Real Madrid atropela Málaga na decisão e conquista a Copa do Rei

Por Vinicius Fernandes Batista

Nesse final de semana foi realizada a edição 2020 da Copa do Rei da Espanha de Basquete Masculino, no Palacio de Deportes José María Martin Carpena, na cidade de Málaga.

A primeira fase foi marcada por muitas surpresas, com a queda de três dos quatro cabeças de chave. Na final, realizada nesse domingo (16), diante de um público de 10.874 pessoas, o Real Madrid derrotou o Málaga por 95 a 68.

A contundência merengue, que já havia levado a Supercopa na abertura da temporada, foi descomunal, ganhando todos os quatro quartos (26 x 13, 17 x 15, 25 x 14 e 27 x 26), apesar dos 22 pontos do cestinha Darío Brizuela. O maior anotador madridista foi Jaycee Carroll, com 20, mas o grande destaque foi o argentino Facundo Campazzo, com um duplo-duplo (13 pontos e 13 assistências), além de ter sido eleito o MVP, com três grandes partidas. Aliás, a equipe da capital não perdeu um quarto sequer em todo o torneio.

O jogo teve a maior diferença de pontos da história em uma decisão, superando os 19 pontos do Barcelona sobre o Real, em 2010. E isso se deve em grande parte à diferença de acertos nas bolas de três, com 17 em 30 dos vencedores contra quatro em 20 do time anfitrião, que ampliou seu jejum de títulos na Copa para 18 anos.

Já a equipe madrilenha, após perder as últimas duas finais para o Barça, somou seu sexto título em nove edições sob o comando de Pablo Laso, que já conta com as mesmas conquistas (19) que o Real nos 28 anos anteriores de sua chegada, em 2011 (ao todo são 26 finais em 35 possíveis). É o 28º troféu para os blancos e se mantém o duopólio dos dois grandes, que conquistaram as últimas 11 Copas e 27 dos últimos 31 títulos nacionais.

Copa do Rei 2020

QUARTAS DE FINAL

Barcelona 78 x 82 Valencia (18 x 19, 20 x 22, 14 x 23 e 26 x 18)
Cestinha: Nikola Mirotic (Barça), 25 pontos

Real Madrid 93 x 83 Bilbao (23 x 21, 27 x 26, 23 x 16 e 20 x 20)
Cestinha: Sergio Llull (Real), 19 pontos

Tenerife 85 x 87 Andorra (27 x 28, 17 x 21, 18 x 21 e 23 x 17)
Cestinha: Marcelinho Huertas (Tenerife) e Dejan Todorovic (Andorra), 20 pontos

Málaga 90 x 86 Zaragoza (18 x 23, 23 x 25, 28 x 15 e 21 x 23)
Cestinha: DJ Seeley (Zaragoza), 29 pontos.

SEMIFINAIS

Real Madrid 91 x 68 Valencia (18 x 11, 16 x 9, 22 x 24 e 24 x 24)
Cestinha: Anthony Randolph (Real), 16 pontos

Málaga 92 x 59 Andorra (25 x 16, 23 x 14, 20 x 19 e 24 x 10)
Cestinha: Jaime Fernández (Málaga), 19 pontos