“Quero esfregar na cara de alguém que nós somos um time grande”, diz Drummond

Andre Drummond sabia que a pergunta iria ser feita. Dia 31 de outubro é o último dia para o pivô assinar uma extensão contratual e todo mundo quer saber o que vai acontecer. No entanto, o jogador de 22 anos preferiu não dar muitos detalhes sobre o assunto durante o Media Day nesta segunda-feira.

“Chega um momento na carreira que todo mundo precisa lidar com situações contratuais, mas é melhor eu deixar isso como uma coisa pessoal e focar apenas no que eu posso controlar agora: fazer meu time melhor,” disse Drummond.

Muitas coisas precisam ser resolvidas até a estreia do Detroit Pistons na temporada regular, no dia 27 de outubro, em Atlanta, contra o Hawks e a situação contratual de Drummond está no topo da lista.

“Eu não estou muito focado nisso”, continuou o jogador. “Atualmente, estou preocupado apenas com o meu time. Quando a hora chegar, vamos resolver”.

Saiba mais

Andre Drummond deseja assinar extensão contratual com o Pistons
Andre Drummond: “Estou cansado de perder”
Andre Drummond e Stanley Johnson terão atenção especial do técnico de arremessos do Pistons

Drummond pode ter sido um tanto quanto reservado quando o assunto foi seu contrato, mas o jogador esteve mais que confortável para falar sobre outros assuntos.

“Eu odeio perder. Não suporto”, garantiu o pivô. “É o pior sentimento possível, pessoas rindo do seu time. Não é um bom sentimento. Quero esfregar na cara de alguém que nós somos um grande time”.

Drummond fez sua parte neste verão americano. Ele diz que não tirou nenhum dia de descanso para aprimorar algumas facetas de seu jogo. O técnico do Pistons Stan Van Gundy foi preciso sobre a área em que o jogador precisa evoluir.

“Precisamos que ele realmente melhore na defesa”, disse Van Gundy. “Ele já é um dos grandes reboteiros da liga e tem capacidade para se tornar o melhor reboteiro. Sua defesa precisa melhorar e ser mais consistente. Se ele fizer isso com intensidade e energia diariamente ele se torna um dos poucos jogadores que podem dominar uma partida independente do que acontece no ataque. Ele pode impactar praticamente todas as jogadas da partida com esse nível de energia e intensidade”.

Gustavo Freitas
Gustavo Freitas
Mineiro de Uberaba, é co-fundador do Jumper Brasil e fã do Boston Red Sox.
  • Michel Moral

    Se tem um time que eu torço para recuperar a força no basquete, esse time é o Pistons!

    Josh Smith iludiu a franquia.

    Desde a saída de Billups e a queda natural do jogo de Rasheed, Ben Wallace e Rip Hamilton, a equipe ficou órfã. Essa é a verdade.

    E é uma equipe com tradição e sequência. Isiah Thomas, Dennis Rodman e Joe Dumars. Logo depois Grant Hill e Stackhouse. E na sequência o título com Billups e cia.

    Repito, Josh Smith iludiu a franquia. Eu mesmo apostava que a franquia ia recuperar a força com ele.

    • kaio

      verdade, tomara q os Pistons engrenem logo e voltem a ser uma força no leste … é a unica equipe q simpatizo tirando o Spurs, no qual sou fanatico torcedor desde 2007 kkk

  • 76

    Pistons fortes é sempre bom. Tenho uma simpatia enorme por essa franquia, acho que oegam playoffs.

  • vejo potencial no Drummond, mas pra esse Pistons fazer uma boa temporada vai depender muito de como a equipe vai se adaptar nesse esquema do Van Gundy, eu particularmente não gosto muito do estilo de jogo que o bigodudo implementa (apesar daquele Magic de 2008 a 2010 ter sido um time muito bom) mas se Jackson, Drummond, e outros jovens do elenco jogarem muito quem sabe eles não surpreendam…

  • RennanLAL

    BATE NO PEITO DO AMIGO DO LADO E FALA ASSIM: “PISTONS É GRANDE!”

    • James Jones

      Me arrepiava quando entrava no The Palace e gritavam “Au au au, o Dennis Rodman é um animal”

  • Lucas

    Kkkkkkkkkkk, já foi nunca mais será

  • LucasLakers

    Pistons tem tudo pra ir aos offs essa season; tem um starting five forte (Jackson – KCP – Stanley – Ilyasova – Drummond) que encaixa bem com o estilo do Van Gundy, bons arremessadores e um pivô dominante.. além de boas peças no banco.. Só não pode inventar de jogar com Jackson e Jennings de titulares porque ai (mt provavelmente) virará várzea!

  • Vi alguns videos da sessão de treinos dele, tá voando físicamente. Começou a buscar alcance da linha do lance livre, talvez comece a ser um jogador além da transição já em 2015/2016.

  • Matheus Oliveira

    Assim espero. Torço por um Pistons e 76 melhor !