Rei 2K: Guia para brilhar muito no My Career

Não sei quanto a vocês, mas o meu maior vício em TODAS as franquias do 2K sempre foi o My Career. Logo, como deve ser feito em um bom reinado, venho aqui ajudá-los com um mini-guia para o jogo.

VC Points no celular:

Um bom início para sua jornada é baixar o aplicativo My NBA 2K18 em seu celular. Sincronize o app com sua conta e comece a jogar. Basicamente você vai ganhando cartas e montando seu time, mas o importante é: dez partidas por dia são 500 VC points. Outra possibilidade é sacar três cartas diárias e conseguir seus pontos por ali. Se os valores forem iguais, a soma delas é dobrada, podendo resultar em até 1500 VC.

Criando o jogador:

Agora largue o celular e ligue o console. Para começar o My Career escolha sabiamente sua posição. Eu gosto de atuar como armador ou pivô pois são os mais participativos nas partidas, seja organizando o ataque, seja distribuindo tocos e pegando rebotes. O próximo passo já vem com novidade da 2K. Escolha entre dois skills, primário e secundário. As opções, traduzidas, são: defensor, reboteiro, passador e habilidoso, infiltrador, criador de arremessos e especialista em longa distância. Combine direito o que mais vai ajudar o seu estilo próprio de jogo e vamos em frente.
O terceiro passo é um dos mais importantes: altura. Nem todos os gigantes do mundo são como Kevin Durant, então um ala de 7’0” não vai ser o mais veloz em quadra. Os indicadores na lateral são auto-explicativos e vão dar uma noção boa para você não estragar seu jogador.

Mesma coisa na hora de indicar a envergadura e peso. O tamanho dos braços do player alterará os atributos de arremesso e força. Já os quilinhos a mais que você colocar podem modificar os atributos atléticos, incluindo a resistência a contatos durante enterradas.

O sexto e o sétimo passo, sinceramente, não servem para nada. Largura dos ombros e mão dominante são de sua preferência estética. Na sequência, é pegar o número favorito, indicar de onde você veio, e ir às quadras.

Melhorando o jogador:

Invistam nas suas insígnias! Acreditem, elas fazem diferença. Elas podem ser desenvolvidas dentro de jogos, como nas versões anteriores, e na academia, novidade. A cada pontuação alta nos desafios, mais experiência para a insígnia.

Escolha BEM e com CALMA, qual o estilo do seu arremesso. Depois de escolher, PRATIQUE. Não deixe para treinar dentro das partidas que é perda de tempo. Conheça bem seu jogador para não passar vergonha e desperdiçar pontos fáceis.

Por que franquia jogar:

Se você é um armador, não vá para uma equipe com um all-star na mesma posição. É meio óbvio, mas vai que, né? Ser titular ajuda muito no decorrer do jogo. É mais fácil ganhar essa condição do Kris Dunn ou do Russell Westbrook? Se você quer ser do seu time favorito, vá para outro antes e tente arrumar uma troca quando tiver condições de ter muitos minutos.

Dificuldade:

Quanto maior o nível de dificuldade usado no NBA 2K, mais VC points.

Crie o seu estilo, treine e invista em momentos do 2K além dos próprios jogos. Você evoluirá muito mais rápido e aprenderá muito mais.