Prospecto do Draft 2017 – Rodions Kurucs

Rodions Kurucs

Idade: 19 anos
País: Letônia
Time: Barcelona B (Espanha)
Posição: ala
Altura: 6’8’’ (2.03m)

Médias na última temporada (2ª divisão espanhola): 9.5 pontos, 2.8 rebotes, 1.4 assistências, 0.8 roubos de bola, 0.8 tocos, 1.8 desperdícios de bola, 43.5% de aproveitamento nos arremessos de quadra, 31.9% de conversão nos tiros de longa distância e 79.6% de acerto nos lances livres

Pontos fortes

– Não teve resultados de medições recentes divulgados, mas, a olho nu, parece ter altura, envergadura, mobilidade e condição atlética adequados para atuar como ala entre os profissionais.

– Kurucs possui impressionantes instintos ofensivos, colocando pressão constante nas defesas sempre que está com a bola e finalizando com versatilidade em torno da cesta.

– Trata-se de um bom arremessador de média e longa distância, com mecânica de tiro rápida e precisão até saindo do drible.

– Capaz de pontuar em situação de isolation e no jogo de midrange, habilidades não muito comuns nos dias de hoje.

– Entende o efeito que seu arremesso causa nas marcações adversárias, atacando closeouts com firmeza e inteligência para trocar boas por ótimas situações de pontuação.

– Mostra potencial como point forward, especialmente operando em transição. Sabe usar pontualmente sua vantagem de altura e envergadura como passador.

– Costuma ser elogiado pela inteligência por todos com quem já trabalhou.

– Já tem experiência internacional como integrante das seleções letãs de base e, na segunda divisão da Espanha, já atua contra profissionais.

Pontos fracos

– Kurucs possui um físico ainda relativamente franzino e não parece ser um atleta particularmente explosivo.

– Carece de controle de bola mais avançado para criar separação de defensores: só ataca com a mão direita e não mostra capacidade de mudança de direção.

– Nem sempre tem balanço e equilíbrio ideais saindo de bloqueios ou arremessando em movimento.

– É um reboteiro surpreendentemente tímido para alguém de sua altura e postura agressiva.

– Embora tenha flashes como passador, sua visão de quadra é bastante limitada na maior parte do tempo e não apresenta uma atenção ofensiva apurada.

– Agilidade lateral abaixo da média para um ala da NBA, o que intensifica-se como um problema pela falta de foco, instintos apurados e simplesmente esforço no lado defensivo da quadra.

– A impressão é que Kurucs não contribui ou causa impacto em um jogo sem ter a bola nas mãos.

– Joga em uma liga de qualidade técnica questionável e, mesmo assim, nunca teve espaço consistente em seu time – em parte, por causa de pequenas lesões.

Comparações: Jonas Jerebko (Boston Celtics) mais baixo

Projeção: entre as 20ª e 30ª escolhas gerais

Confira alguns lances de Rodions Kurucs

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • Lucas

    Se é comparado ao Jerebko deve ser bem ruinzinho

  • Do que pude ver dele no Barça, não gostei mtto! Parece que vem mais cru que o Sato e o Hezonja.

    • JoaoFJ

      Ser mais cru q o hezonja é foda rs

  • Paulo Sérgio

    O ser comparado com o Jerebko …. Tá foda