NBA dá início ao processo para forçar venda do Clippers

A comissão de aconselhamento da NBA aprovou a proposta do comissário Adam Silver para iniciar o processo de exclusão de Donald Sterling do quadro de donos de equipes. O comitê, formado por dez dos 30 proprietários de times da liga, foi unânime ao apoiar a realização da votação que pode levar à venda forçada do Los Angeles Clippers. Os mandatários vão se reunir nas próximas semanas para definir o futuro da franquia.

Sterling foi oficialmente banido da NBA por conta da polêmica envolvendo os comentários racistas que fez em uma conversa telefônica gravada por sua suposta amante. No entanto, sua suspensão não prevê a venda da franquia e ele já disse não ter a intenção de colocar o time no mercado. Atualmente, o empresário só está impedido de participar de decisões relacionadas à franquia e frequentar os jogos.

 

“Eu vou continuar em Michigan State”, assegura Tom Izzo

O interesse do Minnesota Timberwolves e Detroit Pistons não foi o bastante para convencer Tom Izzo a deixar o basquete universitário. O técnico de 59 anos confirmou nesta quarta-feira que seguirá no comando de Michigan State na próxima temporada e não pensa em sair do programa. No entanto, ele não descarta a possibilidade de assumir uma equipe da NBA no futuro.

“Eu vou continuar em Michigan State. Isso não significa que nunca aceitaria uma proposta da NBA, porém. Já passei do tempo de falar coisas assim. O que posso dizer é que estou indo conversar com um jogador colegial em uma hora para tentar recrutá-lo. Se eu estivesse de saída, não estaria trabalhando nisso”, afirmou Izzo, que está a frente do time da universidade há quase 20 anos.

 

David Stern elogia início de trabalho do sucessor Silver

Quando nomeou Adam Silver para ser seu sucessor, o ex-comissário David Stern acreditava que seu vice era a pessoa certa para o serviço após sua saída. Três meses parecem ter sido mais do que o necessário para provar que ele estava com a razão. Acompanhando a forma como o “pupilo” lidou com a polêmica envolvendo Donald Sterling, Stern ficou orgulhoso da escolha que fez e, lógico, da postura do novo “homem forte” da liga.

“Nós trabalhamos juntos por 22 anos. Eu disse para todos que Adam iria ser ótimo no cargo e estou realmente muito feliz por ver que estava certo”, comemorou o integrante do Hall da Fama, que participava de uma conferência sobre tecnologia em Nova Iorque. Stern recebeu críticas recentemente por nunca ter tomado providências com as constantes acusações de racismo acumuladas pelo dono do Clippers.

 

Após eliminação, Josh McRoberts passa por cirurgia no pé

O ala-pivô Josh McRoberts vai começar as férias no estaleiro. Eliminado dos playoffs no início da semana, o titular do Charlotte Bobcats foi submetido a uma cirurgia no pé esquerdo nesta quarta para retirar fragmentos de osso perdidos na região. Ele ficará afastado das atividades com bola por cerca de um mês e, por isso, não traz nenhuma preocupação para o início da próxima pré-temporada.

De qualquer forma, ainda não é possível cravar que a pré-temporada de McRoberts acontecerá em Charlotte. O versátil ala-pivô já disse querer continuar no time, mas pode rescindir seu atual contrato – abrindo mão de salário de US$2.7 milhões na próxima temporada – para testar o mercado como agente livre irrestrito. “Para ser sincero, eu ainda nem tive tempo para pensar nisso”, afirmou o jogador, ao ser questionado sobre a possível rescisão.

 

Ladrões roubam casas de Paul George e Andre Roberson

Os alas Paul George (Indiana Pacers) e Andre Roberson (Oklahoma City Thunder) tiveram que lidar com uma situação bem desagradável recentemente: ambos tiveram suas casas roubadas enquanto jogavam partidas de playoffs com seus times. A polícia revelou que ladrões levaram mais de US$15 mil em joias, calçados e relógios da casa de George, incluindo um anel de diamantes que o jogador recebeu da NBA por sua convocação para o Jogo das Estrelas deste ano.

A história para Roberson, ao menos, tem um final feliz: segundo o site TMZ, um suspeito pelo roubo foi levado em custódia pela polícia nesta quinta.

 

Lakers pedirá permissão para entrevistar Tom Thibodeau

O Los Angeles Lakers deu início à busca por um novo treinador e está pensando grande. De acordo com o repórter Dave McMenamin, da ESPN, a franquia pretende pedir permissão ao Chicago Bulls para entrevistar Tom Thibodeau. O vencedor do prêmio de melhor técnico da NBA seria o grande sonho da direção angelina para suceder Mike D’Antoni, que acaba de deixar o cargo.

Nos bastidores, porém, a impressão geral é que o Lakers não vai conseguir a aprovação para entrar em contato com Thibodeau. O treinador está sob contrato com o Bulls até o término da temporada 2016-17 e, neste momento, não existe nenhum sinal de que uma das partes esteja interessada em romper a “parceria”. Outros nomes especulados pelo Lakers são Kevin Ollie, John Calipari, Steve Kerr, Lionel Hollins e Ettore Messina.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.