Previsão: Chicago Bulls (4º) x (5º) Washington Wizards

Conferência Leste: Chicago Bulls (4º) x (5º) Washington Wizards

 

Confrontos na temporada: Wizards 2 x 1 Bulls

13 JAN – WAS 102 x 88 CHI
17 JAN – WAS 96 x 93 CHI
05 ABR – CHI 96 x 78 WAS

 

Datas do confronto

20-04: Wizards x Bulls – 20h (em Chicag0)
22-04: WizardsBulls – 22h30 (em Chicag0)
25-04: Bulls x Washington – 21h (em Washington)
27-04: Bulls x Washington – 14h (em Washington)
29-04: WizardsBulls – Horário a ser definido (em Chicag0)
01-05: Bulls x Washington – Horário a ser definido (em Washington)
03-05: WizardsBullsHorário a ser definido (em Chicag0)

*se necessário
Horário de Brasília

 

Chicago Bulls (48-34)

Time-base

Kirk Hinrich (PG)
Jimmy Butler (SG)
Mike Dunleavy (SF)
Carlos Boozer (PF)
Joakim Noah (C)

Reservas com mais tempo de quadra

D.J. Augustin (PG)
Taj Gibson (PF)
Tony Snell (SF)
Nazr Mohammed (C)

Técnico: Tom Thibodeau

Líderes (temporada regular)

Pontos: D.J. Augustin (14.9)
Rebotes: Joakim Noah (11.3)
Assistências: Joakim Noah (5.4)
Roubos de bola: Jimmy Butler (1.9)
Tocos: Joakim Noah (1.5)

 

Washington Wizards (44-38)

Time-base

John Wall (PG)
Bradley Beal (SG)
Trevor Ariza (SF)
Nenê (PF)
Marcin Gortat (C)

Reservas com mais tempo de quadra

Andre Miller (PG)
Martell Webster (SG)
Trevor Booker (PF)
Drew Gooden (PF)
Al Harrington (PF)

Técnico: Randy Wittman

Líderes (temporada regular)

Pontos: John Wall (19.3)
Rebotes: Marcin Gortat (9.5)
Assistências: John Wall (8.8)
Roubos de bola: John Wall (1.8)
Tocos: Marcin Gortat (1.5)

 

Análise do confronto

Surpreendentemente para muitos, o Chicago Bulls está de volta aos playoffs pelo segundo ano consecutivo sem Derrick Rose. Além disso, a franquia tem o melhor desempenho da Conferência Leste desde que trocou Luol Deng para o Cleveland Cavaliers por nada. Muito disso é “culpa” de Tom Thibodeau, que conseguiu reinventar uma equipe cujo maior cestinha é um reserva que não faz mais de 15 pontos por partida, mas que ainda tem a melhor defesa da NBA.

Esqueçam Rose. O grande astro desse time é Joakim Noah, que se firmou não só como um dos três melhores pivôs da liga atualmente, mas também como um melhores “all-around players” da liga, capaz de fazer de tudo em quadra. Em 2013-14, ele se tornou o primeiro jogador a ter médias de pelo menos 12.5 pontos, 11 rebotes e cinco assistências desde Kevin Garnett em 2004-05.

Um jogador com as características de Noah é extremamente necessário na equipe com o pior ataque da temporada – o Bulls marca apenas 93.7 pontos por partida em 2013-14. D.J. Augustin, o armador reserva, se enquadrou no mesmo papel que já foi de Nate Robinson e C.J. Watson como o pontuador que sai do banco de reservas, a esperança do Bulls é que ele repita o sucesso de Robinson na pós temporada.

Mas é na defesa que o Bulls se garante, permitindo apenas 91.8 pontos por partida a seus adversários, muito por causa de (novamente) Noah e de Jimmy Butler, que tem que se desdobrar em quadra para marcar os melhores jogadores de perímetro dos adversários. Além deles, Kirk Hinrich e Mike Dunleavy compensam uma natural inabilidade defensiva com um entrosamento impecável, tal como já aconteceu anteriormente com Kyle Korver e Rip Hamilton, por exemplo. Méritos dos treinamentos de Thibodeau.

Mas o fator-chave desse time do Bulls está na posição quatro, e envolve um dos melhores reservas e um dos titulares mais inexpressivos da temporada: Taj Gibson e Carlos Boozer.  Enquanto Gibson sempre provém uma boa defesa e eficiência no pick-and-roll, Boozer teve a pior temporada da carreira desde que foi calouro, em 2003. Mesmo assim, fica em quadra por angustiantes 28 minutos. Thibodeau vai ter que pesar os minutos da dupla.

A posição quatro também vai ser chave para o Washington Wizards na série, e isso por causa do brasileiro Nenê. Nas duas vitórias que a franquia da capital teve sobre o adversário, o ala-pivô foi peça fundamental na marcação de Noah e abusando da lerdeza de Boozer na defesa.  Agora, Nenê está voltando de lesão, e não se sabe como os seus minutos serão distribuídos já que Drew Gooden, contratado para a sua vaga na rotação, vem jogando muito bem.

Mas além do brasileiro, a maior esperança do Wizards é o armador John Wall. Merecidamente convocado para o All-Star Game este ano, ele vem tendo a melhor temporada estatística de sua carreira até o momento e fez por merecer a extensão salarial que recebeu. Mais maduro, ele parece ter achado o equilíbrio entre pontuar quando necessário e assistir os seus companheiros.

Bradley Beal, Martell Webster e Trevor Ariza são os chutadores do time, com a obrigação de converter os arremessos de longa distância promovidos pelas infiltrações de Wall e os bloqueios de Nenê, Gooden e Marcin, apesar de terem a liberdade para também fazerem uma graça no ataque, quando necessário. Todos os três tem um aproveitamento superior a 39% da linha de três pontos, e serão uma dor de cabeça o Bulls.

O veterano Andre Miller pode alcançar uma marca histórica na carreira: vencer uma série de playoffs pela primeira desde que ingressou na liga. Se Tracy McGrady conseguiu fazer isso apenas como animador de banco de reservas do San Antonio Spurs na temporada passada, Miller ainda é produtivo para o time e joga minutos importantes. Olho no seu comportamento.

Os duelos entre Washington Wizards e Chicago Bulls prometem ser os mais animados da primeira rodada da Conferência Leste. Com certeza quem foi ao Rio de Janeiro em outubro do ano passado para a partida de pré-temporada entre eles não esperava vê-los se enfrentando nos playoffs. Por ser um time mais “encardido”, o Bulls leva vantagem no confronto, mas tudo pode acontecer na série.

 

Previsão

Chicago Bulls 4 x 2 Washington Wizards

[polldaddy poll=7980258]

  • Luiz Henrique Santos

    O Wizards deve dar certo trabalho aos Bulls liderados pelo John Wall (inteiro), mas meu palpite é Bulls 4 x 2 Wizards

  • Emerson

    4×2 Wizards

  • 4×2 Bulls.

  • rhafaheat

    4×2 Touros.

  • O Wizards vai incomodar nas bolas de três, no mais eu acho que eles não farão muita coisa, o Gortat no garrafão vai ser marcado pelo Gibson e o Nenê/Gooden vão encarar o Noah, acho que o Ariza vai dar trabalho pro Dunleavy mais a bola não vai cair todo jogo, aposto em um 4×2 do Bulls, essas duas partidas que o Bulls perder vai ser pela bola de três deles, por que pelo resto eles não apresentam muito perigo, claro que tem o John Wall mais nos Playoffs sempre vão ter grandes jogadores, eu acho que devemos nos preocupar mais em como fazer pontos porque a nossa defesa é foda e não vai ser umas bolas de três qe irão eliminar nós.

  • joaocelta

    4 a 3 Wizzards, Jhon Wall vai dar show no jogo 7

  • Esse jogo ao meu ver será a melhor rodada no leste. Creio em um 4×3 ou 4×2 Wizards. Muito dependerá do Wall se estiver bem e o Ariza manter a boa fase.

  • robertolakers

    4X3 wizards e vai ser a melhor série de oitavas de final, dois times q tem um garrafao forte (o do bulls é melhor), mas em questao dos jogadores de fora eu aposto na futura melhor dupla da Nba (beal e wall), ou uma das melhores

  • Daniel

    4 x 3 Wizards e o nome da série vai ser o João Muro…

  • Michel Moral

    Time por time sou mais o Wizards. Nene, Al Harrington, de volta à rotação. Bela e Ariza jogando bem.

    O que pesa a favor do Bulls é a experiência e a camisa.

    Como estou torcendo para as zebras, espero que o Washington surpreenda.

  • GuilhermeKnicks

    4 x 3 para os bruxos com shows de Beal e Wall.

  • Leo

    Essa série vai ser equilibrada e penso que o Nenê vai ser a diferença. A gente tem o pé atrás com ele por causa das lesões, mas ele vinha de excelentes partidas e se for bem contra no ataque, fazendo uns 15ppg e marcando o Noah as coisas vão complicar pro Bulls.

  • Zack Batista

    Muitos aqui apostando no Wizards… Não acho q eles terão essa força toda nos playoffs e nem vejo dificuldade do Bulls em vencê-lo. Meu palpite: Bulls 4 x 1 Wizards.

  • Uncle Drew

    Wizards 4×3 Bulls