Ranking dos Novatos 2018/19 – Primeiro mês

Luka Dončić ou Deandre Ayton? Essa era a pergunta antes do início da temporada sobre quem seria o favorito ao prêmio de melhor novato de 2018/19. Alguns também lembravam que Trae Young, Marvin Bagley, Jaren Jackson Jr. e Collin Sexton seriam outros fortes concorrentes.

Pois bem, a temporada começou há pouco mais de um mês e os novatos já estão demonstrando que a classe de 2018 é realmente talentosa. Dončić e Ayton, considerados os grandes nomes do último recrutamento, estão correspondendo às expectativas e já possuem papéis relevantes em Dallas Mavericks e Phoenix Suns, respectivamente.

Shai Gilgeous-Alexander, que contrariou os prognósticos e virou titular no Los Angeles Clippers; Allonzo Trier, que, apesar de não ter sido selecionado no Draft, já se tornou um dos cestinhas do New York Knicks; e Landry Shamet, gatilho afiado do banco do Philadelphia 76ers, escolhido no final da primeira rodada do recrutamento, são as grandes surpresas entre os calouros neste começo de temporada.

Sempre ao final de cada mês, o Jumper Brasil vai revelar suas votações para os melhores novatos desta campanha. O primeiro leva cinco pontos, o segundo quatro, até chegar ao quinto, que fica com um ponto. Posteriormente, somamos as pontuações e montamos o ranking.

Abaixo, as votações dos nossos analistas:

Gabriel Andrade

1. Luka Dončić (armador/ala-armador/ala, Dallas Mavericks)
2. Deandre Ayton (pivô, Phoenix Suns)
3. Jaren Jackson Jr. (ala-pivô, Memphis Grizzlies)
4. Shai Gilgeous-Alexander (armador, Los Angeles Clippers)
5. Marvin Bagley (ala-pivô, Sacramento Kings)

Gustavo Freitas

1. Luka Dončić (armador/ala-armador/ala, Dallas Mavericks)
2. Deandre Ayton (pivô, Phoenix Suns)
3. Trae Young (armador, Atlanta Hawks)
4. Wendell Carter Jr. (pivô, Chicago Bulls)
5. Jaren Jackson Jr. (ala-pivô, Memphis Grizzlies)

Gustavo Lima

1. Luka Dončić (armador/ala-armador/ala, Dallas Mavericks)
2. Deandre Ayton (pivô, Phoenix Suns)
3. Jaren Jackson Jr. (ala-pivô, Memphis Grizzlies)
4. Wendell Carter Jr. (pivô, Chicago Bulls)
5. Trae Young (armador, Atlanta Hawks)

Michel Moral

1. Luka Dončić (armador/ala-armador/ala, Dallas Mavericks)
2. Deandre Ayton (pivô, Phoenix Suns)
3. Jaren Jackson Jr. (ala-pivô, Memphis Grizzlies)
4. Trae Young (armador, Atlanta Hawks)
5. Shai Gilgeous-Alexander (armador, Los Angeles Clippers)

Ricardo Stabolito

1. Luka Dončić (armador/ala-armador/ala, Dallas Mavericks)
2. Wendell Carter Jr. (pivô, Chicago Bulls)
3. Jaren Jackson Jr. (ala-pivô, Memphis Grizzlies)
4. Deandre Ayton (pivô, Phoenix Suns)
5. Trae Young (armador, Atlanta Hawks)

Vinicius Donato

1. Luka Dončić (armador/ala-armador/ala, Dallas Mavericks)
2. Jaren Jackson Jr. (ala-pivô, Memphis Grizzlies)
3. Wendell Carter Jr. (pivô, Chicago Bulls)
4. Deandre Ayton (pivô, Phoenix Suns)
5. Trae Young (armador, Atlanta Hawks)

 

Ranking

1. Luka Dončić (armador/ala-armador/ala, Dallas Mavericks – terceira escolha do Draft) – 30 pontos

Médias em 18 jogos disputados: 19.1 pontos, 6.6 rebotes, 4.3 assistências, 1.0 roubo de bola, 0.3 toco, 3.8 desperdícios de bola, 45.3% de aproveitamento nos arremessos de quadra, 39.6% de aproveitamento nas bolas de três pontos, 78.1% de aproveitamento nos lances livres, 33.7 minutos

Observações: cestinha do time e entre os novatos, líder em aproveitamento nas bolas de três pontos e em arremessos convertidos do perímetro, segundo maior reboteiro, segundo em assistências

Recorde de pontuação: 31 (contra o San Antonio Spurs em 29/10)
Recorde de rebotes: dez (contra o Memphis Grizzlies em 19/11)
Recorde de assistências: oito (contra o Oklahoma City Thunder em 10/11 e o Boston Celtics em 24/11)


2. Deandre Ayton (pivô, Phoenix Suns – primeira escolha do Draft) – 20 pontos

Médias em 20 jogos disputados: 17.0 pontos, 10.5 rebotes, 2.7 assistências, 0.6 roubo de bola, 0.8 toco, 2.1 desperdícios de bola, 62.1% de aproveitamento nos arremessos de quadra, 77.8% de aproveitamento nos lances livres, 32.2 minutos

Observações: maior reboteiro do time e entre os novatos, terceiro cestinha, único do Suns a ter o plus/minus positivo (1.9)

Recorde de pontuação: 25 (contra o Detroit Pistons em 25/11)
Recorde de rebotes: 18 (contra o Toronto Raptors em 02/11)
Recorde de assistências: seis (contra o Dallas Mavericks em 17/10 e o Memphis Grizzlies em 04/11)


3. Jaren Jackson Jr. (ala-pivô, Memphis Grizzlies – quarta escolha do Draft) – 17 pontos

Médias em 20 jogos disputados: 12.7 pontos, 4.5 rebotes, 1.4 assistência, 1.0 roubo de bola, 2.1 tocos, 1.7 desperdício de bola, 51.3% de aproveitamento nos arremessos de quadra, 34.9% de aproveitamento nas bolas de três pontos, 73.3% de aproveitamento nos lances livres, 25.0 minutos

Observações: líder do time em tocos e em plus/minus defensivo, segundo do time em plus/minus (2.6)

Recorde de pontuação: 27 (contra o Sacramento Kings em 26/11)
Recorde de rebotes: 11 (contra o Utah Jazz em 12/11)
Recorde de tocos: sete (contra o New York Knicks em 25/11)


4- Wendell Carter Jr. (pivô, Chicago Bulls – sétima escolha do Draft) – 11 pontos

Médias em 21 jogos disputados: 11.0 pontos, 7.1 rebotes, 2.1 assistências, 0.7 roubo de bola, 1.7 toco, 1.7 desperdício de bola, 46.3% de aproveitamento nos arremessos de quadra, 82.3% de aproveitamento nos lances livres, 25.3 minutos

Observações: líder do time em tocos, segundo em plus/minus (0.7) e plus/minus defensivo (3.1), terceiro reboteiro

Recorde de pontuação: 25 (contra o Denver Nuggets em 31/10)
Recorde de rebotes: 13 (contra o Houston Rockets em 03/11 e o New York Knicks em 05/11)
Recorde de assistências: seis (contra o Indiana Pacers em 02/11)


5. Trae Young (armador, Atlanta Hawks – quinta escolha do Draft) – oito pontos

Médias em 21 jogos disputados: 15.8 pontos, 3.0 rebotes, 7.8 assistências, 0.7 roubo de bola, 0.3 toco, 3.9 desperdícios de bola, 38.4% de aproveitamento nos arremessos de quadra, 24.8% de aproveitamento nas bolas de três pontos, 83.1% de aproveitamento nos lances livres, 29.3 minutos

Observações: líder em assistências do time e entre os novatos, cestinha do time

Recorde de pontuação: 35 (contra o Cleveland Cavaliers em 21/10)
Recorde de rebotes: seis (contra o New York Knicks em 17/10 e o Miami Heat em 03/11)
Recorde de assistências: 17 (contra o Los Angeles Clippers em 19/11)

 

Outros novatos votados

6. Shai Gilgeous-Alexander (armador, Los Angeles Clippers – 11ª escolha do Draft) – três pontos

Médias em 19 jogos disputados: 10.5 pontos, 3.2 rebotes, 2.9 assistências, 0.9 roubo de bola, 0.7 toco, 1.9 desperdício de bola, 45.6% de aproveitamento nos arremessos de quadra, 27.6% de aproveitamento nas bolas de três pontos, 81.8% de aproveitamento nos lances livres, 27.7 minutos

Recorde de pontuação: 19 (contra o Portland Trail Blazers em 08/11)
Recorde de rebotes: oito (contra o Washington Wizards em 28/10)
Recorde de assistências: sete (contra o Washington Wizards em 28/10)

 

7. Marvin Bagley (ala-pivô, Sacramento Kings – segunda escolha do Draft) – um ponto

Médias em 20 jogos disputados: 12.7 pontos, 6.7 rebotes, 0.9 assistência, 0.5 roubo de bola, 1.3 toco, 2.0 desperdícios de bola, 50.8% de aproveitamento nos arremessos de quadra, 31.8% de aproveitamento nas bolas de três pontos, 64.0% de aproveitamento nos lances livres, 24.0 minutos

Recorde de pontuação: 20 (contra o Denver Nuggets em 23/10 e o Golden State Warriors em 24/11)
Recorde de rebotes: 17 (contra o Golden State Warriors em 24/11)
Recorde de tocos: cinco (contra o Denver Nuggets em 23/10)

 

Novatos que completam o TOP 10

8. Collin Sexton (armador, Cleveland Cavaliers – oitava escolha do Draft)

Médias em 19 jogos disputados: 14.4 pontos, 3.0 rebotes, 2.5 assistências, 0.4 roubo de bola, 0.2 toco, 2.2 desperdícios de bola, 45.1% de aproveitamento nos arremessos de quadra, 41.9% de aproveitamento nas bolas de três pontos, 88.9% de aproveitamento nos lances livres, 28.2 minutos

Recorde de pontuação: 29 (contra o Houston Rockets em 24/11)
Recorde de rebotes: oito (contra o Atlanta Hawks em 30/10)
Recorde de assistências: cinco (contra o Detroit Pistons em 25/10)

 

9. Allonzo Trier (ala-armador, New York Knicks, não foi selecionado no Draft)

Médias em 22 jogos disputados: 12.0 pontos, 3.2 rebotes, 1.9 assistência, 0.5 roubo de bola, 0.5 toco, 1.9 desperdício de bola, 50% de aproveitamento nos arremessos de quadra, 46.2% de aproveitamento nas bolas de três pontos, 81.5% de aproveitamento nos lances livres, 24 minutos

Recorde de pontuação: 25 (contra o New Orleans Pelicans em 23/11)
Recorde de rebotes: dez (contra o Detroit Pistons em 27/11)
Recorde de assistências: sete (contra o Detroit Pistons em 27/11)

 

10. Landry Shamet (armador/ala-armador, Philadelphia 76ers – 26ª escolha do Draft)

Médias em 22 jogos disputados: 8.2 pontos, 1.2 rebote, 1.0 assistência, 0.5 roubo de bola, 0.1 toco, 0.4 desperdício de bola, 43.2% de aproveitamento nos arremessos de quadra, 39% de aproveitamento nas bolas de três pontos, 86.4% de aproveitamento nos lances livres, 21.2 minutos

Recorde de pontuação: 16 (contra o Brooklyn Nets em 25/11)
Recorde de rebotes: quatro (contra o Chicago Bulls em 18/10 e o Orlando Magic em 20/10)
Recorde de assistências: cinco (contra o Memphis Grizzlies em 10/11)

Gustavo Lima
Gustavo Lima
Jornalista graduado pela UFMG e pós-graduado em Produção em Mídias Digitais pela PUC-MG. Natural de Ipatinga e residente em BH. Editor do Jumper Brasil desde 2007. Acompanha a NBA desde 1993. Torcedor do Phoenix Suns, mas adepto da imparcialidade.
  • JASPION DA MASSA

    Trae Young começou surpreendendo a muita gente, mas é isso ai , é o que tem mais liberdade para jogar, porém arrisca e erra muitoooooo, não só os arremessos mas também em relação aos TOVs ,

    Sexton por ex depois que virou titular pela lesão do G.Hill , vem fazendo ótimas partidas. Shai é um bicho magrelo todo esquisito , mas joga muito também. Trier baita surpresa, Bagley precisa ganhar logo a vaga de titular,

    • Rdrigo Cruz

      Fala Jaspion meu idolo de infância… acho q para o Trae, que ao meu ver tem um talento indiscutível, esse é o momento disso mesmo… errar, errar é errar… esse Hawks vai ser competitivo praticamente qdo ele estiver saindo do co trato de calouro… até la, essa experiência de ter conseguido testar o que da e o que n da certo valerá muito… tende a se tornar experiente muito mais rapido… abraço

      • JASPION DA MASSA

        AHAHAHHAHAHAHA Jaspion era mto zika mesmo!!! Tem que ter muita Maturidade , ele é um dos casos que ou vira uma grande estrela ou vira um peladeiro nato!!! O Atlanta tem que montar um time para cobrir suas falhas e desenvolver essa mlkada. Próximo draft tem mais umas boas picks. O processo deve ser longo, mas se bem feito, pode causar bons resultados.

  • Tiago Almeida

    Pra mim o melhor é o Trae young

  • Cartaxo

    Era esperado Luka liderando esse ranking pelo que vem fazendo, não só pelos numeros, mas pelos impacto em todas as áreas da quadra pelos MAVS. Dallas com sua cultura vencedora e Doncic com seu talenteo e assumindo a herança de Dirk naturalmente, acaba virando um centro mais interessante pros FA do que costumava ser em outras temporadas.

    Go MAVS

  • Vitor Martins

    Até entendo o Suns ter ido de Ayton, não concordo, mas entendo. Agora, o desprezo da NBA ao Doncic no draft era algo muito absurdo, se não fosse a troca eu acho que ele ia cair pra quinto de qualquer forma. Muito bizarro.

    • LeBrOSMAN⚔️O Draft é logo ali

      A única justificativa para o Suns ter selecionado o Ayton: Além de ter jogado em Arizona, o dono Robert Sarver estudou nesta mesma universidade, é um dos donos q mais gostam de ter influência entre as franquias, e o GM do Suns já estava na corda bamba, bastava um “erro” para ter grandes chances de ser demitido (como aconteceu, quando falhou em conseguir um armador titular para a equipe) nisto, ele deve ter cedido a pressão.
      De tanta cagada q ele já tinha feito, ñ tinha moral o suficiente para bancar a escolha do Doncic contra a escolha da torcida e do dono (Ayton).
      Em relação as outras franquias é o esteriótipo besta de q jogador europeu ñ vai dar certo na NBA, baseado em alguns exemplos quase q nada a ver com o Doncic (Bargnani, Hezonja, e etc.).

      • The Finisher

        O próprio Suns draftou jogadores europeus Alex Len e Dragan Bender que foram escolhas altas e não corresponderam o esperado.

    • KlayMVP

      Na verdade eu até gosto desse desprezo, que ai no futuro vão ver o que se tornou o luka e vão se arrepender amargamente.

  • Diego Costa

    Doncic é muito disparado o melhor do draft ate agora, acredito que isso é indiscutível.

    Ayton está fazendo sua parte ofensivamente e nos rebotes , mas sua defesa é algo tão patético e absurdo que acaba chamando mais atenção.

    Young tínhamos duvidas, se encaixou bem no Hawks e tá tendo liberdade pra jogar. Além do mais, tem uma visão de jogo excepcional.

    Trier e Diallo são ótimas surpresas. Steals por quanto

  • o burocrata

    Essa classe até que está bem decente.
    Tem jogadores de final de primeira/segunda rodada e até undrafted se destacando.

  • Felipe Ferreira

    1° Luka doncic
    2° trae Young
    3° JJJ
    4° D’ayton (apesar da sua defesa nula)
    5° shamet

  • Alex Alves

    Doncic
    Trae
    JJJ
    D’ayton
    Bagley
    Shai Gilgeous-Alexander

    • dirct

      Também seria a minha lista, o Hawks desse ano parece melhor do que o do ano passado e quem é o responsável por isso é o Trae que já é o melhor jogador da equipe mesmo sendo um calouro.

      • Alex Alves

        O Hawks mesmo remendado tem evoluído mais que o Suns rsrs.

  • Cavs&KingJamesaondeestiver

    Ouço daki o choro do GM do Kings e do GM do Atlanta

    • O do Kings acho que menos. Bagley é ótimo e não trocaram a escolha.

      • KlayMVP

        Acho o Trae melhor, de qualquer forma Doncic>>>> que os dois

    • Marcos Oliveira

      Não acredito que tenha choro, tanto o Bagley quanto o Young estão muito bem…

      • Daniel Monteiro

        Estão bem, mas o Doncic ta muito mehor.
        Enfim, Doncic não ia querer jogar nessas franquias e o perímetro dos Kings ta bem ocupados.

  • eder bicalho

    Ayton só não está se destacando mais pois o Suns não tem um armador de fato.
    O Booker está quebrando um galho e o Canaan só atrapalha e KOKO não sabe o que faz.

  • Michel Moral

    Ayton em segundo, eu justificaria da seguinte maneira: o cara pode ser horripilante defensivamente, mas ofensivamente ele se sustenta. Média de double-double para um calouro não é nada mal.

    É quase certo que Doncic ganhará o prêmio de calouro do ano, mesmo com nem um terço de temporada jogada.

    O que está legal de acompanhar e que está diferente dos últimos anos, nós não temos poucos nomes chamando a atenção. A classe tem mostrado um nível decente logo de cara, como Jackson Jr., Carter Jr., Gilgeous-Alexander e Beagley. Todos bastante relevantes.

    Vamos aguardar para ver se mantêm o nível.

    • Gustavo

      Já vimos esse filme de um jovêm pivo horripilante na defesa e bom lá na frente. Hoje ta encostado no fundo do banco do Pelicans. A NBA não permite mas esse tipo de jogo. Só é mantido em quadra porque porque o Suns não tem outra alternativa a não ser desenvolvê-lo. Ou Ayton desenvolve logo uma defesa que seja pelo menos aceitável, ou logo o Suns vai perceber que não da pra ganhar com ele.

      • Michel Moral

        Fato.

        Das duas uma: ou ele destrói ofensivamente, desequilibrando de verdade… Sei lá, 25 pts e 10+ rebotes e sendo decisivo para o time, ainda por cima… Ou então, aprende a defender minimamente, o que, convenhamos, basta ter força de vontade e dedicação nos treinamentos para ser aceitável, como vc colocou.

        Se não se enquadrar em nenhuma das duas hipóteses, pode até ter talento, que realmente será rejeitado.

      • Daniel Monteiro

        Assisti um filme parecido. Time com a 1ª escolha escolha deixar o futuro GOAT, pois não precisava de armador e sim de pivô (Obs: O Suns também precisa de um armador, então não tem desculpa para deixar o doncic passar). E o time com a 2ª escolha faz merda. Time com a 3ª vira dinastia.

  • Guilherme

    Que nem o amigo citou abaixo, essa temporada os jovens vindos do draft têm realizado um bom trabalho na NBA e muitos até sendo destaques em suas franquias logo de cara. Muito bom isso, visto que há alguns anos não víamos tantos jogadores do draft se destacando assim. O futuro é promissor

  • João Víctor Matos

    Doncic
    JJJ
    Ayton
    Young
    Carter Jr.

    Até agora na minha opinião. Agora que o sexton virou titular pode subir. Gosto do Bagley também. Classe muito boa até agora. Foi difícil escolher 5. Coloquei o JJJ em segundo porque acho que ele tem um impacto defensivo interessante e é eficiente pontuando para um rookie que é “terceira opção” do time.

    • Marcos Oliveira

      Acho ele a cara do Memphis encaixou muito bem.

  • Mavscelo

    Doncic
    Trae
    Ayton
    JJJ
    Carter Jr.
    Sexton
    Gilgeous-Alexander
    Bagley
    Trier
    Shamet

  • Marcos Oliveira

    Alaxander e JJJ são os mais competitivos no sentido em que suas equipes brigam por playoffs…

  • Marcos Oliveira

    Agora uma coisa é certa se o jogo dos dois lados da quadra fosse algo essencial pra premiação ninguém ganharia do JJJ

  • Igor Neves

    Doncic, Young, JJJ, Ayton e Shai.

  • Santista

    Chute de 3 Pontos:
    Doncic – 44 de 111 arremessos (39%) – 6.2 tentativas por jogo
    Shamet – 41 de 105 arremessos (39%) – 4.8 tentativas
    Young – 30 de 120 arremessos (24%) – 5.8 tentativas

  • Doncic era pra surpreender, mas quem acompanha ele no basquete europeu sabia q era um tiro certo

    • Eu assisti vários vídeos dele e confesso que não me empolguei UHAUHAUHUA
      O jeito dele de correr com a bola, driblar, achei muito desengonçado e sem físico pra NBA. Mas grazadeus ele tá provando ser um dos melhores primeiranistas europeus da história.

      • Rogério Rodrigues

        Nao apenas europeus.
        Doncic tem provado ser dos melhores primeiro anistas da historia.
        19/6/4 são numeros que poucos tiveram em seu primeiro ano.
        Claro que foi apenas 25% da regular e esses numeros podem mudar…

        • Daniel

          Melhorar para melhor =D

        • Se não estivesse sendo “sabotado” concerteza seriam melhores…

          Os caras devem olhar tipo “esse europeu gordinho com essas vestimentas vem aqui e quer dominar o jogo que nem no Real”
          KKKKKKK

      • Realmente ele não parece jogador de NBA europeu, mas tem sabedoria pra jogar, muito completo, e não se apavora…

  • Alexandre Wagner

    Shai é muito talentoso, só precisa melhorar o arremesso de media e longa distância

  • Daniel Nogueira

    Doncic >>>> Abismo >>>> JJJ, Ayton, Trae, Shai.

    • Lyardson

      doncic era o único que já estava pronto e tem mostrado isso, eo Ayton depois daquela entortada de tornozelos meodeos… kkkkk

  • The Finisher

    Confesso que Carter Jr não era o jogador que eu queria que GarPax escolhessem, preferia que tentassem subir a escolha para draftar o Doncic ou o MPJ que na época na sabíamos sua real condição física, mas admito que Carter Jr é muito bom jogador e que no futuro pode ser um All Star.

    • MICHAEL JORDAN 23 #GOAT

      acho que o Bulls devia ter subido para tentar o Doncic, mas o Carter JR está sendo uma grata surpresa, muito bom na defesa e ainda está meio cru no ataque, mas deve melhorar, para uma pick 7 está ótimo!

      • The Finisher

        Vdd mano, agora é esperar o próximo draft.

      • JASPION DA MASSA

        não seria tão fácil assim subir no draft…..Dallas conseguiu pq era ctz que o Trae estaria disponível e que essa pick do próximo ano ainda seria bem interessante pois não tinha muito espaço para contratar muito , então o dallas não vai muito longe. Sair da sétima para pegar o doncic seria mais difícil!!!

        • MICHAEL JORDAN 23 #GOAT

          realmente não seria fácil, mas que dava dava, né? mandasse umas picks futuras seilá, mas dava para dar um jeito, um jogador igual ao Doncic não aparece toda hora, baita jogado do Mavs!

          • JASPION DA MASSA

            sem dúvidas, o mlk é craque !!! mto elegante jogando ….mas é sempre o risco do jogador europeu né, querendo ou não , ficam com o pé atrás. Enfim….mas que o mlk é zika , é!!! kkk

          • MICHAEL JORDAN 23 #GOAT

            verdade, mas ele já tinha se provado la na Europa, então eu acho que não tinha tanto risco, mas em enfim, quem se deu bem nessa foi o Mavs.

          • Daniel

            Sei não, hein. Acho que não dava não… Os Hawks chegaram no draft bem cientes de quem iam draftar, isso ficou nítido.
            O Doncic não ia querer jogar em atlanta e o Hawks queria o Trae, então deu certo. E Ainda teve uma escolha de draft do Dallas, meu deus, foi muito caro o doncic, ele vai dar resultado, mas a escolha podia resultar no trio de duke ou nassir litle e agora é do Hawks, que vão tankar. Ou seja, podemos ter RJ Barret e Zion W nos Hawks (difícil, pois os mavs não vão tankar).
            Bulls não tinha o que oferecer para pegar o Doncic. No máximo, trocas com o Kings, que dificilmente aceitaria perder o Bagley e pediria o Markkanen, já que aceitaria o Dunn para ser sombra do Fox, o Suns também não aceitaria perder o ídolo local e não trocaria, o mavs também não trocaria o doncic, ou seja, sem chances de ele ser draftado pelos bulls.

  • Knicks da Depressão #6

    Doncic
    JJJ
    Ayton
    Shai
    Young

    Knox do meu Knicks nem aparece nessa lista…esperava mais do moleque!!!

  • Paulo Henrique

    Doncic
    JJJ
    Ayton
    Shai
    Young

  • LETS GO CAVS

    Cadê o Sexton man ?