Rapidinhas do mercado (01-08-19)

Rockets pode fazer sign-and-trades com Nenê e Shumpert

A chegada do astro Russell Westbrook não deverá ser a última movimentação do Houston Rockets para reforçar seu elenco efetivo. Segundo Kelly Iko, do site The Athletic, a equipe texana segue em busca de opções no mercado e estuda envolver o brasileiro Nenê Hilário e Iman Shumpert em negociações de sign-and-trade.

A direção da franquia encararia aproveitar os dois agentes livres em trocas, já que ambos já estariam fora dos planos, como uma forma de adquirir ativos e possíveis reforços sem custos. A tendência é que Shumpert, pela idade e a posição em que atua, tenha mais chances de trazer valor de retorno ao Rockets do que Nenê.

 

Shaun Livingston revela recente interesse do Clippers

A passagem de Shaun Livington pelo Golden State Warriors está encerrada e, agora, ele busca um novo time para jogar sua provável última temporada na NBA. O armador de 33 anos revelou ter desistido da aposentadoria e adoraria colocar ponto final na carreira onde tudo começou, no Los Angeles Clippers.

“Jogar no Clippers novamente seria como fechar um ciclo. Se houve uma vaga e a oportunidade, isso faria muito sentido para mim. Já teve uma mostra de interesse por parte deles. Tudo gira em torno de quando estarão prontos para tomarem uma decisão”, revelou o veterano, em entrevista ao Lincoln Journal Star.

 

Lance Stephenson fecha acordo “pesado” com time chinês

O basquete chinês será a nova casa de Lance Stephenson. De acordo com Chris Haynes, do portal Yahoo! Sports, o ala-armador de 28 anos apalavrou contrato de uma temporada com o Liaoning Flying Leopards e deve receber US$4 milhões em salários – o que fará dele um dos atletas mais bem pagos da CBA.

O polêmico jogador vai juntar-se ao ala-pivô Brandon Bass, ex-Boston Celtics, na equipe asiática e poderá voltar aos EUA a tempo de ser elegível para a disputa dos playoffs da próxima temporada. Em mais de 500 partidas realizadas na NBA, Stephenson tem médias de 8.2 pontos, 4.6 rebotes e 2.9 assistências na carreira.

 

Bayern de Munique confirma contratação de Greg Monroe

Outro jogador que, sem mercado na NBA, decidiu partir em uma “nova aventura” foi Greg Monroe. Os alemães do Bayern de Munique oficializaram a chegada do ex-pivô do Detroit Pistons na última semana, com a assinatura de vínculo até o término da próxima temporada europeia.

O jogador de 28 anos vai ser o terceiro norte-americano no elenco do tradicional clube alemão para a próxima campanha, ao lado de T.J. Bray e Josh Huestis (ex-Oklahoma City Thunder). Além dos campeonatos nacionais, Monroe disputará a edição 2019-20 da Euroliga com o Bayern.

 

Franquias consultam Pacers sobre troca por Myles Turner

O Indiana Pacers está com o telefone bastante ocupado ao longo da offseason. E, aparentemente, o nome que mais se ouve ser questionado nos bastidores é Myles Turner. Segundo Ian Begley, da rede Sports NY, múltiplos times vêm consultando os dirigentes de Indianapolis sobre a disponibilidade do pivô, desde antes do draft.

Até agora, o Pacers recusou todos os contatos e sequer ouviu propostas pelo atleta de 23 anos. Isso pode mudar em breve, no entanto: com a proximidade da agência livre de Domantas Sabonis e a recente escolha de Goga Bitadze no recrutamento, espera-se que a equipe considere reduzir sua rotação de garrafão, cedo ou tarde.

 

Em transição

– Não será dessa vez que Gustavo Ayon retornará para a NBA. O ex-pivô do Real Madrid, que supostamente esteve nos planos de Dallas Mavericks e Clippers, assinou contrato de um ano com os russos do Lokomotiv San Petersburg.

Ian Clark, por sua vez, está levando seus talentos para o basquete chinês. De acordo com Emiliano Carchia, do site Sportando, o agente livre do New Orleans Pelicans fechou vínculo até o ano que vem com o Xinjiang Flying Tigers.

– Quem não será armador do CSKA Moscou na próxima temporada é Jeremy Lin (foto). O jogador de 30 anos teria recusado oferta para juntar-se aos russos, que agiram rápido e trouxeram Ron Baker (ex-New York Knicks) para a posição.

– Outro atleta que está a caminho do velho continente é Jonas Jerebko. Segundo o jornalista Donatas Urbonas, o ex-ala-pivô do Warriors deverá ser confirmado em breve como reforço do Khimki Moscou, da Rússia.

– Por falar em Warriors, a franquia de Oakland conseguiu a renovação com o ala-armador Damion Lee. O atleta de 26 anos, destaque do Santa Cruz Warriors na última temporada da G-League, aceitou ficar no time com um contrato two-way.