Previsão da temporada – New York Knicks

New York Knicks

Campanha em 2016-17: 31-51, décimo segundo na conferência Leste
Playoffs: não classificado
Técnico: Jeff Hornacek (segunda temporada)
GM: Scott Perry (primeira temporada)
Destaque: Kristaps Porzingis
Time-base: Ramon Sessions –Tim Hardaway Jr. – Courtney Lee – Kristaps Porzingis – Willy Hernangomez (Enes Kanter)

Elenco

11 – Frank Ntilikina, armador
31 – Ron Baker, armador
1 – Ramon Sessions, armador
55 – Jarrett Jack, armador
3 – Tim Hardaway Jr., ala-armador
5 – Courtney Lee, ala-armador/ala
21 – Damyean Dotson, ala-armador/ala
8 – Michael Beasley, ala
20 – Doug McDermott, ala
91 – Mindaugas Kuzminskas, ala
42 – Lance Thomas, ala
6 – Kristaps Porzingis, ala-pivô
9 – Kyle O’Quinn, ala-pivô/pivô
00 – Enes Kanter, pivô
14 – Willy Hernangomez, pivô
13 – Joakim Noah, pivô

Quem saiu: Carmelo Anthony, Derrick Rose, Justin Holiday, Brandon Jennings, Sasha Vujacic e Marshall Plumlee

Quem Chegou: Frank Ntilikina, Tim Hardaway Jr., Michael Beasley, Enes Kanter, Doug McDermott, Damyean Dotson, Ramon Sessions e Jarrett Jack 

Revisão

Mais uma vez, o Knicks fez um novo projeto, trouxe diversos jogadores para o elenco e nada aconteceu. Como já se tornou rotina nos últimos anos, a equipe teve uma offseason movimentada e buscou reforçar a equipe para se livrar da fase negativa atual onde se encontra, sem se classificar para os playoffs desde a temporada 2012-13. Mas tudo deu errado.

Principal reforço para a campanha, Derrick Rose chegou se mostrando pronto, livre de lesões e confiante (talvez até demais, quando comentou sobre o Knicks e o Golden State Warriors como “os supertimes da NBA” no momento). Além dele, Joakim Noah, Courtney Lee e outros jogadores chegaram para mudar o cenário atual de fracasso que o time vive. Como todos sabem, tudo deu errado e 31 vitórias foram o máximo que o elenco conseguiu conquistar, após colecionarem atuações com desempenho defensivo patético e um estilo de jogo que parecia confuso muitas vezes.

E após mais um plano que deu errado, a franquia finalmente tomou a decisão que muitos consideravam a certa desde a chegada de Kristaps Porzingis: desistiu de (tentar) montar equipes para competir agora e resolveu apostar no projeto de reconstrução com jogadores jovens. Com isso, Carmelo Anthony, após ser envolvido em milhares de rumores de troca, foi negociado e deu início a uma nova fase na equipe, em uma decisão que parece ter sido a melhor para ambos os lados.

O perímetro

No draft deste ano, o Knicks selecionou o armador Frank Ntilikina com a oitava escolha. Com o rumo de reconstrução escolhido, o jogador certamente é visto como o dono da posição nos próximos anos enquanto a franquia se reorganiza, mas neste início de caminhada, o francês deve começar no banco. Seu jogo ainda não é considerado pronto o suficiente para ser titular “de cara” e o posto deve ser ocupado por um dos veteranos como Jarrett Jack ou Ramon Sessions. Naturalmente, se o jovem corresponder, assumirá a posição.

Tim Hardaway Jr. foi a grande contração do time na agência livre e será o ala-armador titular, por mais confuso que isso pareça ser. A equipe o negociou para o Atlanta Hawks em 2015 e, agora, fechou com o jogador oferecendo-o um contrato no valor de US$ 71 milhões, algo que incomodou muitos torcedores. De qualquer forma, Hardaway Jr. realmente parece estar focado e faz uma boa pré-temporada. Resta saber se conseguirá provar seu valor durante a campanha oficial. Os diversos armadores, Courtney Lee e outras peças também terão minutos como ala-armador.

Sem Carmelo Anthony, o posto de ala titular não tem um nome certo, mas Lee deve começar a temporada nesta função. O jogador não vem rendendo exatamente o que era esperado, mas ainda é importante para a rotação. Michael Beasley também pode ser testado como titular e, mesmo se permanecer no banco, deve receber bons minutos. Doug McDermott e Lance Thomas também atuarão por ali. O setor pode não ter nomes de peso, mas ao menos conta com jogadores com características diferentes, que serão utilizados por mais ou menos tempo, dependendo da circunstância.

O garrafão

Kristaps Porzingis agora é não só o dono da posição de ala-pivô, como o dono do time. Sem Anthony, o letão agora terá todos os holofotes para si e será cobrado como um franchise player. A parte positiva é que talento não falta, seu estilo de jogo combina totalmente com a NBA atual e, se tudo correr como o esperado, o jogador estará entre os melhores da liga no futuro. Lance Thomas e Kyle O’Quinn são dois jogadores que devem atuar por bons minutos na posição.

Assim como na posição de ala, ainda existe uma indefinição no posto de pivô titular. No momento, existe uma “briga” entre Enes Kanter e Willy Hernangomez e é possível que os dois sejam testados até que ocorra uma decisão final. Kanter acabou de chegar à equipe, consegue contribuir bem no ataque, mas tem problemas na defesa, por mais que tenha melhorado em 2016-17. Já Hernangomez é uma presença mais forte embaixo da cesta e é um exímio reboteiro, algo que pode fazer a diferença.

Lesionado mais uma vez, Joakim Noah vive situação complicada. Além dos problemas físicos, o francês não conseguiu atuar bem quando esteve saudável e agora, além da lesão, está impedido de jogar os primeiros compromissos da equipe devido à uma violação da política contra o uso de drogas da liga.

Análise geral

O plano agora é outro e parece que finalmente o Knicks está tomando uma decisão correta. Agora, será necessária paciência, pois isso é essencial para que as coisas caminhem nesse tipo de reconstrução. Ainda existem críticas sobre o valor do contrato oferecido a Tim Hardaway Jr. e sobre o que foi recebido na troca de Carmelo Anthony, e elas fazem sentido, mas ao menos a franquia parou de apostar nos projetos pensando no presente e colocou seu objetivo no futuro de forma definitiva.

Porzingis será o responsável por liderar o grupo e a expectativa sobre ele é alta. No mais, a equipe passará pelos processos comuns que ocorrem nesta fase, que incluem a observação de suas escolhas de draft e outros jovens, analisando suas evoluções, além de acompanhar o rendimento de atletas veteranos, para determinar se eles serão importantes no futuro.

É bom analisar tudo pelo lado positivo e isso realmente pode trazer resultados no futuro, mas é preciso entender que as coisas podem não ser boas no presente e isso faz parte desse planejamento. Não existem formas de projetar algo “grande” para o Knicks. O Leste possibilita que surpresas aconteçam, mas é improvável que isso ocorra em Nova Iorque.

Previsão: 13º na conferência Leste

  • Igor

    O Jarret Jack não foi dispensado (ou ia pro westecher – great league)?

  • Gustavo

    Nem citaram o Kuzminskas na rotação de perímetro. Acho que o lituano vai ter bons minutos, não?

  • Marcelo Knickão

    Depois de quase duas décadas, a diretoria do Knickão finalmente entendeu que “Win Now” não é o caminho que devemos seguir. Tantos anos com times frustrantes e estrelas decadentes… Antes tarde do que nunca! Esse time atual não tem grandes pretensões, o principal objetivo pra temporada é deixar nossos jovens jogadores à vontade para que possam evoluir, e também conseguir uma boa pick no próximo draft (não vai ser difícil com esse roster). Estamos no caminho certo agora! Após anos e anos de frustrações, agora consigo ver um futuro para nós Knickbockers.

    À torcida do Knickão, temos um grupo no whatsapp com os torcedores mais apaixonados do Brasil. Quem quiser fazer parte, deixe seu número com DDD aqui na resposta que o adicionarei. Once a Knick always a Knick!

    • Alan Cleber Knickerbockers

      73 988377610

      • Rodolpho

        11 970854652

    • Josias De Sá Nascimento

      71 993125398

    • Anthony#27

      12982201965

    • Mattheus Alemão

      14 981029735

    • Igor

      Meu medo é a gente “criar” grandes jogadores e perder eles quando forem ao FA

  • Danilo Celtics #Banner18

    previsao de mtos risos

    • NEW BIG 3 #ZINGSFEARLESS

      vc ainda continua aqui com o seu português interessante ? bom saber analfabeto

  • Will #Lavarbola

    Nanicks vai ser nanicks kkkk
    Previsão de piada pronta por longos anos como sempre

    • DNT

      rsrsrsrsrsrs. atualmente, a unica piada pronta da NBA é o fakers, fazendo trapalhadas, trocando seus melhores jogadores e entregando um pick alta no draft ao seu maior rival. hahahahaha

      • Will #Lavarbola

        Aham,falou o pior time da NBA kkk

      • PatrickLakers

        Falou o time mais zuado e maior piada de todos os tempos da NBA kkk

    • NEW BIG 3 #ZINGSFEARLESS

      mais um doente mental comentando no jumper, n sei como n foi banido ainda

      • Will #Lavarbola

        Opa acéfalo do naknicks ficou nervoso 🙁

  • Rodrigo SMC

    Histórico do Knicks por década:

    Década de 10: 6 temporadas – 3 playoffs / melhor resultado: Semifinal de Conferência
    Década de 00: 2 playoffs / Primeira rodada (2x)
    Década de 90: 10 playoffs / Final da NBA em 1994 e 1999
    Década de 80: 6 playoffs / Semifinal de Conferência (4x)
    Década de 70: 7 playoffs / Campeão em 1970 e 1973 e finalista em 1972
    Década de 60: 2 playoffs / Final de Divisão
    Década de 50: 7 playoffs / 3 finais de NBA entre 1951 e 1953
    Década de 40: 3 temporadas – 3 playoffs / Final de Divisão

  • Mavscelo

    Em pouco tempo veremos o Nets como o melhor e principal time de NY.

  • DNT

    Vai ser mais uma temporada muito difícil, pois o time é forte candidato a 1st pick, o consolo é que finalmente iniciou a reconstrução e já temos jovens talentos com grande potencial. Esta temporada, os problemas defensivos vão ser maiores que nunca, temos poucos jogadores com um grande potencial defensivo, já no ataque vai ser um pouco melhor, tendo em vista que jogadores como Hardaway Jr e Kanter, apesar de fraquíssimos defensores, contribuem muito bem ofensivamente. Poderemos ter algumas surpresas durante a temporada, dois jogadores me chamaram a atenção nos jogos de pré temporada o Doug McDermott e Dotson, o Doug demostrou bons arremessos de longa e média distancia e um certo potencial defensivo, já o Dotson demostrou um enorme potencial defensivo, estou gostando de ver o rookie, espero que o Hornacek dê minutos a ele na rotação. Enfim, o grande barato dessa temporada será ver os garotos evoluindo.

    • Will #Lavarbola

      Já são piores que o nets kkk

  • Marcinho Mueller

    Essa offseason foi horrível pro Knicks, esse contrato absurdo pro Hardaway Jr, não pegou nem 1/3 do que Carmelo valia, mesmo com as restrições dele e sabendo que ele poderia sair de graça depois, poderiam ter ganhado melhores ativos do próprio OKC. Mas o pior movimento nessa offseason pra mim, foi a escolha do Ntilikina, com o Dennis Smith Jr disponível. No mais, torço pra que um dia volte ser pelo menos uma franquia de playoffs.

    • King Cuban #MFFL

      Os Mavs agradecem

      • Cristiano Oliveira

        Podem agradecer agora e tomara que DSJ seja um jogador top(potencial ele tem) e a franquia que vcs torcem é simpática. Gosto do MAVS entretanto eu sempre preferi Ntilikina e fiquei muito feliz com essa corajosa aposta do Knicks que quase sempre fracassa em draft’s(especialmente rs).

        Quem menospreza ou subestima o jovem francês não enxerga o potencial defensivo e o QI absurdo(maior inclusive que o do Fultz) que esse rookie possui. Kawhi Leonard versão PG(lembra muito na minha opinião) printa aí e me cobre depois meu amigo 😉

        Ps: Não sei quantos aqui no Jumper acompanham e/ou curtem EuroBasket, eu sou um dos apaixonados por basquete europeu.

  • Nilton Bitencourt

    Acho que fica em ultimo. Pior campanha.

  • THE BULLS23

    Rumo a pick um!

  • Bruno Macedo

    Nem falou do Noah kkkkkk, e kanter é muito subestimado pqp.