Prospecto do Draft 2017 – D.J. Wilson

D.J. Wilson

Idade: 21 anos
País natal:
Estados Unidos
Universidade:
Michigan
Experiência:
junior (redshirt)
Posição:
ala-pivô
Altura:
6’10.25’’ (2.08m)

Médias na última temporada: 11.0 pontos, 5.3 rebotes, 1.3 assistências, 0.5 roubos de bola, 1.5 tocos, 1.1 erros de ataque, 53.8% de aproveitamento nos arremessos de quadra, 37.3% de acerto nos tiros de longa distância e 83.3% de conversão nos lances livres em 30.4 minutos de ação

Pontos fortes:

– Wilson é dono de rara combinação de altura, envergadura (2.20m) e agilidade. Movimenta-se fluida e levemente pela quadra para alguém de seu tamanho.

– Bastante eficiente executando em transição, revelando-se um bom finalizador e exibindo até um floater desenvolvido.

– Tem jogo de costas para a cesta em franca evolução, com um sólido trabalho de pernas.

– Exibe potencial como stretch four, com mais de 37% de acerto nos arremessos de longa distância e 83% nos lances livres na temporada passada.

– Cobre muito espaço no lado defensivo da quadra, usando sua mobilidade e braços longos para contestar arremessos e dificultar passes.

– Excelente velocidade lateral, o que sugere alta capacidade de sair do garrafão e defender o pick and roll.

– É um jogador seguro, que comete poucos erros de ataque. Possui seus instantes de exagero e impulso, mas não compromete.

– Atlético, versátil defensivamente e com arremesso de longa distância, Wilson tem um perfil de fácil encaixe na NBA.

Pontos fracos:

– Havia jogado pouco em suas duas primeiras temporadas no basquete universitário e viveu seu melhor momento no Torneio da NCAA deste ano. Pouco provado.

– O corpo franzino impacta muito seu jogo: avesso ao contato, cava poucas faltas e tem dificuldade para finalizar com tráfego.

– Wilson deixa a desejar como reboteiro, com fundamentos poucos desenvolvidos e problemas para estabelecer espaço próximo da cesta.

– Sua tomada de decisão em geral – e seleção de arremessos, em particular – pode ser ainda bastante aprimorada.

– Não se trata de um passador por natureza. Visão de quadra e atenção ofensiva, no momento, parecem bem limitadas.

– Ele possui atenção e fundamentos defensivos questionáveis. Peca em quesitos como inteligência, noção de ângulos e posicionamento.

– A reação ao que acontece em quadra parece não vir naturalmente para Wilson. Parece não ter capacidade de leitura da ação dos adversários.

– Jogou como ala no basquete colegial, ala-pivô na NCAA e pode ser testado como pivô na NBA. Mas, com problemas no jogo de mais contato, qual deverá ser a sua posição no próximo nível?

– Wilson não era um prospecto colegial de elite, “estourou” tarde (late bloomer) e já possui histórico de lesões nos joelhos e tornozelos.

Comparação: Jared Jeffries (ex-New York Knicks) melhorado

Projeção: de 20ª a 40ª escolha geral

Confira alguns lances de D.J. Wilson:

Legenda:
– Junior (terceiro ano universitário)

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • Neverminder

    O que significa o “redshirt” ?

    • Ricardo Stabolito Junior

      Que, na verdade, ele ficou uma temporada parado (por regra de transferência) ou quase inteiramente parado (lesão no início da temporada).

      • Neverminder

        Obrigado StaboMito