Ranking dos Novatos 2018/19 – Primeiro mês

Luka Dončić ou Deandre Ayton? Essa era a pergunta antes do início da temporada sobre quem seria o favorito ao prêmio de melhor novato de 2018/19. Alguns também lembravam que Trae Young, Marvin Bagley, Jaren Jackson Jr. e Collin Sexton seriam outros fortes concorrentes.

Pois bem, a temporada começou há pouco mais de um mês e os novatos já estão demonstrando que a classe de 2018 é realmente talentosa. Dončić e Ayton, considerados os grandes nomes do último recrutamento, estão correspondendo às expectativas e já possuem papéis relevantes em Dallas Mavericks e Phoenix Suns, respectivamente.

Shai Gilgeous-Alexander, que contrariou os prognósticos e virou titular no Los Angeles Clippers; Allonzo Trier, que, apesar de não ter sido selecionado no Draft, já se tornou um dos cestinhas do New York Knicks; e Landry Shamet, gatilho afiado do banco do Philadelphia 76ers, escolhido no final da primeira rodada do recrutamento, são as grandes surpresas entre os calouros neste começo de temporada.

Sempre ao final de cada mês, o Jumper Brasil vai revelar suas votações para os melhores novatos desta campanha. O primeiro leva cinco pontos, o segundo quatro, até chegar ao quinto, que fica com um ponto. Posteriormente, somamos as pontuações e montamos o ranking.

Abaixo, as votações dos nossos analistas:

Gabriel Andrade

1. Luka Dončić (armador/ala-armador/ala, Dallas Mavericks)
2. Deandre Ayton (pivô, Phoenix Suns)
3. Jaren Jackson Jr. (ala-pivô, Memphis Grizzlies)
4. Shai Gilgeous-Alexander (armador, Los Angeles Clippers)
5. Marvin Bagley (ala-pivô, Sacramento Kings)

Gustavo Freitas

1. Luka Dončić (armador/ala-armador/ala, Dallas Mavericks)
2. Deandre Ayton (pivô, Phoenix Suns)
3. Trae Young (armador, Atlanta Hawks)
4. Wendell Carter Jr. (pivô, Chicago Bulls)
5. Jaren Jackson Jr. (ala-pivô, Memphis Grizzlies)

Gustavo Lima

1. Luka Dončić (armador/ala-armador/ala, Dallas Mavericks)
2. Deandre Ayton (pivô, Phoenix Suns)
3. Jaren Jackson Jr. (ala-pivô, Memphis Grizzlies)
4. Wendell Carter Jr. (pivô, Chicago Bulls)
5. Trae Young (armador, Atlanta Hawks)

Michel Moral

1. Luka Dončić (armador/ala-armador/ala, Dallas Mavericks)
2. Deandre Ayton (pivô, Phoenix Suns)
3. Jaren Jackson Jr. (ala-pivô, Memphis Grizzlies)
4. Trae Young (armador, Atlanta Hawks)
5. Shai Gilgeous-Alexander (armador, Los Angeles Clippers)

Ricardo Stabolito

1. Luka Dončić (armador/ala-armador/ala, Dallas Mavericks)
2. Wendell Carter Jr. (pivô, Chicago Bulls)
3. Jaren Jackson Jr. (ala-pivô, Memphis Grizzlies)
4. Deandre Ayton (pivô, Phoenix Suns)
5. Trae Young (armador, Atlanta Hawks)

Vinicius Donato

1. Luka Dončić (armador/ala-armador/ala, Dallas Mavericks)
2. Jaren Jackson Jr. (ala-pivô, Memphis Grizzlies)
3. Wendell Carter Jr. (pivô, Chicago Bulls)
4. Deandre Ayton (pivô, Phoenix Suns)
5. Trae Young (armador, Atlanta Hawks)

 

Ranking

1. Luka Dončić (armador/ala-armador/ala, Dallas Mavericks – terceira escolha do Draft) – 30 pontos

Médias em 18 jogos disputados: 19.1 pontos, 6.6 rebotes, 4.3 assistências, 1.0 roubo de bola, 0.3 toco, 3.8 desperdícios de bola, 45.3% de aproveitamento nos arremessos de quadra, 39.6% de aproveitamento nas bolas de três pontos, 78.1% de aproveitamento nos lances livres, 33.7 minutos

Observações: cestinha do time e entre os novatos, líder em aproveitamento nas bolas de três pontos e em arremessos convertidos do perímetro, segundo maior reboteiro, segundo em assistências

Recorde de pontuação: 31 (contra o San Antonio Spurs em 29/10)
Recorde de rebotes: dez (contra o Memphis Grizzlies em 19/11)
Recorde de assistências: oito (contra o Oklahoma City Thunder em 10/11 e o Boston Celtics em 24/11)


2. Deandre Ayton (pivô, Phoenix Suns – primeira escolha do Draft) – 20 pontos

Médias em 20 jogos disputados: 17.0 pontos, 10.5 rebotes, 2.7 assistências, 0.6 roubo de bola, 0.8 toco, 2.1 desperdícios de bola, 62.1% de aproveitamento nos arremessos de quadra, 77.8% de aproveitamento nos lances livres, 32.2 minutos

Observações: maior reboteiro do time e entre os novatos, terceiro cestinha, único do Suns a ter o plus/minus positivo (1.9)

Recorde de pontuação: 25 (contra o Detroit Pistons em 25/11)
Recorde de rebotes: 18 (contra o Toronto Raptors em 02/11)
Recorde de assistências: seis (contra o Dallas Mavericks em 17/10 e o Memphis Grizzlies em 04/11)


3. Jaren Jackson Jr. (ala-pivô, Memphis Grizzlies – quarta escolha do Draft) – 17 pontos

Médias em 20 jogos disputados: 12.7 pontos, 4.5 rebotes, 1.4 assistência, 1.0 roubo de bola, 2.1 tocos, 1.7 desperdício de bola, 51.3% de aproveitamento nos arremessos de quadra, 34.9% de aproveitamento nas bolas de três pontos, 73.3% de aproveitamento nos lances livres, 25.0 minutos

Observações: líder do time em tocos e em plus/minus defensivo, segundo do time em plus/minus (2.6)

Recorde de pontuação: 27 (contra o Sacramento Kings em 26/11)
Recorde de rebotes: 11 (contra o Utah Jazz em 12/11)
Recorde de tocos: sete (contra o New York Knicks em 25/11)


4- Wendell Carter Jr. (pivô, Chicago Bulls – sétima escolha do Draft) – 11 pontos

Médias em 21 jogos disputados: 11.0 pontos, 7.1 rebotes, 2.1 assistências, 0.7 roubo de bola, 1.7 toco, 1.7 desperdício de bola, 46.3% de aproveitamento nos arremessos de quadra, 82.3% de aproveitamento nos lances livres, 25.3 minutos

Observações: líder do time em tocos, segundo em plus/minus (0.7) e plus/minus defensivo (3.1), terceiro reboteiro

Recorde de pontuação: 25 (contra o Denver Nuggets em 31/10)
Recorde de rebotes: 13 (contra o Houston Rockets em 03/11 e o New York Knicks em 05/11)
Recorde de assistências: seis (contra o Indiana Pacers em 02/11)


5. Trae Young (armador, Atlanta Hawks – quinta escolha do Draft) – oito pontos

Médias em 21 jogos disputados: 15.8 pontos, 3.0 rebotes, 7.8 assistências, 0.7 roubo de bola, 0.3 toco, 3.9 desperdícios de bola, 38.4% de aproveitamento nos arremessos de quadra, 24.8% de aproveitamento nas bolas de três pontos, 83.1% de aproveitamento nos lances livres, 29.3 minutos

Observações: líder em assistências do time e entre os novatos, cestinha do time

Recorde de pontuação: 35 (contra o Cleveland Cavaliers em 21/10)
Recorde de rebotes: seis (contra o New York Knicks em 17/10 e o Miami Heat em 03/11)
Recorde de assistências: 17 (contra o Los Angeles Clippers em 19/11)

 

Outros novatos votados

6. Shai Gilgeous-Alexander (armador, Los Angeles Clippers – 11ª escolha do Draft) – três pontos

Médias em 19 jogos disputados: 10.5 pontos, 3.2 rebotes, 2.9 assistências, 0.9 roubo de bola, 0.7 toco, 1.9 desperdício de bola, 45.6% de aproveitamento nos arremessos de quadra, 27.6% de aproveitamento nas bolas de três pontos, 81.8% de aproveitamento nos lances livres, 27.7 minutos

Recorde de pontuação: 19 (contra o Portland Trail Blazers em 08/11)
Recorde de rebotes: oito (contra o Washington Wizards em 28/10)
Recorde de assistências: sete (contra o Washington Wizards em 28/10)

 

7. Marvin Bagley (ala-pivô, Sacramento Kings – segunda escolha do Draft) – um ponto

Médias em 20 jogos disputados: 12.7 pontos, 6.7 rebotes, 0.9 assistência, 0.5 roubo de bola, 1.3 toco, 2.0 desperdícios de bola, 50.8% de aproveitamento nos arremessos de quadra, 31.8% de aproveitamento nas bolas de três pontos, 64.0% de aproveitamento nos lances livres, 24.0 minutos

Recorde de pontuação: 20 (contra o Denver Nuggets em 23/10 e o Golden State Warriors em 24/11)
Recorde de rebotes: 17 (contra o Golden State Warriors em 24/11)
Recorde de tocos: cinco (contra o Denver Nuggets em 23/10)

 

Novatos que completam o TOP 10

8. Collin Sexton (armador, Cleveland Cavaliers – oitava escolha do Draft)

Médias em 19 jogos disputados: 14.4 pontos, 3.0 rebotes, 2.5 assistências, 0.4 roubo de bola, 0.2 toco, 2.2 desperdícios de bola, 45.1% de aproveitamento nos arremessos de quadra, 41.9% de aproveitamento nas bolas de três pontos, 88.9% de aproveitamento nos lances livres, 28.2 minutos

Recorde de pontuação: 29 (contra o Houston Rockets em 24/11)
Recorde de rebotes: oito (contra o Atlanta Hawks em 30/10)
Recorde de assistências: cinco (contra o Detroit Pistons em 25/10)

 

9. Allonzo Trier (ala-armador, New York Knicks, não foi selecionado no Draft)

Médias em 22 jogos disputados: 12.0 pontos, 3.2 rebotes, 1.9 assistência, 0.5 roubo de bola, 0.5 toco, 1.9 desperdício de bola, 50% de aproveitamento nos arremessos de quadra, 46.2% de aproveitamento nas bolas de três pontos, 81.5% de aproveitamento nos lances livres, 24 minutos

Recorde de pontuação: 25 (contra o New Orleans Pelicans em 23/11)
Recorde de rebotes: dez (contra o Detroit Pistons em 27/11)
Recorde de assistências: sete (contra o Detroit Pistons em 27/11)

 

10. Landry Shamet (armador/ala-armador, Philadelphia 76ers – 26ª escolha do Draft)

Médias em 22 jogos disputados: 8.2 pontos, 1.2 rebote, 1.0 assistência, 0.5 roubo de bola, 0.1 toco, 0.4 desperdício de bola, 43.2% de aproveitamento nos arremessos de quadra, 39% de aproveitamento nas bolas de três pontos, 86.4% de aproveitamento nos lances livres, 21.2 minutos

Recorde de pontuação: 16 (contra o Brooklyn Nets em 25/11)
Recorde de rebotes: quatro (contra o Chicago Bulls em 18/10 e o Orlando Magic em 20/10)
Recorde de assistências: cinco (contra o Memphis Grizzlies em 10/11)

Gustavo Lima
Gustavo Lima
Jornalista graduado pela UFMG e pós-graduado em Produção em Mídias Digitais pela PUC-MG. Natural de Ipatinga e residente em BH. Editor do Jumper Brasil desde 2007. Acompanha a NBA desde 1993. Torcedor do Phoenix Suns, mas adepto da imparcialidade.