Presidente do Twolves praticamente descarta trocar Wiggins: “Jogador crítico”

O Minnesota Timberwolves é um dos times mais engessados financeiramente da NBA atual. E, se você observar a folha salarial da franquia, o ala Andrew Wiggins é um dos culpados óbvios: sua extensão contratual de quase US$30 milhões por ano está começando a vigorar nesta offseason. Ele recebe constantes críticas pela aparente falta de empenho, mas trocá-lo nem é cogitado por Tom Thibodeau.

“Nós adoramos Andrew. Sabemos que sempre vão existir rumores sobre jogadores muito bons, mas, quando olha-se o atleta que ele é e o que já foi capaz de realizar com tão pouca idade, achamos tratar-se de um jogador crítico para nosso sucesso. Sempre discutiremos possibilidades, mas gostamos demais de Andrew”, afirmou o técnico e presidente de operações do time, em declaração ao jornal Star Tribune.

A incapacidade de investimento do Timberwolves vai ser desafiada neste ano, com os astros Karl-Anthony Towns e Jimmy Butler acabando de tornar-se elegíveis para grandes extensões contratuais. Especula-se, inclusive, que o segundo estaria disposto a recusar uma renovação máxima e testar o mercado como agente livre por uma suposta reprovação à postura de Wiggins dentro de quadra.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.