Ranking dos Novatos 2018/19 – Quarto mês

Ranking dos Novatos 2018/19 – Primeiro mês

Ranking dos Novatos 2018/19 – Segundo mês

Ranking dos Novatos 2018/19 – Terceiro mês

 

Nenhuma surpresa quanto à liderança do Ranking dos Novatos. Em fevereiro, o prodígio esloveno Luka Dončić seguiu encantando na NBA e permaneceu no topo entre os calouros. A surpresa ficou por conta da subida de produção do armador Trae Young, que chegou à segunda posição no ranking.

O curioso é que os cinco mais bem colocados no ranking de Fevereiro foram escolhidos nas cinco primeiras posições do último recrutamento.

Sempre ao final de cada mês, o Jumper Brasil vai revelar suas votações para os melhores novatos desta campanha. O primeiro leva cinco pontos, o segundo quatro, até chegar ao quinto, que fica com um ponto. Posteriormente, somamos as pontuações e montamos o ranking.

Abaixo, as votações dos nossos analistas:

 

Gabriel Andrade

1. Luka Dončić (armador/ala-armador/ala, Dallas Mavericks)
2. Trae Young (armador, Atlanta Hawks)
3. Marvin Bagley (ala-pivô, Sacramento Kings)
4. Deandre Ayton (pivô, Phoenix Suns)
5. Jaren Jackson Jr. (ala-pivô, Memphis Grizzlies)

Gustavo Freitas

1. Luka Dončić (armador/ala-armador/ala, Dallas Mavericks)
2. Deandre Ayton (pivô, Phoenix Suns)
3. Trae Young (armador, Atlanta Hawks)
4. Jaren Jackson Jr. (ala-pivô, Memphis Grizzlies)
5. Marvin Bagley (ala-pivô, Sacramento Kings)

Gustavo Lima

1. Luka Dončić (armador/ala-armador/ala, Dallas Mavericks)
2. Trae Young (armador, Atlanta Hawks)
3. Deandre Ayton (pivô, Phoenix Suns)
4. Marvin Bagley (ala-pivô, Sacramento Kings)
5. Jaren Jackson Jr. (ala-pivô, Memphis Grizzlies)

Michel Moral

1. Luka Dončić (armador/ala-armador/ala, Dallas Mavericks)
2. Trae Young (armador, Atlanta Hawks)
3. Deandre Ayton (pivô, Phoenix Suns)
4. Marvin Bagley (ala-pivô, Sacramento Kings)
5. Collin Sexton (armador, Cleveland Cavaliers)

Ricardo Stabolito

1. Luka Dončić (armador/ala-armador/ala, Dallas Mavericks)
2. Deandre Ayton (pivô, Phoenix Suns)
3. Trae Young (armador, Atlanta Hawks)
4. Jaren Jackson Jr. (ala-pivô, Memphis Grizzlies)
5. Marvin Bagley (ala-pivô, Sacramento Kings)

 

Ranking

1. Luka Dončić (armador/ala-armador/ala, Dallas Mavericks – terceira escolha do Draft) – 25 pontos

Médias em 57 jogos disputados: 20.9 pontos, 7.3 rebotes, 5.7 assistências, 1.0 roubo de bola, 0.3 toco, 3.4 desperdícios de bola, 43.4% de aproveitamento nos arremessos de quadra, 35.3% de aproveitamento nas bolas de três pontos, 72.6% de aproveitamento nos lances livres, 32.2 minutos

Recorde de pontuação: 35 (contra o Toronto Raptors em 27/01)
Recorde de rebotes: 12 (contra o Toronto Raptors em 27/01 e o Miami Heat em 13/02)
Recorde de assistências: 12 (contra o Denver Nuggets em 18/12 e o Minnesota Timberwolves em 11/01)


2. Trae Young (armador, Atlanta Hawks – quinta escolha do Draft) – 18 pontos

Médias em 62 jogos disputados: 17.8 pontos, 3.3 rebotes, 7.7 assistências, 0.8 roubo de bola, 0.2 toco, 3.9 desperdícios de bola, 41.0% de aproveitamento nos arremessos de quadra, 33.0% de aproveitamento nas bolas de três pontos, 81.6% de aproveitamento nos lances livres, 30.6 minutos

Recorde de pontuação: 36 (contra o Houston Rockets em 25/02 e o Minnesota Timberwolves em 27/02)
Recorde de rebotes: dez (contra o Milwaukee Bucks em 13/01)
Recorde de assistências: 17 (contra o Los Angeles Clippers em 19/11)


3. Deandre Ayton (pivô, Phoenix Suns – primeira escolha do Draft) – 16 pontos

Médias em 56 jogos disputados: 16.4 pontos, 10.5 rebotes, 1.9 assistências, 0.8 roubo de bola, 0.9 toco, 1.8 desperdício de bola, 58.8% de aproveitamento nos arremessos de quadra, 75.7% de aproveitamento nos lances livres, 30.8 minutos

Recorde de pontuação: 33 (contra o Denver Nuggets em 29/12)
Recorde de rebotes: 18 (contra o Toronto Raptors em 02/11, o Boston Celtics em 19/12 e o Brooklyn Nets em 23/12)
Recorde de assistências: seis (contra o Dallas Mavericks em 17/10 e o Memphis Grizzlies em 04/11)


4. Marvin Bagley (ala-pivô, Sacramento Kings – segunda escolha do Draft) – nove pontos

Médias em 47 jogos disputados: 13.9 pontos, 7.2 rebotes, 1.0 assistência, 0.6 roubo de bola, 1.0 toco, 1.6 desperdício de bola, 50.9% de aproveitamento nos arremessos de quadra, 25.8% de aproveitamento nas bolas de três pontos, 69.7% de aproveitamento nos lances livres, 24.8 minutos

Recorde de pontuação: 32 (contra o Phoenix Suns em 10/02)
Recorde de rebotes: 17 (contra o Golden State Warriors em 24/11)
Recorde de tocos: cinco (contra o Denver Nuggets em 23/10)


5. Jaren Jackson Jr. (ala-pivô, Memphis Grizzlies – quarta escolha do Draft) – seis pontos

Médias em 58 jogos disputados: 13.8 pontos, 4.7 rebotes, 1.1 assistência, 0.9 roubo de bola, 1.4 toco, 1.7 desperdício de bola, 50.6% de aproveitamento nos arremessos de quadra, 35.9% de aproveitamento nas bolas de três pontos, 76.6% de aproveitamento nos lances livres, 26.1 minutos

Recorde de pontuação: 36 (contra o Brooklyn Nets em 30/11)
Recorde de rebotes: 11 (contra o Utah Jazz em 12/11)
Recorde de tocos: sete (contra o New York Knicks em 25/11


Outro novato votado

6. Collin Sexton (armador, Cleveland Cavaliers – oitava escolha do Draft) – um ponto

Médias em 61 jogos disputados: 15.0 pontos, 3.1 rebotes, 2.9 assistências, 0.6 roubo de bola, 2.2 desperdícios de bola, 40.5% de aproveitamento nos arremessos de quadra, 39.4% de aproveitamento nas bolas de três pontos, 85.0% de aproveitamento nos lances livres, 30.5 minutos

Recorde de pontuação: 29 (contra o Houston Rockets em 24/11 e o Washington Wizards em 08/12)
Recorde de rebotes: dez (contra o Oklahoma City Thunder em 28/11)
Recorde de assistências: sete (contra o Denver Nuggets em 09/01)


Novatos que completam o TOP 10

7. Wendell Carter Jr. (pivô, Chicago Bulls – sétima escolha do Draft)

Médias em 44 jogos disputados: 10.3 pontos, 7.0 rebotes, 1.8 assistência, 0.6 roubo de bola, 1.3 toco, 1.5 desperdício de bola, 48.5% de aproveitamento nos arremessos de quadra, 79.5% de aproveitamento nos lances livres, 25.2 minutos

Recorde de pontuação: 28 (contra o Detroit Pistons em 30/11)
Recorde de rebotes: 13 (contra o Houston Rockets em 03/11, o New York Knicks em 05/11, o Indiana Pacers em 04/12 e o Washington Wizards em 28/12)
Recorde de assistências: seis (contra o Indiana Pacers em 02/11)

 

8. Kevin Knox (ala, New York Knicks – nona escolha do Draft)

Médias em 54 jogos disputados: 12.6 pontos, 4.4 rebotes, 1.1 assistência, 0.5 roubo de bola, 0.3 toco, 1.5 desperdício de bola, 36.2% de aproveitamento nos arremessos de quadra, 33.5% de aproveitamento nas bolas de três pontos, 73.2% de aproveitamento nos lances livres, 28.4 minutos

Recorde de pontuação: 31 (contra o Philadelphia 76ers em 13/01)
Recorde de rebotes: 15 (contra o Charlotte Hornets em 09/12)
Recorde de assistências: quatro (contra o Milwaukee Bucks em 01/12 e o Washington Wizards em 03/12)

 

9. Shai Gilgeous-Alexander (armador, Los Angeles Clippers – 11ª escolha do Draft) – dois pontos

Médias em 63 jogos disputados: 9.8 pontos, 2.7 rebotes, 3.0 assistências, 1.1 roubo de bola, 0.6 toco, 1.8 desperdício de bola, 45.9% de aproveitamento nos arremessos de quadra, 31.3% de aproveitamento nas bolas de três pontos, 80.7% de aproveitamento nos lances livres, 25.5 minutos

Recorde de pontuação: 27 (contra o Portland Trail Blazers em 17/12)
Recorde de rebotes: oito (contra o Washington Wizards em 28/10)
Recorde de assistências: sete (contra o Washington Wizards em 28/10)

 

10. Kevin Huerter (ala-armador, Atlanta Hawks – 19ª escolha do Draft) –  um ponto

Médias em 56 jogos disputados: 9.2 pontos, 3.3 rebotes, 2.8 assistências, 0.9 roubo de bola, 0.3 toco, 1.6 desperdício de bola, 41.7% de aproveitamento nos arremessos de quadra, 38.9% de aproveitamento nas bolas de três pontos, 74.5% de aproveitamento nos lances livres, 27.3 minutos

Recorde de pontuação: 29 (contra o Philadelphia 76ers em 11/01)
Recorde de rebotes: dez (contra o Cleveland Cavaliers em 21/10 e o Brooklyn Nets em 09/01)
Recorde de assistências: sete (contra o Miami Heat em 06/01, o Boston Celtics em 19/01 e o Utah Jazz em 01/02)

Gustavo Lima
Gustavo Lima
Jornalista graduado pela UFMG e pós-graduado em Produção em Mídias Digitais pela PUC-MG. Natural de Ipatinga e residente em BH. Editor do Jumper Brasil desde 2007. Acompanha a NBA desde 1993. Torcedor do Phoenix Suns, mas adepto da imparcialidade.