Rapidinhas de terça-feira (30-09-2014)

Tobias Harris quer seguir no Orlando Magic

Em até aproximadamente um mês, a diretoria do Orlando Magic vai precisar se decidir se estenderá o contrato do ala Tobias Harris. Desde 2012-13 no time da Flórida, o jogador afirma que pretende ficar.

“Obviamente eu quero ficar aqui”, disse. “Mas eu acho que eu só vou lá e jogar o meu basquete. Vou deixar que meu agente cuide disso. Eu sei que existem conversas, mas não me envolvo tanto nisso. 

Caso não aconteça um acordo em breve, Harris vai se tornar agente livre irrestrito ao final de 2014-15, quando terá uma oferta qualificatória no valor de US$ 3.6 milhões para o próximo ano.

Em 61 jogos na temporada passada, Harris obteve médias de 14.6 pontos, 7.0 rebotes e um aproveitamento de 46.4% nos arremessos.

 

Paul George espera retornar para os playoffs

Mesmo sabendo que as chances de o Indiana Pacers garantir uma vaga nos playoffs não são as melhores possíveis, o astro Paul George acredita que poderá retornar ao time assim que a fase regular terminar. Afastado das quadras desde a terrível lesão enquanto disputava um amistoso pela seleção dos Estados Unidos, o atleta está otimista.

“Acho que existe uma grande possibilidade de eu voltar nesta temporada”, afirmou George. Eu tenho conversado com os caras da equipe e falei para eles que podemos chegar aos playoffs”.

Além de George, o Pacers perdeu o ala-armador Lance Stephenson para o Charlotte Hornets. A diretoria contratou Rodney Stuckey, C.J. Miles e Damjan Rudež nas férias da NBA. Acredita-se que Solomon Hill será o seu substituto, ao menos no início da temporada.

 

Vitor Faverani afirma que seu joelho está curado

Lesionado no joelho em fevereiro, o brasileiro Vitor Faverani ficou de fora do restante da última temporada. O pivô passou por cirurgia e agora está completamente curado. Seu tempo de quadra para 2014-15, entretanto, não deve ser muito grande por conta da concorrência no setor.

“Meu joelho está perfeito”, afirmou.

Apesar disso, Faverani ainda não foi liberado para todos os treinamentos, mas o técnico Brad Stevens já foi avisado que suas condições físicas são boas o suficiente para participar da pré-temporada.

Em 2013-14, o jogador fez sua primeira temporada na NBA e obteve médias de 4.4 pontos e 3.5 rebotes em 37 partidas. Como titular, seus números são bem melhores: foram 6.9 pontos, 7.1 rebotes e 1.9 bloqueio, em oito jogos.

 

Richard Jefferson diz ter assinado com o Mavericks para ser campeão

https://www.youtube.com/watch?v=U7gsjbUeoII

Reforço do Dallas Mavericks para esta temporada, o veterano ala Richard Jefferson quer encerrar a carreira com um anel de campeão. Para ele, a melhor oportunidade de conseguir isso é pelo time texano.

“Outros times tentaram me oferecer mais dinheiro ou mais oportunidades como titular ou jogar por bem mais tempo, mas a este ponto da minha carreira eu quero mesmo é ser campeão”, afirmou. “Nós temos uma chance aqui. Obviamente precisamos de sorte. Precisamos de algumas coisas para agora, mas eu acredito que esta é a minha melhor chance de vencer e é vencer agora”.

Aos 34 anos, Jefferson teve passagens pelo New Jersey Nets, Milwaukee Bucks, San Antonio Spurs, Golden State Warriors e, mais recentemente, Utah Jazz. Na última temporada, ele obteve médias de 10.1 pontos e 2.7 rebotes, em 82 partidas.

 

Steve Clifford está próximo de definir todos os titulares no Charlotte Hornets

https://www.youtube.com/watch?v=ldNs0RaIF8M

Ter obtido a vaga para os playoffs na última temporada deu ao técnico Steve Clifford a chance de melhorar o seu elenco para 2014-15. O treinador está muito próximo de definir todo o seu quinteto inicial para a fase regular, mas ainda tem uma dúvida.

Clifford ainda não se decidiu se utilizará Gerald Henderson ou Michael Kidd-Gilchrist como o seu ala titular. Ele elogiou muito a chegada de Lance Stephenson e confirmou sua escalação. Marvin Williams será o ala-pivô, enquanto Al Jefferson e Kemba Walker seguem com suas posições intactas.

“Eu vi Kobe Bryant, Tracy McGrady, e Latrell Sprewell em suas melhores fases. Lance ainda não está lá”, afirmou. “Lance teve 13.5 pontos na temporada passada. Ele é muito jovem e atlético. Ele precisa ainda melhorar algumas coisas, como sua eficiência arremessando e tomar mais cuidado com a bola para diminuir seus erros de ataque. Mas estamos falando sobre ele como um legítimo jogador de All Star, que pode fazer de tudo em quadra e ele sabe disso”.

O Hornets inicia a sua pré-temporada no dia 8 de outubro, contra o Philadelphia 76ers.

Gustavo Freitas
Gustavo Freitas
Mineiro de Uberaba, é co-fundador do Jumper Brasil e fã do Boston Red Sox.
  • Kleber

    George só volta se o Hibbert fizer 20/10. Não tem quem ataque nesse Pacers. Perdeu e não tinha como repor.

  • Juninho

    Porra o mundial zuou de vez o Pacers hein…e o substituto é ….solomon hill, jesus hein acho que se no meio da temporadase o time estiver mal vai rolar um tank mesmo o west não admitindo e seria justo esse tank pelo tamanho do prejuízo!

  • Juninho

    Eu era e sou fã do basquete do Richard Jefferson na verdade quem acompanha a NBA a mais de uma década lembra que ele era um dos pilares do Nets do kidd, jogava muito tinha uma intensidade absurda nos dois lados e tinha um arremesso consistente de 3, mas depois do período (BOM) nos Spurs ele entrou em decadência e se ganhar motivação no Mavs pode ser importante ….

  • rodrigohawks

    Rajon Rondo da entrevista pra o NBA TV, machuca a garganta e esta fora do Celtão da Massa por mais 60 dias ;;;;

    • Ramon

      Tá pior que o Valdívia.

    • Thiago Reis

      Você sabe que a piada não é a sua piada né? A piada é você!!!

  • RafaelRox

    Acho que Lance vai continuar apavorando esse ano.. e vai melhorar ainda mais.
    Espero – o no All Star.
    Quem diria que o cara foi uma escolha de segunda rodada é já é top 5 de SG´s da liga.

    • Ramon

      Ele foi escolha de 2ª rodada por pura indisciplina.
      E acho que ele jogou a namorada dele da escada , se não me engano , quando estava na faculdade.

      Mas mesmo assim , sempre foi considerado um dos melhores da sua classe.

  • André Fagundes

    Que moral deram pro Lance Stephenson, mas acredito que pro Hornets ainda faltam arremessadores (além do Marvin Williams… Essa temporada é pra ficar de olho no Cody Zeller.