Prospecto do Draft 2018 – Jaren Jackson Jr.

Por Gabriel Andrade

Jaren Jackson Jr.

Idade: 19 anos
País: Estados Unidos
Universidade: Michigan State
Experiência: Freshman
Posição: ala-pivô/pivô
Altura: 6’11’’ (2.11m)

Médias na última temporada: 10.9 pontos, 5.8 rebotes, 1.1 assistência, 0.6 roubo de bola, 3.0 tocos, 1.8 erro de ataque, 51.3% de aproveitamento nos arremessos de quadra, 39.6% de conversão nos tiros de longa distância, 79.7% de acerto nos lances livres, 21.8 minutos

Pontos fortes
– Ótimo atributos físicos para atuar em ambas as posições do garrafão, com altura e envergadura (2.24m) para competir contra jogadores de qualquer tamanho, além de agilidade lateral e explosão de elite. Ótimo em transição
– Muito desenvolvido defensivamente para alguém da idade, jogador no NCAA com maior taxa de tocos (5.5 para 40 minutos), entende rotações, ocupa bem espaços, protege o garrafão com maestria, pode trocar marcação no perímetro, melhor defensor da classe.
– Espaça a quadra na linha de três pontos em bom volume e aproveitamento. Mecânica de arremesso não é perfeita, mas a bola sai rápido de suas mãos, defesa precisa ficar atenta.
– Possui controle de bola e explosão para atacar a cesta vindo do perímetro com efetividade. Arremesso permite que as defesas sejam mais agressivas, abre espaços
– Jogo encaixa na direção da NBA atual, raro tipo de jogador que pode trocar marcação, proteger o aro e arremessar para três pontos. Permite que o time o explore de diferentes maneiras e esquemas táticos
– Vai bastante para a linha de lance livre para alguém que não tem perfil de ser um jogador de grande volume ofensivo
– Intangíveis bastante elogiados entre os olheiros. Cresceu bastante na temporada. Mentalidade para causar impacto de qualquer maneira que for usado na NBA

Pontos fracos
– Bastante inconsistente ofensivamente, pode passar várias posses seguidas sem participação efetiva no ataque (passes, corta-luzes, arremessos tentados), longe de ser um pontuador de impacto ou que chama o jogo para si, passivo
– Mecânica de arremesso possui baixo ponto de lançamento, relativamente mais fácil de ser contestada
– Acumula problemas com faltas que limitam seus minutos (5.9 faltas pessoais por 40 minutos)
– Reboteiro apenas adequado. Não traz impacto na tábua ofensiva por jogar sempre aberto, falta força e disciplina para fazer o box out contra jogadores mais fortes/ativos nesse aspecto do jogo
– Passador limitado em instintos e criatividade, comete mais desperdícios de bola do que dá assistências
– Possivelmente não tem um grande upside como pontuador, projetado como jogador complementar, role player

Comparações: Serge Ibaka (Toronto Raptors), Chris Bosh (ex-Miami Heat) e Myles Turner (Indiana Pacers)

Projeção: entre as escolhas 3 e 7

Confira alguns lances de Jaren Jackson Jr.

Legenda
– Freshman (primeiro ano universitário)

Gustavo Lima
Gustavo Lima
Jornalista graduado pela UFMG e pós-graduado em Produção em Mídias Digitais pela PUC-MG. Natural de Ipatinga e residente em BH. Editor do Jumper Brasil desde 2007. Acompanha a NBA desde 1993. Torcedor do Phoenix Suns, mas adepto da imparcialidade.
  • Luiz Junior

    Melhor prospecto para o Cavs, caso a permanência do King.

    • Spurs mentality

      King dos Vices

    • Diego Costa

      Não sobra nem com reza braba. Sai na 3 ou 4 , acredito que no mavs pra ser mais exato.

  • Spurs mentality

    a lata do Marvin Williams

  • Chimbinha ” o banido”

    Gosto dele, não tem a mínima chance de de virar bust.(é só não cair no Kings ou Magic)

    • Guilherme Petros

      Se ja chega sendo bom defensor, dificilmente vira bust.

  • pedrokadf

    um bom prospecto. versátil

  • Sander Santos Baptista

    Jaren Jackson Jr ou Bamba?

    • Gustavo

      JJJ é mais polivalente, seria minha escolha.

      • Sander Santos Baptista

        O Bammba pode até ter um teto maior, mas depende do técnico que pegar né??

        • Diego Costa

          Bem isso. Primeiro de tudo ele precisa ganhar peso pra aguentar o tranco na liga, ainda é muito fraco fisicamente pra um C. Segundo que o jogo ofensivo dele é bastante cru , vai ter que ser lapidado aos poucos,é necessário calma e paciência nesse sentindo. Agora ele tem todos os recursos necessários pra ser um monstro de defensor, altura e envergadura que se não me engano passará a ser a maior da história do basquete (2.41). Olha essa foto pra se ter uma idéia https://uploads.disquscdn.com/images/f858061811631855a6aee49ffd4091d3571d37b11b4eac2831059a904cb15563.jpg

          • Sander Santos Baptista

            Nas mãos do Stevens, ele seria top.

          • Diego Costa

            Sem dúvidas, mas ao teríamos que ver aquele filme : um sonho impossível.

          • Sander Santos Baptista

            Vamos torcer para a pick dos Lakers vim para os Celtics, no caso de 2 a 5, poderia trazer o Ayton, JJJ ou Bamba.

          • Evandro

            A pick já foi para o Sixers…Sixers hj tem capital para fechar tranquilo com LJ e muitos ativos e capital para trazer KL…se LJ for para o Sixers com os ativos que o sixers tem vem ele é outro all star se juntar a Simmons, Embid e Saric…

          • José

            Manute Bol possuí a maior envergadura da história, com seus 2.59

  • Tulio Machado

    Ainda acho o Bamba melhor, tem um teto ofensivo e defensivo melhor que o Jaren Jackson, mas depende de qual treinador vai saber usar ele…

    • Sérgio Menezes

      Tbm acho que o bamba possa ser melhor que JJJ. O teto do bamba é bem maior, já o JJJ me parece um bom role player.