Prospecto do Draft 2019 – Adam Mokoka

Por Gabriel Andrade

Adam Mokoka

Idade: 20 anos
País: França
Time: KK Mega Bemax (Sérvia)
Posição: ala-armador /armador
Altura: 6’4,75’’ (1,95m)

Médias na Liga Adriática 2018-19: 11.1 pontos, 3.7 rebotes, 3.1 assistências, 1.2 roubada de bola, 0.2 toco, 2.9 desperdícios de bola, 38.2% de aproveitamento nos arremessos de quadra, 31.9% de aproveitamento nas bolas de três pontos, 66.7% de aproveitamento nos lances livres, 27.6 minutos em quadra

Médias na Liga Sérvia 2018-19: 11.8 pontos, 4.1 rebotes, 4.6 assistências, 1.5 roubada de bola, 0.3 toco, 2.6 desperdícios de bola, 47.3% de aproveitamento nos arremessos de quadra, 32.1% de aproveitamento nas bolas de três pontos, 65.5% de aproveitamento nos lances livres, 29.8 minutos em quadra

Pontos fortes

  • Do ponto de vista puramente físico, Mokoka talvez seja o guard mais impressionante dessa classe, alto, muito longo (2.08m de envergadura), extremamente explosivo, saltitante, forte e ágil lateralmente, possui um corpo moldado para um atleta de perímetro de elite

  • Sua condição física e a tenacidade com qual joga na retaguarda o projeta como defensor versátil para a NBA, capaz de marcar, ao menos, qualquer jogador de perímetro

  • Joga com energia tocante no setor defensivo, mostra grande esforço para marcar individual e é solidário na defesa coletiva

  • Atua por cima do aro em meia quadra e possui explosão similar sobre um ou dois pés, possui grande potencial atacando a cesta, braços longos ajudam a estender as finalizações

  • Faz bom trabalho em transição puxando a bola do ataque para a defesa e atacando a defesa mal posicionada. Seu atleticismo em quadra aberta auxilia a finalizações rápidas

  • Possui um estilo agressivo que coloca o adversário sob pressão na defesa, busca sempre atacar quando encontra as devidas oportunidades. Gosta do contato e busca usar a mão não dominante. Contribui nos rebotes e sempre faz o box out

  • No geral, joga em um estilo altruísta, não tem vergonha de fazer o trabalho sujo na defesa, além de buscar o passe e companheiros posicionados. Troca de marcação e tenta defender atletas mais altos utilizando seu físico e baixo centro de gravidade

  • Tem evoluído como arremessador e criador secundário de jogadas, moldando seu jogo para um estilo 3-and-D que a NBA tem buscado para atletas de rotação

  • Jogou uma grande carga de minutos profissionais nesta temporada, com papel importante na equipe e um dos atletas com maior tempo na rotação, já é alguém mais experimentado entre os prospectos da classe

Pontos fracos

  • Muito cru ofensivamente, ainda precisa dar grandes passos em basicamente todas as áreas do setor ofensivo para ser mais efetivo e imprevisível em suas ações de ataque

  • Chuta a bola de diferentes formas em posses de bola diversas, possui uma mecânica de arremesso com baixo ponto de lançamento e seu aproveitamento nos lances livres é bem ruim para um atleta de perímetro, precisa melhorar como arremessador para expandir seu jogo

  • Mau finalizador ao redor do aro que não goza de criatividade para flexibilizar bandejas e floaters na área pintada, além de ser dependente da mão esquerda, o que resulta em um baixo aproveitamento geral dos arremessos, o que é ainda mais ruim considerando todo seu potencial físico

  • Não é um criador de jogadas natural para os companheiros, que possui controle de bola avançado e conjunto de macetes para iludir seu defensor, comete um elevado número de desperdícios de bola com relação ao número de assistências. Possui visão de túnel, dá apenas passes simples

  • Não toma as melhores decisões com a bola em mãos, um pouco fora de controle, sobretudo quando ataca a cesta

  • Depende muito do atleticismo, não possui uma técnica apurada neste ponto da carreira, trata-se de um projeto a longo prazo pelo clube que for desenvolvê-lo. Melhor atleta do que jogador de basquete

Comparações: Dejounte Murray (San Antonio Spurs), Gary Payton II (Rio Grande Valley Vipers – G-League) e Wade Baldwin (Raptors 905 – G-League)

Projeção: entre as escolhas 40 e 60

Confira alguns lances de Adam Mokoka

  • Vitor

    Mokoka, quem teve lado a lado e quem só ficou na boka.

  • Dannilo Roberto

    Jogador com cara de Bucks