O Philadelphia 76ers viajou até Oakland e não encontrou grandes problemas para despachar o Golden State Warriors. A equipe comandada por Doug Collins, que vinha de derrota contra o Utah Jazz na noite anterior, superou o time da casa por 107 a 79.

Apesar de um início ruim e ter sido derrotado no primeiro quarto por 25 a 19, o Sixers passou a controlar as ações no período seguinte para não sair mais da liderança. Com pouco menos de seis minutos para o intervalo, o armador Lou Williams converteu uma bola de três pontos que colocou os visitantes em vantagem (34 a 33) e o Warriors não retomaria a dianteira pelo restante do confronto.

A torcida esperava uma reação no segundo tempo, mas viu exatamente o contrário: ao invés de se recuperar, o time da casa permitiu que Philadelphia se afastasse cada vez mais no marcador. Assim, o resultado foi ganhando contornos de massacre.

O triunfo do Sixers teve grande participação do banco de reservas, que anotou 58 pontos na noite. Os dois cestinhas da equipe não começaram como titulares: Williams (23 pontos) e o ala Thaddeus Young (18). Pelo Warriors, o armador Stephen Curry foi o principal anotador, com 21 pontos.

Philadelphia

Lou Williams: 23 pontos

Thaddeus Young: 18 pontos, seis rebotes

Spencer Hawes: 14 pontos, 12 rebotes

Andre Iguodala: 14 pontos, oito rebotes, sete assistências

Jrue Holiday: 12 pontos

Golden State

Stephen Curry: 21 pontos, quatro rebotes, quatro assistências

David Lee: 19 pontos, oito rebotes

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.