Previsões 2020 – Raptors, sem Kawhi Leonard, corre por fora para defender título

Toronto Raptors

 

FICHA TÉCNICA

Campanha: 46 vitórias e 18 derrotas
Colocação: 2º colocado da conferência Leste

 

ELENCO 
Nome Número Posição Altura (m) Peso (kg) Experiência (anos)
Kyle Lowry 7 G 1.83 88.9 13
Marc Gasol 33 C 2.11 115.7 11
Serge Ibaka 9 F 2.13 106.6 10
Stanley Johnson 5 F-G 1.98 109.8 4
Rondae Hollis-Jefferson 4 F 1.98 98.4 4
Norman Powell 24 G 1.9 97.5 4
Malcolm Miller 13 G-F 2.01 95.3 2
Patrick McCaw 22 G 2.01 82.1 3
Pascal Siakam 43 F 2.06 104.3 3
Fred VanVleet 23 G 1.85 89.4 3
OG Anunoby 3 F 2.01 105.2 2
Chris Boucher 25 F-C 2.06 90.7 2
Paul Watson 1 G 1.98 95.3 0
Oshae Brissett 12 F-G 2.01 95.3 0
Terence Davis 0 G 1.93 91.2 0
Dewan Hernandez 20 C-F 2.08 106.6 0
Matt Thomas 21 G 1.93 86.2 0

 

  

ESTATÍSTICAS
Nome Ppg Rpg Apg Mpg Topg Spg Bpg 3pt (%) Ft (%) Fg (%)
Pascal Siakam 23.6 7.5 3.6 35.5 2.5 1.0 0.9 35.9 80.0 45.9
Kyle Lowry 19.7 4.8 7.7 36.6 3.0 1.4 0.4 35.4 86.1 41.7
Fred VanVleet 17.6 3.8 6.6 35.8 2.3 1.9 0.3 38.8 84.3 40.9
Norman Powell 16.4 3.7 1.8 28.8 1.4 1.2 0.4 39.8 83.8 50.2
Serge Ibaka 16.0 8.3 1.5 27.5 2.0 0.5 0.8 39.8 74.8 51.8
OG Anunoby 10.7 5.4 1.6 30.1 1.2 1.4 0.7 38.1 68.6 50.7
Terence Davis 7.7 3.4 1.7 17.0 1.0 0.5 0.2 39.6 86.5 46.3
Marc Gasol 7.6 6.3 3.4 27.5 1.2 0.8 0.9 40.2 72.2 41.9
Rondae Hollis-Jefferson 7.2 4.9 1.7 19.2 0.9 0.8 0.4 11.8 73.6 47.1
Chris Boucher 6.3 4.4 0.4 13.2 0.4 0.4 1.0 28.3 79.6 45.8
Patrick McCaw 4.6 2.3 2.1 24.5 0.8 1.0 0.1 32.4 72.2 41.4
Matt Thomas 4.5 1.5 0.5 9.7 0.4 0.2 0.0 46.7 70.0 48.6
Oshae Brissett 1.9 1.4 0.4 7.1 0.4 0.2 0.0 20.0 80.0 36.1
Stanley Johnson 1.2 1.1 0.4 4.8 0.4 0.2 0.1 15.4 83.3 25.8
Dewan Hernandez 1.0 1.8 0.0 2.8 0.2 0.2 0.0 0.0 100.0 20.0
Malcolm Miller 0.9 0.6 0.3 5.0 0.1 0.2 0.1 31.6 16.7 33.3
Paul Watson 0.2 0.8 1.0 5.2 0.0 0.2 0.2 0.0 50.0 0.0

 

 

ANTES DA PAUSA DA TEMPORADA, O RAPTORS ESTAVA… 

A equipe canadense estava “voando”, começando a encostar no Milwaukee Bucks, mas vinha sem Fred VanVleet e Marc Gasol. Ainda assim, o técnico Nick Nurse conseguiu contornar a situação e fez o time ser ainda mais competitivo. Com Norman Powell e Serge Ibaka no quinteto inicial, o Raptors rendeu. Foram 11 vitórias consecutivas, superando elencos fortes como Oklahoma City Thunder, Indiana Pacers e Philadelphia 76ers. Quem brilhou até a suspensão da temporada foi o armador Kyle Lowry, com médias de 26.5 pontos, 7.8 assistências e 5.0 rebotes nos últimos quatro jogos.

 

TABELA DE JOGOS

01/08 – Los Angeles Lakers x Toronto Raptors – 21h30
03/08 – Toronto Raptors x Miami Heat – 14h30
05/08 – Toronto Raptors x Orlando Magic – 21h
07/08 – Boston Celtics x Toronto Raptors – 22h
09/08 – Memphis Grizzlies x Toronto Raptors – 15h
10/08 – Toronto Raptors x Milwaukee Bucks – 19h30
12/08 – Toronto Raptors x Philadelphia 76ers – 19h30
14/08 – Denver Nuggets x Toronto Raptors – sem horário definido

E o que as apostas dizem? A linha do Raptors é vencer cinco das oito partidas antes dos playoffs. Não existe tanta pressão em cima da equipe canadense. O Boston Celtics, terceiro colocado, possui três vitórias a menos.

 

 

ENTRANDO NA BOLHA 

O que ganhou com a pausa?

Fred VanVleet perdeu os últimos seis jogos por conta de uma lesão no ombro esquerdo, mas está recuperado e treinando com a equipe normalmente. O Raptors conta com ele para reviver os bons momentos da atual campanha;

– Toronto possui alguma vantagem sobre o Celtics, mas está distante do Bucks, o líder do Leste. Não deve correr riscos, está em uma posição tranquila, mas evitar um confronto com o 76ers logo na primeira rodada deveria ser prioridade.

E o que perdeu com a pausa?

– O Raptors vinha em um ótimo ritmo, com 21 vitórias nos últimos 25 jogos, e aproximava-se do Bucks, que havia perdido quatro de suas últimas cinco partidas. Com a suspensão da temporada em 11 de março, virou uma missão quase impossível tomar o topo da conferência;

– Os canadenses caminhavam para ter mando de quadra nas duas primeiras rodadas dos playoffs, incluindo um potencial complicado duelo nas semifinais do Leste, e agora serão obrigados a jogar em “campo neutro” desde o início dos playoffs. 

 

 

O RAPTORS VAI A ORLANDO PARA… 

Brigar pela final de conferência, pelo menos. O segundo lugar na conferência Leste chega a ser surpreendente, especialmente depois de perder o astro Kawhi Leonard na agência livre. Assim, Kyle Lowry e Pascal Siakam assumiram o protagonismo, mesmo com Marc Gasol abaixo do esperado. O espanhol está visivelmente mais magro e promete voltar a produzir como na temporada anterior. Por fim, o ala-armador Fred VanVleet recuperou-se de lesão e deve contribuir de imediato.

 

Leave a Reply