Nenê ainda sente dores no pé

O brasileiro Nenê, do Denver Nuggets, não atuou pela segunda vez consecutiva, por conta de dores no pé. O jogador foi substituído novamente por Kosta Koufos (dez pontos, 11 rebotes), na vitória sobre o Sacramento Kings.

Nenê chegou a treinar levemente na quarta-feira, mas foi vetado pouco antes do jogo. Em quatro partidas, ele possui médias de 13.8 pontos e 7.2 rebotes.

Celtics vence sem Ray Allen

O veterano ala-armador Ray Allen, do Boston Celtics, não atuou na partida contra o New Jersey Nets. Allen sentiu tonturas, por conta de uma forte gripe.

O Celtics terminou o primeiro tempo perdendo por 35 a 34, mas virou na segunda etapa. Foi a quarta vitória seguida da equipe na temporada, e já está na zona dos playoffs.

Allen foi substituído por Keyon Dooling.

Cousins segue no banco de reservas

O pivô DeMarcus Cousins, que teria solicitado para ser trocado pelo Sacramento Kings, novamente começou no banco de reservas.

Cousins foi bem, ao anotar 26 pontos, mas pegou apenas três rebotes. Em seu lugar, começou o ala-pivô J.J. Hickson, que obteve seis pontos e quatro rebotes.

Foi a quinta derrota do Kings na temporada.

Odom faz sua melhor partida pelo Mavs

O ala-pivô Lamar Odom, do Dallas Mavericks, anotou 15 pontos e pegou cinco rebotes na vitória de sua equipe sobre o Phoenix Suns, na noite de quarta-feira. Foi sua melhor apresentação, desde que chegou ao time.

Odom começou a temporada devagar, jamais tendo passado dos oito pontos em nas seis primeiras partidas.

O Mavs venceu seu terceiro confronto nos últimos quatro jogos.

Eric Gordon volta, mas Hornets perde

O ala-armador Eric Gordon, principal jogador do New Orleans Hornets, fez na noite de quarta-feira seu segundo jogo na temporada, mas não evitou a derrota para o Philadelphia 76ers por 101 a 93.

Gordon, que sentia dores no joelho, anotou 22 pontos e pegou seis rebotes, mas não ficou satisfeito com a performance de seus companheiros.

“Nós erramos demais na defesa”, afirmou. “Nós não atacamos como deveríamos, pois somos muito bons atacando a cesta. Não fizemos isso”.

Gustavo Freitas
Gustavo Freitas
Mineiro de Uberaba, é co-fundador do Jumper Brasil e fã do Boston Red Sox.