Conferência Oeste: Dallas Mavericks (3°) x (6°) Portland Trail Blazers

Confrontos na temporada: Dallas 2 x 2 Portland

15 DEZ – DAL 103 x 98 POR
04 JAN – DAL 84 x 81 POR
15 MAR – POR 104 x 101 DAL
03 ABR – POR 104 x 96 DAL

Datas do confronto

16-04: Dallas x Portland – 22:30 (Em Dallas)
19-04: Dallas x Portland – 22:30 (Em Dallas)
21-04: Portland x Dallas – 23:30 (Em Portland)
23-04: Portland x Dallas – 18:00 (Em Portland)
25-04: Dallas x Portland – Horário indefinido (Em Dallas)*
28-04: Portland x Dallas – Horário indefinido (Em Portland)*
30-04: Dallas x Portland – Horário indefinido (Em Dallas)*

*Se necessário

Horários de Brasília

Dallas Mavericks (57-25)

Maior sequência de vitórias: 12 (20/11 a 11/12)

Maior sequência de derrotas: 6 (06/01 a 17/01)

Time-base

Jason Kidd (PG)

DeShawn Stevenson (SG)

Shawn Marion (SF)

Dirk Nowitzki (PF)

Tyson Chandler (C)

Reservas com mais tempo de quadra

Jason Terry (PG/SG)

Peja Stojakovic (SF)

Brendan Haywood (C)

J.J. Barea (PG/SG)

Rodrigue Beaubois (SG)

Corey Brewer (SG/SF)

Técnico: Rick Carlisle

Líderes

Pontos: Dirk Nowitzki – 23.0

Rebotes: Tyson Chandler – 9.4

Assistências: Jason Kidd – 8.2

Roubadas: Jason Kidd – 1.7

Bloqueios: Tyson Chandler – 1.1

Portland Trail Blazers (48-34)

Maior sequência de vitórias: 6 (05/02 a 16/02)

Maior sequência de derrotas: 6 (20/11 a 03/12)

Time-base

Andre Miller (PG)

Wesley Matthews (SG)

Gerald Wallace (SF)

LaMarcus Aldridge (PF)

Marcus Camby (C)

Reservas com mais tempo de quadra

Nicolas Batum (SF/PF)

Brandon Roy (PG/SG/SF)

Rudy Fernandez (SG/SF)

Patrick Mills (PG)

Técnico: Nate McMillan

Líderes

Pontos: LaMarcus Aldridge – 21.8

Rebotes: Marcus Camby – 10.3

Assistências: Andre Miller – 7.1

Roubadas: Andre Miller – 1.4

Bloqueios: Marcus Camby – 1.5

Análise do confronto

Sem dúvida, essa promete ser a série mais equilibrada da Conferência Oeste.  Os duelos entre Dallas Mavericks e Portland Trail Blazers na temporada regular foram marcados pelo equilíbrio: duas vitórias para cada time. Sempre o mandante venceu, sempre com placares apertados. Sobre  as equipes em si, o Mavs tem como ponto forte no ataque os jump shots do ala-pivô Dirk Nowitzki, que deverá receber forte marcação de LaMarcus Aldridge e Gerald Wallace.  Outras armas do time texano são os arremessos de longa distância, com Jason Kidd, J.J. Barea e Jason Terry, e a presença no garrafão de Tyson Chandler. Pelo lado do Blazers, que cresceu de produção após a chegada de Gerald Wallace e a recuperação de Brandon Roy (ainda que não esteja 100% fisicamente), o principal nome no ataque é LaMarcus Aldridge, que vem fazendo sua melhor temporada na NBA. A rotação do time de Portland é ótima, com sólidas opções no perímetro (Andre Miller, Wes Matthews, Brandon Roy, Rudy Fernandez e Nicolas Batum) e no garrafão (Gerald Wallace, LaMarcus Aldridge e Marcus Camby). Enfim, os time se equivalem, têm boas opções no banco de reservas e dois técnicos competentes. O que deve fazer a diferença é o mando de quadra. Por isso, o time de Dallas leva uma ligeira vantagem.

Palpite

Dallas Mavericks 4 x 3 Portland Trail Blazers

Gustavo Lima
Gustavo Lima
Jornalista graduado pela UFMG e pós-graduado em Produção em Mídias Digitais pela PUC-MG. Natural de Ipatinga e residente em BH. Editor do Jumper Brasil desde 2007. Acompanha a NBA desde 1993. Torcedor do Phoenix Suns, mas adepto da imparcialidade.