Previsão: Golden State Warriors (1º) x (8º) Portland Trail Blazers

Conferência Oeste: Golden State Warriors (1º) x (8º) Portland Trail Blazers

Confrontos na temporada: Golden State 4 x 0 Portland

01 NOV – Warriors 127 x 104 Blazers
17 DEZ – Blazers 90 x 135 Warriors
04 JAN – Blazers 117 x 125 Warriors
29 JAN – Warriors 113 x 111 Blazers

Datas do confronto

16-04: Blazers x Warriors – 16h30 (em Oakland) – transmissão do SporTV
19-04: Blazers x Warriors – 23h30 (em Oakland) – transmissão da ESPN
22-04: Warriors x Blazers – 23h30 (em Portland) – transmissão da ESPN
24-04: Warriors x Blazers – 23h30 (em Portland) – transmissão do SporTV
26-04: Blazers x Warriors – Horário a ser definido (em Oakland)*
28-04: Warriors x Blazers – Horário a ser definido (em Portland)*
30-04: Blazers x Warriors – Horário a ser definido (em Oakland)*

* Se necessário

Horários de Brasília
 

Golden State Warriors (67-15)

Maior sequência de vitórias: 14 (entre 14 de março e 8 de abril)
Maior sequência de derrotas: 3 (entre 8 e 11 de março)

Time-base

Stephen Curry (PG)
Klay Thompson (SG)
Kevin Durant (SF)
Draymond Green (PF)
Zaza Pachulia (C)

Reservas com mais tempo de quadra

Andre Iguodala (SG/SF)
Shaun Livingston (PG/SG)
JaVale McGee (C)
David West (PF/C)
Matt Barnes (SG/SF)
Patrick McCaw (SG/SF)
Ian Clark (SG)

Técnico: Steve Kerr

Líderes (temporada regular)

Pontos: Stephen Curry (25.3)
Rebotes: Kevin Durant (8.3)
Assistências: Draymond Green (7.0)
Roubos de bola: Draymond Green (2.0)
Bloqueios: Kevin Durant (1.6)


Portland Trail Blazers (41-41)

Maior sequência de vitórias: 6 (entre 23 de março e 1 de abril)
Maior sequência de derrotas: 6 (entre 15 e 26 de dezembro)

Time-base

Damian Lillard (PG)
C.J. McCollum (SG)
Maurice Harkless (SF)
Noah Vonleh (PF)
Jusuf Nurkic (C)

Reservas com mais tempo de quadra

Allen Crabbe (SG/SF)
Al-Farouq Aminu (SF/PF)
Evan Turner (SG/SF)
Meyers Leonard (PF/C)
Shabazz Napier (PG)

Técnico: Terry Stotts

Líderes (temporada regular)

Pontos: Damian Lillard (27.0)
Rebotes: Jusuf Nurkic (10.4)
Assistências: Damian Lillard (5.9)
Roubos de bola: Jusuf Nurkic (1.3)
Bloqueios: Jusuf Nurkic (1.9)


Análise do confronto

Golden State Warriors e Portland Trail Blazers se encontram na pós-temporada da NBA pelo segundo ano consecutivo. A franquia de Oregon surpreendeu a liga ao chegar aos playoffs com quatro novos titulares e chegou a vencer a encostar na série da segunda rodada antes do armador Stephen Curry retornar de lesão.

O Warriors venceu os quatro confrontos da temporada regular. Enquanto as primeiras duas partidas foram decididas por 23 e 45 pontos, os dois últimos duelos foram mais equilibrados, contando com um triunfo por apenas dois pontos quando Curry não atuou. Kevin Durant teve média de 29.2 pontos contra o Trail Blazers.

kevin-durant-stephen-curry-draymond-green-klay-thompson

A diferença de 26 vitórias entre as equipes representam bem a distância entre ambas. Com um melhor equilíbrio entre a fase ofensiva e defensiva, o Warriors terminou a temporada com a maior diferença positiva entre pontos anotados e sofridos pelo terceiro ano consecutivo. O trio Durant, Curry e Klay Thompson foi o único a garantir médias de pelo menos 20 pontos na temporada. A equipe da Califórnia ainda liderou a liga nos quesitos assistências (2491) e aproveitamento nos arremessos gerais (49%)

Apesar de ter apenas a 11ª melhor defesa, o Warriors liderou a NBA em roubos de bola (785) e tocos (555), além de limitar seus oponentes a 43% no índice de conversão dos arremessos gerais e 32% nos tiros de longa distância. Ambas as marcas foram as melhores da liga.

dupla-lillard-mccollum-combina-para-68-pontos-e-blazers-vencem-em-casa

Após um começo de temporada abaixo do esperado, o Portland Trail Blazers finalizou a temporada com 17 vitórias nos 26 jogos após o ­All-Star Break. Tal melhora coincide com a aquisição do pivô Jusuf Nurkic, que registrou médias de 15.2 pontos, 10.4 rebotes, 3.2 assistências, 1.3 roubos de bola, 1.9 tocos e 50% de aproveitamento nos arremessos em 20 jogos. Com o pivô, foram 14 vitórias e apenas seis derrotas.

Damian Lillard aumentou sua média de pontos por jogo pela quarta temporada consecutiva, terminando em 6º lugar com 27 pontos por partida. C.J. McCollum também garantiu média acima dos 20 pontos (23).

O banco de reservas do Trail Blazers terminou a temporada na 27ª colocação com 30.6 pontos por jogo, porém, ficou entre os dez com menor índice de erros ofensivos (4.2).

A superioridade do elenco do Warriors é inegável. Com quatro All-Stars e opções como Shaun Livingston e Andre Iguodala, aos atuais campeões do Oeste não devem ter dificuldades para bater a franquia de Oregon se continuar saudável. Aliás, a condição física já é um fator importante na série. Nurkic perdeu os últimos sete jogos com uma contusão na fíbula e não é presença confirmada na série. Com Steve Kerr, o Warriors venceu dez das 11 partidas que jogou contra o Trail Blazers e o alto aproveitamento deve levar a equipe à segunda rodada sem dificuldades. 

Palpite

Golden State Warriors 4 x 0 Portland Trail Blazers