Prospecto do Draft 2018 – Landry Shamet

Landry Shamet

Idade: 21 anos
País: Estados Unidos
Universidade: Wichita State
Experiência: Junior
Posição: armador / ala-armador
Altura: 6’5.25’’ (1.96m)

Médias na temporada 2017-18: 14.9 pontos, 3.2 rebotes, 5.2 assistências, 0.7 roubo de bola, 0.2 toco, 2.1 desperdícios de bola, 48.9% de aproveitamento nos arremessos de quadra, 44.2% de aproveitamento nas bolas de três pontos, 82.5% de aproveitamento nos lances livres, 31.7 minutos em quadra

Pontos fortes:
combo guard dotado de altura, envergadura (2.00m) e peso (85.5kg) adequados para o basquete profissional
– um dos melhores arremessadores da classe deste ano; eficiente nos jump shots de média distância e nos chutes do perímetro, seja em situações de catch and shoot ou após o drible
– capacidade de criar o próprio arremesso
– ataca closeouts com inteligência e é um ótimo cutter (jogador que se movimenta subitamente buscando uma melhor posição para finalizar)
– não precisa da bola nas mãos para ser útil; sabe se posicionar e movimenta-se muito bem sem a bola
– passador em franca evolução; consegue enxergar o jogo sobre o adversário e dar bons passes acima do marcador
– alto QI de basquete e tomada de decisões elogiável; sabe controlar o ritmo do jogo, não força passes, passador eficiente no drive-and-kick (quando infiltra e passa a bola para um companheiro em melhor condições de pontuar)
– finaliza bem com ambas as mãos; exibe boa variedade de dribles, trabalho de pés avançado
– defensor razoável; combina bem sua agilidade lateral com leitura de jogo avançada para não se perder nas trocas de marcação, não compromete nas coberturas defensivas

Pontos fracos
– falta de atleticismo de elite; carece de um primeiro passo explosivo após o drible, não é um grande saltador e nem se destaca pela impulsão
– necessita ganhar força física para encarar o basquete profissional; poderá ter problemas na marcação de armadores mais ágeis e fortes e nas infiltrações no garrafão adversário
– controle de bola mediano; tendência de ser utilizado mais como ballhandler secundário
– tem dificuldade em criar espaço nas situções de isolation
– mecânica de arremesso pode melhorar; (baixo ponto de lançamento), o que suscita dúvidas quanto à sua eficiência nos chutes de média e longa distância no nível profissional
– apesar de ser um sólido passador, não é particularmente muito criativo; faz o básico e não arrisca na criação de jogadas para os companheiros
– sofreu no College com algumas lesões nos pés, inclusive chegou a perder quase toda a sua temporada de novato devido a uma fratura por estresse no pé esquerdo

Comparações: Patty Mills (San Antonio Spurs) e Seth Curry (Dallas Mavericks)

Projeção: entre as escolhas 31 e 45

Confira alguns lances de Landry Shamet

https://www.youtube.com/watch?v=f8tVVv_ty4o

Legenda
– Junior (terceiro ano universitário)