Previsão: Miami Heat (2º) x (6º) Brooklyn Nets

Semifinais da Conferência Leste: Miami Heat (2º) x (6º) Brooklyn Nets

 

Confrontos na temporada: Brooklyn 4-0 Miami

01/11 – Nets 101×100 Heat
10/01 – Nets 104×95 Heat
12/03 – Nets 96×95 Heat
08/04 – Nets 88×87 Heat

 

Datas do confronto

Jogo 1: 6/05, em Miami
Jogo 2: 8/05, em Miami
Jogo 3: 10/05, em Brooklyn
Jogo 4: 12/05, em Brooklyn
Jogo 5 *: 14/05, em Miami
Jogo 6 *: 16/05, em Brooklyn
Jogo 7 *: 18/05, em Miami

* se necessário

 

Miami Heat (54-28)

Campanha nos playoffs: 4-0 contra o Charlotte Bobcats
Maior sequência de vitórias:  dez (de 12/11 a 01/12)
Maior sequência de derrotas:  três (de 07 a 15/01; 04 a 09/03; 12 a 16/04)

Time-base

Mario Chalmers (PG)
Dwyane Wade (SG)
LeBron James (SF)
Udonis Haslem (PF)
Chris Bosh (C)

Reservas com mais tempo de quadra

Ray Allen (SG)
Norris Cole (PG)
Chris Andersen (PF/C)
Shane Battier (SF/PF)

Técnico: Erik Spoelstra

Líderes (temporada regular)

Pontos: LeBron James (27.1)
Rebotes: LeBron James (6.9)
Assistências: LeBron James (6.4)
Roubos de bola: LeBron James (1.6) 
Tocos: Chris Andersen (1.3)

Líderes (playoffs)

Pontos: LeBron James (30.0)
Rebotes: LeBron James (8.0)
Assistências: LeBron James (6.0)
Roubos de bola: LeBron James (2.3)
Tocos: Chris Andersen (1.3)

 

Brooklyn Nets (44-38)

Campanha nos playoffs: 4-3 contra o Toronto Raptors
Maior sequência de vitórias: 5 (de 16/11 a 24/11)
Maior sequência de derrotas: 5 (de 16/01 a 26/01)

Time-base

Deron Williams (PG)
Shaun Livingston (SG)
Joe Johnson (SF)
Paul Pierce (PF)
Kevin Garnett (C)

Reservas com mais tempo de quadra

Marcus Thornton (SG)
Alan Anderson (SG)
Andrei Kirilenko (SF/PF)

Andray Blatche (PF)
Mason Plumlee (C)

Técnico: Jason Kidd

Líderes (temporada regular)

Pontos: Joe Johnson (15.8)
Rebotes: Kevin Garnett (6.6)
Assistências: Deron Williams (6.1)
Roubos de bola: Deron Williams (1.5)
Tocos: Mason Plumlee (0.8)

Líderes (playoffs)

Pontos: Joe Johnson (21.6)
Rebotes: Kevin Garnett (5.4)
Assistências: Deron Williams (5.6)
Roubos de bola: Paul Pierce (1.4)
Tocos: Mason Plumlee (0.9)

 

Análise do confronto

O Miami Heat foi a única franquia que varreu o seu oponente (Charlotte Bobcats) na primeira rodada dos playoffs de 2014 – já considerado um dos melhores de todos os tempos na NBA. Já o Brooklyn Nets foi uma das cinco equipes que precisaram de sete jogos para derrotar o adversário (Toronto Raptors), chegando à segunda rodada pela primeira vez desde a mudança de ares.

O atual bicampeão da liga encontra uma condição semelhante à do último ano, quando varreu o Milwaukee Bucks no primeiro round e esperou que o Chicago Bulls vencesse quatro jogos de sete disputados contra o mesmo Nets para começar a segunda rodada. Então, foram surpreendidos por uma  das atuações históricas de Nate Robinson e perderam o primeiro jogo da série, para depois “varrerem em cinco jogos” os rivais.

Em 2014, o Heat contou com a sorte para facilitar o que já não devia ser muito difícil: a lesão que limitou Al Jefferson pelo Bobcats. O pivô sofreu com uma fascite plantar desde o primeiro jogo, mas ainda assim foi capaz de 18.7 pontos, 9.3 rebotes e 1.7 tocos contra o baixo time de Miami, que não contou apenas com Chris Andersen como pivô de ofício.

Não que um Jefferson saudável fosse capaz de dificultar muito a série para o Heat, que sobrou na série, apanhando um número surpreendente de rebotes ofensivos e cometendo pouquíssimos desperdícios de bola. Quanto ao time utilizado, o que mais chamou a atenção foi a ausência de Shane Battier para a inclusão de James Jones na rotação.

Jones, especialista nos arremessos de longa distância, ocupa há anos o posto de 12º jogador do Heat, mas na série contra o Bobcats ele teve média de 16 minutos por partida, acertando 43.8% dos seus arremessos. Já o veterano Battier ficou em quadra por apenas dois minutos durante os quatro jogos. Não se sabe se isso é estratégia de Erik Spoelstra para descansar o ala de 35 anos ou não.

Por falar em veteranos, o Nets está cheio deles. Um dos times mais caros da história da NBA tem média de 32.4 anos entre os seus titulares, e quase não conseguiu superar o talentoso e inexperiente time do Raptors. Muito por conta da inconstância dos seus jogadores.

Deron Williams passou longe de apresentar o basquete que encantava a liga nos tempos de Utah Jazz, sofrendo para marcar Kyle Lowry e Greivis Vásquez, além de não ser decisivo no ataque. Esse papel coube a Joe Johnson, mas o ala-armador não passa a sensação de confiança que deveria aos torcedores, tanto que o nível do time até chegou a melhorar em alguns momentos quando Alan Anderson e Marcus Thornton entravam em quadra.

Mas quem precisa ser regular são os veteranos Paul Pierce e Kevin Garnett. Apesar de Pierce ser o responsável pela vitória nos jogos 1 (série de arremessos no último quarto) e 7 (toco em Lowry que selou o placar), ele teve médias baixíssimas. KG nem se fala, foi uma sombra do jogador do passado, apesar de sua presença ainda impor respeito na defesa.

Na temporada regular, o Nets varreu o Heat, vencendo os quatro jogos, mas nenhum com facilidade. Três deles foram definidos por apenas um ponto, e o outro precisou de duas prorrogações para terminar. Por conta disso, os fãs da franquia de Nova York não podem achar que seu time é tão favorito assim sobre Miami, que tem um ciclo de superação em pós-temporadas após a formação do Big Three e não vai permitir que a derrota escape nos últimos segundos. 

O cansaço do Nets por ter jogado sete jogos pode ser determinante por conta disso.

Por fim, a série pode marcar o fim de uma das rivalidades mais legais e involuntárias do basquete recente: Paul Pierce x LeBron James. Desde os tempos de Cleveland Cavaliers e Boston Celtics, os alas (que invariavelmente tem que se marcar) já duelaram em 25 jogos de playoffs, com 13 vitórias para James e 12 para Pierce. Com Pierce cada vez mais próximo da aposentadoria, 2014 pode ser a última pós-temporada em que eles se enfrentam.

Previsão: Miami Heat 4×1 Brooklyn Nets

  • Samuel Muniz

    4×1? vcs estao de brincadeira…

    • Caseh

      4×1? vcs estao de brincadeira… (2)

  • Leo

    O Brooklyn sempre dá a sensação que pode jogar mais do que joga, mas contra o Toronto quase perderam e se jogarem assim contra o Heat vão ser varridos.

    Pierce e Garnett costumavam crescer contra o Heat e se dessa vez eles também crescerem e jogar o que sabem, principalmente Garnett, que foi patético contra o Raptors vão fazer a série ficar muito boa

  • maia-bucks

    4×1 realmente… vai saber, KD eh o MVP, James vai entrar LOUCO hj a noite, com sangue nos olhos (mesmo que ele tenha dito que Durant merecia o MVP, falar eh uma coisa, ver o cara ganhar eh outra), e ai veremos oq pode acontecer.

    • Ricardo Aguiar

      Ptz vc é psicologo do cara? ate o que pensam os jogadores ja estão prevendo aqui

  • fernando

    No maximo 4 a 2 pro HEAT.

  • Ale

    Heat 4×1 Nets

  • Big

    É evidente que o Miami é um time diferente quando entra nos playoffs. A experiência do time já nos mostrou que eles sabem se guardar para os jogos “valendo” da temporada, que é o playoff. Assim, primeiro que não vejo o Nets quebrando algum mando de quadra do Miami. Segundo que o Nets vem cansados do embate com o raptors. Poucas são as variáveis que podem efetivamente influenciar determinantemente esse resultado. Mas enfim, vamos ver finalmente o Heat ser, de alguma forma, forçado a mostrar serviço…

  • Daniel Nogueira

    Acho esse confronto o mais difícil pra dar palpite. Acho que o Heat passa. Lá vai o chute: Heat4x1Nets

  • pedrokadf

    4 X 2 para o Heat ..
    ”vamos” ganhar 3 jogos em casa e um fora ..
    a expectativa está grande por esse confronto .. ”temos” que ganhar logo o 1° jogo para se impor 😀 !!
    Lets go Heat

  • Gui Deichmann

    Hora de devolver a “varrida”

  • Leonardo Gonçalves

    Também to apostando em um 4×1 pro Heat… tenho certeza que os jogadores estão engasgados com os Nets…

    LET’S GO HEAT!

  • LFC

    A questão do Nets é a mesma do Pacers. Esses times (entenda-se elencos) parece que foram montados para bater o Heat. É estranho falar isso (a motivação principal é sempre ser campeão e tal), mas acontece algo quando jogam contra o Heat, se transformam (jogando as vezes até melhor do q realmente jogam, caso do Hibbert) e dificultam demais as coisas para a equipe do Miami.

    • Isso que sempre digo. Sei que tem o objetivo do título. Mas a maioria das equipes mostram que entram na temporada pra jogar contra o Heat. Só isso.

  • Esse negócio de “cansaço” e “descanso” é totalmente relativo. Lembro-me do Heat, que na temporada passada, sofreu para ganhar do Pacers em 7 jogos, e foi campeão, em cima do Spurs que tinha varrido o Grazzlies no final da conferência oeste. Não tem como presumir que o tal “descanso” ajuda ou atrapalha o time, se beneficia ou não o adversário, assim como “cansaço”.

    • Eu já acho que se for falar disso, o “descanso” atrapalha, pois o Nets já está em ritmo de jogo.

  • Julio Zago

    Na minha opinião o time dos Nets conta com muitos atletas que já passaram do auge de suas carreiras, seja fisicamente ou tecnicamente, e não serão páreo para o Heat em offs. E mais, apesar do resultado até aqui satisfatório, penso que um técnico mais experiente daria uma padrão de jogo mais sólido ao time, portanto questiono seriamente o trabalho de Jason Kidd.
    Quanto ao Heat, parece ser o time a ser batido na Conferência Leste.
    Palpite Heat 4 x 2 Nets.

    • M Dias

      Não compreendi sua intenção quando disse: “Quanto ao Heat, parece ser o time a ser batido na Conferência Leste”.

      • maia-bucks

        o Heat eh O time do Leste hj… os atuais bicampeoes, os unicos a varrerem o primeiro oponente…

        concordo com Julio Zago… alem do que bater os Raptors eh uma coisa BEM diferente e BEM distante de bater Miami…

      • Julio Zago

        Olá M Dias, eu quis dizer que o Heat é o grande favorito da Conferência Leste. Em minha opinião a equipe joga um basquete consistente e possui jogadores acostumados a decidir, eu ficarei surpreso se eles não vencerem a Conferência. Abraço

      • M Dias

        Ok, agora compreendi colega Júlio!
        Abraço!

  • jk

    É quase uma reedição dos grandes duelos do Miami contra o Boston (mas, com o Pierce – sabe muito – e Garnett – mais cansados – ainda mais depois do confronto contra o Toronto). Vou de 4 X 2 pro Heat, com perspectiva de bons jogos do Lebron e do Wade.

  • Como torcedor, espero um 4 x 0 com direito a enterrada de ponta-cabeça. Mas realmente, vai ser uma série dura pros 2 lados. Acredito que o Heat tenha mais chances, porém o Nets é casca grossa e não vejo jogos com vantagens acima de 10 pontos, posso estar enganado.

    Heat 4 x 2 Nets

    • oshiro

      Concordo.
      E esse backflip 360 alley-oop from 3 vai vir de um block do Bosh e assistência do Wade pro James (Jones).

      Acredito que 4-1 é ser otimista.

      • Guilherme Martins

        James (Jones) foi muito boa HAHAHAHAHAH

  • rhafaheat

    Tenso, só isso que posso dizer. Hoje é dia que assisto o jogo tão nervoso que tenho que gravar pra ver depois com a adrenalina um pouco mais baixa, pra formar uma opinião,senão, a visão do jogo fica prejudicada pelo clubismo. Só desejo sorte ao Heat, e Chalmers meu camarada não me mate de raiva, por gentileza, tenha uma grande atuação pro Cole ficar no banco o maior tempo possível. Hoje o Flash volta a ação!!!!!!!!!!!! Let’s Go Heat!!!

  • Heat 4×1… O time esta velho e veio de 7 jogos dificeis contra os raptors, se o brook lopez estivesse neste time, sei nao apostaria no nets. mas acho que miami passa com certa tranquilidade

  • Ramon

    LeBron vai se reencontrar com o patrão Pierce.

  • Se pode acontecer algo que mude o rumo dessa serie, esse “algo” se chama Paul Pierce e Kevin Garnett.

    Pois tenho certeza que o LeBron, será o mesmo monstro de sempre (então nada de anormal) o Wade irá complementar bem, e o Heat será sem novidades. Porem, no Nets, ninguém além dos dois ex-Celtas tem mais motivos para comer a bola do que eles. Portanto, se fosse apostar em uma “surpresa”, um “rally”, um belo confronto, ele se daria por conta das ambições pessoais desses dois camaradas ai.

    “Eu diria que o Celtics é um rival pessoal, porque eu o enfrentei tantas vezes na pós-temporada. Eu consegui avançar contra eles, mas também me mandaram para casa algumas vezes. Então eu diria que o Boston, principalmente Paul Pierce seria o meu rival se eu tivesse que escolher apenas um” – Palavras do Senhor LeBron James.

    • Eu colocaria o Shawn Livingston nessa lista de “algo”. Heat não tem resposta pra ele. Chalmers e Cole não conseguem marcá-lo próximo ao aro, que é onde ele joga contra armadores mais baixos. Se possível, tinha de colocar até o Battier nele e mudar um pouco a rotação por conta disso, ja que Ray não deve focar na defesa. Aliás, esse último deve querer dar umas respostas ao Pierce/Garnett. Vai ser uma ótima série.

      • Duvido muito que Ray queira dar algum tipo de resposta. Isso ele já fez ano passado sendo campeão.

        Mas se o Heat tem um calcanhar de aquiles, esse se chama Chalmers e Cole rs’
        não tenha duvidas!

  • Zack Batista

    Acho q Miami vai passar sim, mas não será nada fácil, apesar de achar q a única franquia q tem condições de bater o Miami em playoffs na leste, seria o Brooklyn: Heat 4 vs 3 Nets.

  • Zack Batista

    Uma correção: Brooklyn terminou em 6º na classificação geral do leste.

  • Gabriel”los mavs”

    AK-47 vai jogar para caralho se prepara Lebron, mas ainda sim 4X2 Miami

  • maia-bucks

    engracado que nos portais Americanos os Nets sao favoritos.. o Yahoo cravou nets com 7 jogos… meio complicado descartar Miami… uma queda agora, a meu ver, seria bem prematura

  • rodrigohawks

    Sinceramente falando eu Aposto que vai ser Heat 4-0 Nets .

  • Marco

    Tem muita gente desmerecendo o Nets igual faziam com o Boston de 2012 , seria legal ver essas pessoas caírem do cavalo.

    • E os aconteceu com o Boston de 2012 ? Eu acho um 4×2 Miami ,mas basquete é muito imprevisível.

      • Marco

        Perdeu , 4×3 com um jogo 7 super disputado.

        Não falei pelo resultado mas ,que todos achavam que o Heat iria varrer o Boston o que não aconteceu.

  • Temporada regular é uma coisa,Playoffs é outra,vejo o Nets um adversario dificil,mas se o Heat jogar como sabe,passa por 4×1 ou 4×2 no minimo.

  • Tiago Paz

    4×3 Nets. Não sei o que aconteceu com o LeBron nas partidas da fase de classificação, porém, ao meu ver mesmo com as grandes pontuações nessas partidas ele não se sentia à vontade contra os Nets, pode ser uma impressão, mas vi nesses jogos um LeBron indeciso em alguns lances.
    Torço muito para que tenhamos uma ótima série e o meu palpite está nos Nets, pois, enxergo neles um time que se doa 110% nos jogos contra o Heat e fora o Ray Allen e Wade para puxarem o jogo em favor do Miami ao lado do LeBron, não os enxergo com um elenco tão superior.

  • CosmeCelta

    Pra mim é o seguinte.. 8 ou 80.
    Ou o Nets complica, leva pra 4×3 e pode vencer a série.
    Ou o Heat varre sem dó, tendo como pior cenário um 4×1.

    Eu, sinceramente, pelo que sei de basquete bem jogado, deixando de lado meu fanatismo por KG e PP34, aposto na segunda opção.

  • EU acho que time que levasse 4×0 na temporada regular, tinha que entrar no confronto perdendo de 0x1 …hahahahahah

  • Começamos bem, boa vitoria, sem sustos… LeBron jogou demais, mesmo que os numeros não mostrem isso. E só pra constar… Marioooooo Chaaaaalllmmmersss!!

    • M Dias

      kkkkkkkkkkkkkk
      Caraca, Miami ganhou por mais de 20 pts de diferença…

  • Thiago_D2

    Excelente partida do Heat… Nets não jogou bem… KG péssimo… só Deron e JJ que jogaram bem e dificultaram a vida do Heat…

  • Elber

    Apesar de já ter passado a primeira rodada meu palpite:

    4×0 Heat

  • Cavs

    4 x 0 Heat

    Heat x Spurs na final de novo..