Conferência Leste: Chicago Bulls (1°) x (8°) Indiana Pacers

Confrontos na temporada: Chicago 3 x 1 Indiana
13 DEZ – CHI 92 x 73 IND

14 JAN – IND 86 x 99 CHI

29 JAN – CHI 110 x 89 IND

18 MAR – IND 115 x 108 CHI

Datas do confronto
16-04: Chicago x Indiana – 14:00 (Em Chicago)
18-04: Chicago x Indiana – 22:30 (Em Chicago)
21-04: Indiana x Chicago – 20:00 (Em Indianápolis)
23-04: Indiana x Chicago – 15:30 (Em Indianápolis)
26-04: Chicago x Indiana – horário indefinido (Em Chicago)*
28-04: Indiana x Chicago – horário indefinido (Em Indianápolis)*
30-04: Chicago x Indiana – horário indefinido (Em Chicago)*

*Se necessário

Horários de Brasília

Chicago Bulls (62-20)
Maior sequência de vitórias: 9 (30/03 a 13/04)

Maior sequência de derrotas: 2 (04/11 a 05/11, 01/12 a 03/12, 05/01 a 07/01, 05/02 a 07/02)

Time-base

Derrick Rose (PG)

Keith Bogans (SG)

Luol Deng (SF)

Carlos Boozer (PF)

Joakim Noah (C)

Reservas com mais tempo de quadra

Ronnie Brewer (SG/SF)

Kyle Korver (SG/SF)

Taj Gibson (PF/C)

C.J. Watson (PG)

Omer Asik (C)

Kurt Thomas (PF/C)

Técnico: Tom Thibodeau

Líderes

Pontos: Derrick Rose – 25.0

Rebotes: Joakim Noah – 10.4

Assistências: Derrick Rose – 7.7

Roubadas: Ronnie Brewer – 1.3

Bloqueios: Joakim Noah – 1.5

Indiana Pacers (37-45)

Maior sequência de vitórias: 4 (31/01 a 06/02)

Maior sequência de derrotas: 6 (14/01 a 26/01, 02/03 a 11/03)

Time-base

Darren Collison (PG)

Paul George (SG)

Danny Granger (SF)

Tyler Hansbrough (PF)

Roy Hibbert (C)

Reservas com mais tempo de quadra

Josh McRoberts (PF/C)

Mike Dunleavy (SG/SF)

Brandon Rush (SG/SF)

A.J. Price (PG)

Jeff Foster (PF/C)

Dahntay Jones (SG/SF)

Técnico: Frank Vogel

Líderes

Pontos: Danny Granger – 20.5

Rebotes: Roy Hibbert – 7.5

Assistências: Darren Collison – 5.1

Roubadas: Danny Granger e Darren Collison – 1.1

Bloqueios: Roy Hibbert – 1.8

Análise do confronto

O Chicago Bulls é favorito a ganhar a série contra o Indiana Pacers. Melhor time da temporada regular, o Bulls vem mostrando um jogo muito consistente, com uma defesa forte (a melhor da Liga), e um ataque liderado pelo jovem armador Derrick Rose, que deve ser eleito o MVP da temporada. O destaque individual no setor defensivo é o ala Luol Deng. Outra força do time de Chicago está no garrafão. Carlos Boozer e Joakim Noah se completam. O primeiro é forte no ataque, enquanto o segundo se destaca no trabalho defensivo. Há de se destacar também o ótimo trabalho de Tom Thibodeau, que, logo na primeira temporada dirigindo o Bulls, levou a equipe à melhor campanha da NBA. Pelo lado do Pacers, o destaque é o ala Danny Granger, cestinha da equipe. Outros jogadores que fizeram uma boa temporada regular foram o armador Darren Collison e o pivô Roy Hibbert. Vale lembrar que o time de Indiana trocou de técnico no meio da temporada – Jim O’Brian deu lugar a Frank Vogel. Com a chegada do novo comandante, a defesa do Pacers melhorou um pouco e jovens jogadores como Paul George e Tyler Hansbrough ganharam mais tempo de quadra. Portanto, será uma zebra histórica se o Bulls não passar à segunda rodada dos playoffs.

Palpite

Chicago Bulls 4 x 0 Indiana Pacers

Gustavo Lima
Gustavo Lima
Jornalista graduado pela UFMG e pós-graduado em Produção em Mídias Digitais pela PUC-MG. Natural de Ipatinga e residente em BH. Editor do Jumper Brasil desde 2007. Acompanha a NBA desde 1993. Torcedor do Phoenix Suns, mas adepto da imparcialidade.