Reddish e Williamson comandam virada incrível e Duke bate Louisville fora de casa

ACC

(22-2) Duke 71 x 69 Louisville (17-8)

Duke
Zion Williamson: 27 pontos, 12 rebotes, três roubos de bola e 9-15 nos arremessos de quadra
Cam Reddish: 22 pontos e quatro bolas de três pontos convertidas
RJ Barrett: 13 pontos, sete rebotes, quatro assistências e 4-14 nos arremessos de quadra

Louisville
Jordan Nwora: 23 pontos, 12 rebotes e cinco bolas de três pontos convertidas
Dwayne Sutton: 15 pontos e seis rebotes
Steven Enoch: 14 pontos


SEC

(20-4) LSU 73 x 71 Kentucky (20-4)

LSU
Tremont Waters: 15 pontos e cinco assistências
Naz Reid: 12 pontos e sete rebotes
Emmitt Williams: 12 pontos, seis rebotes e dois tocos

Kentucky
P.J. Washington: 20 pontos e nove rebotes
Keldon Johnson: 16 pontos e cinco rebotes
Tyler Herro: 12 pontos e quatro assistências


Big Ten

(20-5) Michigan State 67 x 59 Wisconsin (17-8)

Michigan State
Cassius Winston: 23 pontos, seis rebotes, seis assistências e quatro bolas de três pontos convertidas
Kenny Goins: 12 pontos e nove rebotes
Nick Ward: 12 pontos, seis rebotes e três tocos

Wisconsin
Ethan Happ: 20 pontos, 12 rebotes e seis desperdícios de bola
Nate Reuvers: 11 pontos, quatro rebotes e dois tocos

 

(22-3) Michigan 69 x 75 Penn State (9-15)

Michigan
Charles Matthews: 24 pontos e seis rebotes
Jordan Poole: 17 pontos, quatro rebotes e quatro assistências

Penn State
Lamar Stevens: 26 pontos, 12 rebotes e três tocos
Myles Dread: 17 pontos e cinco bolas de três pontos convertidas

 

(17-7) Purdue 56 x 70 Maryland (19-6)

Purdue
Carsen Edwards: 24 pontos e nove rebotes

Maryland
Jalen Smith: 16 pontos, quatro rebotes e dois tocos
Eric Ayala: 15 pontos, cinco rebotes e dois tocos
Bruno Fernando: 12 pontos, 12 rebotes e quatro assistências
Anthony Cowan: 12 pontos, quatro rebotes, seis assistências e seis desperdícios de bola


Big East

(21-4) Marquette 92 x 73 DePaul (13-10)

Marquette
Markus Howard: 36 pontos, quatro rebotes e quatro bolas de três pontos convertidas
Sam Hauser: 17 pontos, quatro rebotes e quatro assistências
Sacar Anim: 12 pontos

DePaul
Femi Olujobi: 19 pontos
Max Strus: 16 pontos e cinco rebotes

 

Gustavo Lima
Gustavo Lima
Jornalista graduado pela UFMG e pós-graduado em Produção em Mídias Digitais pela PUC-MG. Natural de Ipatinga e residente em BH. Editor do Jumper Brasil desde 2007. Acompanha a NBA desde 1993. Torcedor do Phoenix Suns, mas adepto da imparcialidade.
  • Max

    Quero ainda ver o dia que o RJ Barrett acertar mais da metade dos arremessos.

    • Gustavo – #LeBronGOAT

      Jogo passado ele teve um aproveitamento muito bom. Da uma procurada ai.

    • Maicon Gomes

      Ele tem 45% de FG. É um excelente número pra alguém com tanto volume de jogo igual ele.

  • Tulio Machado

    Babam o Ja Morant e não falam do Markus Howard que é basicamente o mesmo esquema… porem em conferencia forte.
    Reddish é muito bom… espero que vá pra Chicago, e Zion dispensa comentarios, monstro! RJ não acerta metade dos arremessos nem com a benção de Deus

    • Dan Mendes

      Me corrija se eu estiver errado mas acho que o barba também não acerta metade dos arremessos. O moleque e novo pode evoluir.

      • Tulio Machado

        Barba tem que forçar o jogo pq o time precisa, RJ tem Reddish, Zion… 2 dos 4 melhores prospectos do mundo! É necessario forçar o jogo dessa forma ?

        • Dan Mendes

          Ele não força, ele joga como como um jogador na posição dele tem que jogar.

    • Maicon Gomes

      Também não entendo como o Markus não tem nenhuma hype. Ele já é um junior, mas nem fez 20 anos, é um cara bem novo ainda.

      Sabe pontuar de todo lugar da quadra e tem um arremesso do perímetro excelente. Era pra ter mais hype e ta melhor colocados nos mocks.

      O Barrett não ta tão mal po, ele tá ali com 45% de FG praticamente. Pra alguém com tanto volume de jogo é um excelente número.

  • Marcos Gordinho

    Arbitragem roubando o protagonismo até na NCAA!!! Como podem após verificar uma falta ofensiva a transformar em falta defensiva com direito a lances livres??? No máximo ao comprovarem que o defensor estava na “defese zone” deveriam dar apenas a posse para Duke se é que a bola tocou no adversário antes de sair. Duke flertou com a derrota, a arbitragem foi providencial. Me pergunto… “- Para quê a arbitragem vai verificar no vídeo se o defensor pisou na linha se a falta fosse defensiva?”. #segueofluxo

    • Gustavo – #LeBronGOAT

      Ué? A arbitragem agiu de forma correta e fez a chamada correta. Eles marcaram falta de ataque, mas como o cara tava com o pé na linha n existe falta de ataque e consecutivamente era uma falta de defesa, como eles estavam no bonus é FT amigo.

      • Marcos Gordinho

        Como é que se transforma uma falta ofensiva em falta defensiva??? Até onde eu saiba na defense zone o ataque não é punido com falta comum, se o defensor apenas estiver já posicionado não é punido com falta, apenas não a sofre. Nas análises de vídeo os árbitros não avaliaram o movimento do defensor, deram ênfase ao posicionamento do pé apenas.

  • Gabriel De Oliveira Meira

    Acompanho pouco, mas sempre disse e vou dizer , Zion vai ser um cara fora da curva na liga!