franquia capaz de não se sujeitar a esse tipo de reconstrução, aliás uma das poucas, assim como os Lakers foram um destino óbvio para LeBron James. NY é um destino mais do que provável para grandes FA, como Durant, Irving. Em síntese, vejo nos Knicks a capacidade de pular etapas.

          • Pablo Leite

            Não sou torcedor dos Lakers, mas esportivamente, não há como comparar a história dos Lakers a dos Knicks. Segunda maior ganhadora de títulos com uma galeria de jogadores que entraram para a história gigantesca. Já o Knicks, a última vez que teve um imortal do basquete foi com o Ewing e não ganha um título desde antes de eu nascer. O atrativo do Knicks é externo, um mercado publicitário que é o maior dos USA, mas que também se volta contra o jogador com uma facilidade extraordinária se as coisas dão errado.

  • Jefferson Cavalcanti

    Continuo achando que o Knicks fez um bom negócio.

    • Daniel Azevedo

      Só vamos saber de fato em julho.

    • #BullsNation

      Fez! Com o mínimo de competência e planejamento tendem a crescer muito nos próximos anos.

  • dirct

    Continuo achando que o Knicks fez a coisa certa dada a situação, Porzingis sozinho não iria levar o Knicks a lugar algum, também não iria atrair ninguém porque ainda não tem esse tamanho dentro da liga e mesmo que conseguisse não adiantaria porque o Knicks não teria CAP pra pagar jogadores desse calibre.

    Pra terminar estava claro que o Porzingis não queria ficar, e não venham me dizer que o Porzingis tinha direito de cobrar a franquia porque ele não é um LeBron ou Davis da vida, só tem 3 anos de NBA e muitos jogos fora, ainda tinha que jogar mais para querer chutar o balde e pedir troca, também devemos lembrar que as lambanças foram feitas por dirigentes que não estão mais lá, os que estão agora estão arrumando a casa.

    • Andre Nascimento

      Acho que o pedido de troca dele não teve muito haver com times competitivos e sim com indefinição do front office do Knicks que nunca deixou muito claro se o plano era realmente reconstruir ao redor do Porzings ou apostar na free agency.

      No mais, creio que so conseguiremos saber pra quem realmente essa troca foi boa na proxima temporada e inclusive a troca pode não ser boa para nenhum dos dois. Chega 2019 o Porzings fora de novo e o Knicks dando contrato maximo para caras como Bledsoe e Tobias Harris.

    • Pablo Leite

      Na boa, foi um péssimo negócio para o NYK. Pelo Porzings, o time podia ter conseguido um pacote bem melhor. Trocou uma estrela como letão por Smith e espaço no CAP. O Knicks conta com o ovo na barriga da galinha, ou seja, que Irving e Durant vão querer largar tudo para jogar na franquia, que na prática, não tem nada, do ponto de vista esportivo. Só o fator extra quadra, a visibilidade da cidade e um salário máximo que poderão ganhar em vários outros lugares. Achei uma falta de inteligência incrível essas escolhas.

      • dirct

        Conseguido um pacote melhor? Acorda cara o Cousins que é muito maior que o Porzingis dentro da NBA se lesionou e ninguém quis fazer proposta por ele e olha que o Cousins era agente livre ninguém precisava enviar jogador algum em troca por ele, ele mesmo disse que pediu para jogar no GSW e o Rondo confirmou que ninguém fez proposta por ele, vc acha que o Porzingis com a mesma lesão que o Rose teve e que nunca mais foi o mesmo teria um alto valor de mercado? O cara não joga há quase um ano e não tem data pra voltar.

        Vamos supor que aparecesse algum doido disposto a dar um allstar em troca do Porzingis com uma lesão de ligamento gravíssima e com um contrato que acaba já em 2020 (praticamente impossível de isso acontecer), o que aconteceria com o Knicks? Continuaria sendo um time ruim, com CAP estourado e com apenas um allstar jogando sozinho, ou seja ficaria na mesma que quando o Porzingis jogava sem ir a lugar algum.

        E se o Knicks não conseguir nenhum super astro na FA? Como o próprio Knicks disse vai continuar evoluindo os jovens e mantendo o CAP baixo e escolhendo sempre as primeiras Picks assim como o 76rs fez, isso ainda é um futuro melhor do que ficar com um allstar que disse que não vai renovar, que está com uma lesão que ninguém sabe se será o mesmo e sem CAP para arrumar caras de alto nível para cerca-lo.

        Obs.: O valor de mercado do Porzingis era bem menor do que vc e alguns pensam, jogador que ainda não é um dos indiscutíveis da NBA, está gravemente lesionado, já deixou público que não renovaria com o Knicks e queria sair, quanto vc acha que ofereceriam por esse pacote? É exatamente o que o Knicks recebeu, alivio financeiro.

        • Pablo Leite

          Acho que quem está dormindo é você. O Spurs conseguiu coisa muito melhor pelo Leonard, um jogador que dizia- se vindo de uma lesão importante com calcificação do quadríceps. E Cousins era Free Agent nessa temporada, ele poderia ir a qualquer local que quisesse, ninguém fez proposta nenhuma ao Pelicans porque ninguém tinha que fazer proposta nenhuma a franquia, só ao jogador. Porzings não é Free Agent ao final da temporada. Ele está no caso de propostas qualificadas, e todos sabem que nesse caso, as franquias não estão fazendo propostas, pelo menos não para jogadores de alto nível, porque na pior das hipóteses a franquia atual iguala a proposta e fim de jogo. Fora que eu não sou o único gênio incompreendido a dizer que o negócio foi ruim para os Knicks. A imprensa especializada como um todo detonou o negócio. Mas, claro, o Knicks conta que dois agentes livres entre Durant, Leonard ou Irving resolvam ir para uma das franquias mais bagunçadas e instáveis da NBA a troco de dinheiro que eles podem ganhar em outras praças. E se não conseguir, o Knicks vai continuar desenvolvendo seus jovens, que poderia ter ganhado opções melhores com a troca de Porzings. E continuará sendo a franquia em eterna reconstrução, e se alguns dos seus jovens conseguirem o nível do Porzings, ao atingirem a maturidade verão que estão pisando em gelo fino e pedirão para ser trocados no penúltimo ano de contrato. O Knicks vai fazer o mesmo mal negócio de agora para estarem em eterna reconstrução. Show de bola.

          • dirct

            Que interpretação de texto é essa? Onde eu disse que teriam que fazer proposta para o time do Cousins? Eu mesmo citei que ele era agente livre e vc me vem com essa? Eu deixei bem claro que ninguém procurou o Cousins, E comparar Leonard com Porzingis? Vc só pode estar brincando, Porzingis não amarra o tênis do Leonard, Porzingis não está nem perto desse nível ainda, o valor de mercado de um DPOY e MVP finals perto de um cara que foi allstar uma vez? NENHUM TIME da NBA daria nada parecido com Rozan pelo Porzingis, vc está jogando muito NBA2K.

            Obs.: E não me venha usar a opinião pública pra dizer que vc está certo porque não há unanimidade nenhuma, tem vários jornalistas dizendo que foi correto e outros não então sua opinião não representa toda a mídia.

          • Pablo Leite

            Amigo, Cousins não foi ao Warriors porque ninguém o queria. Ele foi ao Warriors ganhar a média da liga porque queria ganhar um título. Talvez até não tivesse uma proposta de salário máximo para ele, que se recupera de uma lesão grave. Então, consigo ver o raciocínio de um cara que quer ganhar um anel e recuperar o status. E claro que Porzings não é um Leonard. Mas me lembro bem quando o Leonard começou. E o Porzings, estrangeiro e sem nunca ter jogado nos USA começou bem melhor que ele. E realmente há jornalistas que dizem que o Knicks fez bom negócio. Só não são os muito bons.

          • dirct

            O próprio jogador disse “meu telefone não tocou, ninguém me fez uma proposta então pedi para meu empresário ir falar com o GSW”, se fosse mentira apareceria algum time/empresário dizendo que ele recusou uma proposta e não apareceu ninguém para desmentir, as propostas que dizem são todas “rumores”, entre rumores e uma entrevista oficial do jogador sem ninguém desmenti-lo eu fico com a palavra do jogador.

            Quanto a Porzingis x Leonard eu não discordo de vc que no futuro o letão pode se tornar um jogador tão bom quanto mas HOJE não está nem perto do valor de mercado, Leonard está na mesma prateleira que Lebron, Durant, Davis, Curry, Harden etc.., Porzingis é um jogador promissor que teve uma meia temporada muito boa em um time ruim até se machucar, ainda precisa fazer muita coisa antes de ser considerado uma certeza um cara que vai chegar e mudar qualquer time da liga de patamar e ainda tem que ver como ele volta de uma lesão de ligamentos sendo um cara muito grande.

          • Pablo Leite

            Lesão de ligamentos é uma coisa que demanda de seis a nove meses para se recuperar, mas uma vez recuperada dela, é mais uma questão psicológica, até porque fisicamente para se evitar a atrofia articular é só uma questão de exercícios de fortalecimento e alongamento, coisa que eles fazem até demais. Hayward sofreu uma lesão bem pior, o problema dele é mais na cabeça, já que parece traumatizado, porque fisicamente, já está perfeito.

      • Luiz Otavio

        Pessimo negocio nada.

  • Edu Silva

    Tudo vai de resultado e números… Quando OKC trocou o Oladipo e Saboninho pelo PG, muita gente disse que Indiana passou a perna em Oklahoma, visto que o PG não estava indo bem e a dupla elevou seus números nos Pacers. Esse ano, já dizem que a troca foi fantástica e que OKC conseguiu um jogador do calibre do PG por um Sanduíche de Mortadela com Coca.

    • Pablo Leite

      A troca foi boa para ambos, mas principalmente para Indiana. Oladipo até se machucar era o MVP do time e Sabonis tem ótimos números e cresce a cada temporada, deveria ser titular do time já no lugar do irregular Turner.

  • Edu Silva

    Se o Knicks forem aos Playoffs em 2020, trouxerem 1 ALL, draftarem RJ ou ZION e o time melhorar, enquanto Dallas se afundar numa nova lesão do Porzings, atrapalhando inclusive o DONCIC, já vão dizer que NY roubou os Mavs… Enfim… É esperar.

  • A culpa é da franquia, que nunca montou um time decente, jogador de talento nenhum gosta de perder anos de sua carreira numa franquia q nunca disputa (e pelo visto nem disputará) nada…

  • danielzera

    “e um jovem realmente bom em Dennis Smith Jr.” imagina a cara do Frank Nicotina lendo isso, coitado… rsrs

    • João Gabriel

      ninguém mandou ser um bust

  • #BullsNation

    Se caminhar nos trilhos, o Knicks tem tudo para um belo futuro. Na FA teremos Irving, Durant, Klay Thompson, Kawhi… E ainda há chances de conseguirem o Zion. Com esse espaço no CAP e com um jovem de grande potencial, arrisco dizer que é inimaginável não vermos New York crescendo nos próximos anos, sem considerar tudo que envolve a cidade e a marca da franquia…

  • Lucas Callado França

    Não sei até que ponto NY tem chance de convencer Durant ou outro grande FA à jogar por lá.
    Franquia sempre bagunçada e sem uma base forte, seriam necessários muitos movimentos para que fossem competitivos.

  • Pablo Leite

    Rapaz, trocar o Porzings pelo que o Knicks recebeu deve ser um dos piores pacotes da história. A única coisa que o time trouxe foram Denis Smith, que tem talento mas até o momento nada excepcional e espaço no CAP. Por um jogador como o letão, o Knicks poderia ter recebido coisa bem melhor. Para os Mavericks, por outro lado, foi um negócio da China. Se livrou do Smith, que mais atrapalhava o Doncic ao dividir a armação, se livrou do Mathews, que era inútil, recebeu o letão, que é uma estrela e um bom role player na figura do Hardaway, que tem 19.1 pontos de média na temporada. Vai ter que engolir o Courtney Lee, mas putz, foi um baita negócio para Dallas.

    • Adson Silva

      Cara não foi tão ruim porque o porzingão só foi oferecido pra levar junto a pica que é o contrato do Lee e do Hardaway sem isso o negócio não aconteceria os contratos expirantes foi só uma vantagem pra melhorar o time suficiente pra não ser impossível de ver um jogo mais manter o time uma bosta pra continuar perdendo.

      • Pablo Leite

        O contrato ruim que o Dallas absorveu foi só o do Lee. O do Hardaway não é um contrato ruim para um jogador de médias de 17.5 e 19.1 pontos nas duas últimas temporadas, ainda mais quando você vê que caras como Wiggins ganham muito mais dinheiro para uma produção inversa a do Hardaway nas duas últimas temporadas. O Dallas continua tendo a segunda menor folha do oeste com essas trocas, e o NYK recebeu só um southmore bom mas nada excepcional e espaço na folha. É pouco.

        • Luiz Otavio

          Hardaway tem esta media por jogar todo jogo como titular. Não vai fazer diferença alguma no banco.
          Pense de maneira a longo prazo.

          • Pablo Leite

            Porque ele seria reserva no Mavs atual sem Mathews? O Mavericks está em reconstrução, não é o GSW.

  • dueti

    A curto prazo pode ser que o Dallas se deu Bem, mas para o processo de reconstrução que o Knicks queria fazer, limpar o cap dessa forma foi muito bom para criar um projeto, planejamento para atrair bons jogadores e formar um elenco. Se conseguir um All Star, será ótimo. É uma franquia gigante no sentido da mídia, valor, e quem conseguir ter sucesso lá, vai ser endeusado. Tem que saber como o KP vai voltar depois dessa lesão, que não é fácil. Ainda mais para um jogador do tamanho dele.

    • Luiz Otavio

      Concordo. No entanto aqui temos especialistas que sabem muito mais que os caras que vivem o jogo 24hs por dia faz anos. Ainda mais que sabem de coisas que nunca sonhamos.

  • Claudio R.

    Só dará pra saber quem ganhou com a troca na FA, pois se Knicks conseguir o KD, eles ganharam muito na troca, pois seria KD, Dennis Smith e a pick… enfim, esperar

    • Adson Silva

      Eles tem espaço pra dar o máximo pra 2 ALL Stars, mesmo se Kyrie nao vier junto com KD eles podem atacar o Tompson, Boogie, Vucevic cara se eles pegarem o KD vai ser fácil arranjar um ALL star secundário e ainda conseguir contratos bons com veteranos úteis pra rotação.

  • Marcos Gordinho

    O que acho… Mavs se livrou de contratos pesados e um não encaixe ao seu FP, conseguiu um possível ASG caso retorne de lesão e apresente próximo do que apresentava, caso não ele sai ao fim do contrato ainda de novatos e de fato só perde 2 picks protegidas. Doncic não aceita perder para tankar, a equipe está enxuta e realmente pode atrair um ou mais FA’s. Já o Titaknicks consegue um plantel jovem e vai ampliar ainda mais no draft seguindo o caminho do Nets que vêm apresentando coerência na administração e evolução em seu núcleo jovem. E com o tempo demonstrar como o Nets que pode ser um lugar interesse para ASG’s.