Prêmios da temporada – Calouro do ano

Executivo do ano

A temporada regular chegou ao fim na última quarta e é hora de elegermos os vencedores dos prêmios individuais deste ano. Como está virando tradição no Jumper Brasil, nós resolvemos consultar não apenas os nossos colaboradores, mas também alguns dos principais jornalistas e blogueiros especializados do país em busca de diferentes visões sobre os melhores atletas, treinadores e executivos da campanha 2013-14. Você poderá acompanhar os resultados das pesquisas ao longo desta semana, um prêmio por dia.

Ao todo, nós reunimos uma comissão de 25 especialistas para opinar sobre as premiações do ano. São eles:

Adriano Albuquerque (NBA.com)
Denis Botana (Bola Presa)
Fábio Balassiano (UOL)
Giancarlo Giampietro (UOL / Sports+)
Guilherme Silva (Jumper Brasil)
Gustavo Freitas (Jumper Brasil)
Gustavo Lima (Jumper Brasil)
Henrique Lima (Draft Brasil)
João Henrique Olegário (Blog do Ivan Zimmermann)
Kaio Kleinhans (Jumper Brasil)
Leandro Sarhan (ESPN / Playoff Brasil)
Leonardo Sacco (Yahoo! / Playoff Brasil)
Lucas Pastore (Lancenet!)
Luis Araújo (iG)
Luiz Fernando Teixeira (Jumper Brasil)
Renan Della Corte (Jumper Brasil – Consultor especial)
Ricardo Romanelli (Jumper Brasil)
Ricardo Stabolito Jr. (Jumper Brasil)
Rubens Borges (NBA.com / Hit the Glass)
Vagner Vargas (Jumper Brasil – Consultor especial)
Vinicius Donato (Jumper Brasil)
Vinícius Veiga (Extra Time / Spinball Net)
Vitor Camargo (Two-Minute Warning)
Wendell Ferreira (Zero Hora)
Zeca Oliveira (Blog Go-To Guy)

No domingo, nós falamos sobre o melhor executivo da temporada. Hoje, damos sequência à série de premiações escolhendo o calouro do ano. Por um desencontro, a escolha de Giancarlo Giampietro não foi recebida pelo site e só teremos 24 votos. Você pode acessar os comentários dos consultados sobre os votos nos links em seus nomes no quadro abaixo:

 

Adriano Albuquerque

Denis Botana Fábio Balassiano
 Michael Carter-Williams

Michael Carter-Williams (76ers)

 Victor Oladipo 2

Victor Oladipo (Magic)

 Michael Carter-Williams

Michael Carter-Williams (76ers)

Guilherme Silva

Gustavo Freitas Gustavo Lima
Victor Oladipo 2

Victor Oladipo (Magic)

 Michael Carter-Williams

Michael Carter-Williams (76ers)

 Victor Oladipo 2

Victor Oladipo (Magic)

Henrique Lima

João Henrique Olegário Kaio Kleinhans
Trey Burke 2

Trey Burke (Jazz)

 Michael Carter-Williams

Michael Carter-Williams (76ers)

 Michael Carter-Williams

Michael Carter-Williams (76ers)

Leandro Sarhan

Leonardo Sacco Lucas Pastore
 Victor Oladipo 2

Victor Oladipo (Magic)

 Michael Carter-Williams

Michael Carter-Williams (76ers)

Victor Oladipo 2 

Victor Oladipo (Magic)

Luís Araújo

Luiz Fernando Teixeira Renan Della Corte
 Michael Carter-Williams

Michael Carter-Williams (76ers)

 Victor Oladipo 2

Victor Oladipo (Magic)

 Michael Carter-Williams

Michael Carter-Williams (76ers)

Ricardo Romanelli

Ricardo Stabolito Jr. Rubens Borges
 Michael Carter-Williams

Michael Carter-Williams (76ers)

 

Trey Burke 2

Trey Burke (Jazz)

 Michael Carter-Williams

Michael Carter-Williams (76ers)

Vagner Vargas

Vinicius Donato Vinícius Veiga
 Michael Carter-Williams

Michael Carter-Williams (76ers)

 Michael Carter-Williams

Michael Carter-Williams (76ers)

 Victor Oladipo 2

Victor Oladipo (Magic)

Vitor Camargo

Wendell Ferreira Zeca Oliveira
 Victor Oladipo 2

Victor Oladipo (Magic)

 Michael Carter-Williams

Michael Carter-Williams (76ers)

Victor Oladipo 2 

Victor Oladipo (Magic)

 

Contabilizando os votos, a corrida pelo troféu Eddie Gottlieb acabaria com:

Executivo

Time Votos

Michael Carter-Williams

Philadelphia 76ers 13
Victor Oladipo Orlando Magic

9

Trey Burke Utah Jazz

2

 

Michael Carter-Williams seria o vencedor do prêmio de calouro do ano segundo o colegiado formado pelo Jumper Brasil. O armador do Sixers havia sido o segundo jogador mais citado para receber o prêmio no início da temporada, quando o site fez sua previsão dos prêmios também com 25 analistas. Deles, vinte voltaram a ser consultados.

[polldaddy poll=7983382]

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • Pedro

    Se o Dieng tivesse jogado desde o começo da temporada, seria o ROY fácil

  • Raphael Mascarenhas

    Ricardo, Trey Burke? Dá pra explicar isso ai?

    • Ricardo Stabolito Jr.

      Essa classe não teve um novato do ano inquestionável. Burke foi quem jogou o basquete mais responsável, “realista” e teve o maior impacto positivo sobre o time contra uma competição muito superior a Carter-Williams e Oladipo. Não arremessou bem porque contundiu a mão no início da temporada.

      Mas, especialmente, eu não consigo dar o prêmio para alguém que jogou a primeira metade de temporada do Oladipo e a segunda metade de temporada do MCW. Cada um teve, no mínimo, dois meses de péssimo desempenho. Burke foi o melhor disparado em termos de consistência.

      • Raphael Mascarenhas

        Entendi. Você teria em mente agora, um time de rookies do ano?

        • Ricardo Stabolito Jr.

          Plumlee / Hardaway Jr. / Oladipo / MCW / Burke

      • Ricardo, sigo o relator com o meu voto.

        Adiciono apenas a campanha de cada um dos três com suas equipes e isso pra mim foi determinante:

        Trey Burke – 68 Starts, 24 Wins, 46 Losses

        Victor Oladipo – 44 Starts, 23 Wins, 57 Losses

        MCW – 70 Starts, 18 Wins, 52 Losses

      • Bruno

        A segunda metade de temporada do MCW foi ruim? Ele ganhou o prêmio de rookie do mês da conferência Leste em março e abril

        • Ricardo Stabolito Jr.

          Altas estatísticas e falta de concorrência, Bruno. Ele foi infinitamente melhor no boxscore do que em quadra e isso é o que pesa para os votantes. A maioria dos caras que votam assistiram dois ou três jogos do Sixers, Jazz, Magic e outros times ruins na temporada.

      • Raphael Mascarenhas

        Ricardo, você não colocaria o Dieng no lugar do Plumlee? E outra coisa. Dois armadores e dois ala-armadores (um deles tem como segunda posição, armador) no melhor time, será que isso realmente poderia acontecer?

        • Ricardo Stabolito Jr.

          Dieng só jogou o fim da temporada, Raphael. Sempre dou preferência para quem atuou na temporada inteira. E os times dos novatos não tem limites de jogadores por posição, então pode ser qualquer coisa. Inclusive, nos últimos cinco anos, eles colocaram seis jogadores no primeiro time duas vezes. É, com todo respeito, uma verdadeira zona.

  • Bem, eu votaria no Oladipo mais acho que o Gorgui Dieng foi injustiçado pelo Wolves, se tivésse jogado mais umas 20 partidas estaria concorrendo, afinal ele tem excelentes médias, porém atuou muito pouco.

  • JPcortes

    concordo com o Alisson, se tivesse mais tempo Dieng levaria facil, mas fico com MCW

  • AlexT-Wolves

    Se o Dieng tive-se recebido mais chances estaria brigando e não só ele o Shabbaz também ( acho que ele até mais) pq sempre que o Shabbaz teve chance ele jogou muito bem.

    Mas Pra mim não tem nem discussão o MCW jogou mais que os outros e mostrou mais futuro que os outros. Ele começou jogando muito fez varios Triple Doubles e ai depois se machucou e voltou pior mas no final da temporada ele voltou a jogar bem. Esse menino tem tudo para ser um otimo armador.

  • Juliano

    Na moral tem uns cara aqui que defeca pela boca. Qual NBA vocês andam assistindo? Trey Burke? PQP. Esse JumperBrasil já foi bem melhor.

    • Ricardo Stabolito Jr.

      Eu votei no Trey Burke, Juliano. Sempre estive aqui. Então, esquece o “já foi”.

      Tenho um voto e tenho argumentos para isso. A única questão aqui é se você pode viver com isso sem baixar o nível.

    • Caseh

      Que idiota esse Juliano…

  • gabriel

    Trey Burke foi o menos pior pq teve maior equilibrio, oscilou menos q os outros… MCW até é aceitável, mas jogou em terra de ngm… e o oladibo tem muuuitas brechas em seu jogo… o mais pronto é o Burke, eu sinceramente prefiro o hardaway do que o Oladipo que é um crime um atleta tão burro ofensivamente jogando de PG

  • gabriel

    Trey Burke foi o menos pior, pq teve maior equilibrio, oscilou menos q os outros… MCW até é aceitável, mas jogou em terra de ngm… e o oladipo tem muuuitas brechas em seu jogo… o mais pronto é o Burke, eu sinceramente prefiro o hardaway do que o Oladipo pq é um crime um atleta tão burro ofensivamente jogando de PG

  • Luiz Henrique Santos

    Para mim seria a disputa entre o Michael Carter-Williams e o Victor Oladipo, Trey Burke vi algumas partidas e gostei, mas foram umas 6 mais ou menos,não tenho muitas condições de avaliá-lo, eu gostei muito do Giannis Antentokounpo, mas ele ainda “está se formando” é um cara pro futuro e ainda não está no nível destes dois, Snell e Dieng também vi poucos jogos deles o Ben McLemore só vi sendo posterizado pelo LeBron e no concurso de enterradas do ASG, Plumlee eu gostei ele apareceu um pouco mais devido a lesão do Brook Lopez, porém ainda não é para ser votado como ROY e o Hardway Jr. foi bem também, porém acho que MCW e Oladipo foram mais constantes que ele, portanto entre MCW e Oladipo quem ganhar está de bom tamanho.

  • sebas1606

    Acho que tem um erro no final da matéria “Michael Carter-Williams seria o vencedor do prêmio de dirigente do ano segundo o colegiado formado pelo Jumper Brasil. ”

    Corrige ai…Mas sobre a votação,ficou entre os nomes esperados mesmo.

    • Ricardo Stabolito Jr.

      Valeu, sebas. Corrigindo aqui.

  • rui

    Meus amigos não compliquem as coisas. Basta analizar o seguinte:
    quem mais fez triple doubles.
    quem mais fez Double Double.
    Maior em PPG.
    Maior MPG.

    Michael Carter Williams.

    Não me lembro de nenhum novato este ano ter feito triple Double alem de MCW.se eu estiver errado por favor podem me corrigir.

    • Bruno

      Oladipo fez um TD no mesmo jogo que MCW fez seu primeiro

    • Ricardo Stabolito Jr.

      Rui, você está mais do que simplificando. Está sendo simplista. Mas a maioria dos votantes do prêmio pensará assim mesmo e Carter-Williams deve levar o prêmio.

      Como alguém que continua acompanhando os calouros como se escrevesse ainda o ranking dos novatos, eu não concordo contigo. Se fosse assim, aliás, ninguém nem precisava assistir aos jogos. Só olhar o boxscore depois.

  • Lucas Tavares

    Um ano no MÍNIMO infeliz para os novatos

  • cara, o MCW foi muito mais dominante entre os calouros, é meio obvio. O Sixers confia no MCW e ele praticamente está liderando o time(apesar da péssima campanha). Não sei porque a mídia tenta esconder ou arrumar argumentos contra ele. Ele tem somente 22 anos, e tem 16,7 PPG(3 a mais que o Oladipo), 6,2 REB(2 a mais que o Oladipo, lembrando que ele joga de PG!!), 1,9 STL(0,3 a mais que o Oladipo)… Se isso não é consistencia, é o que? Sobre o t. burke, prefiro não comentar…