Revisão da temporada – New Jersey Nets

New Jersey Nets

Todos os números

Resultado final: não se classificou para os playoffs
Temporada regular: 24-58, 4° na divisão do Atlântico , 12° na conferência Leste
Maior invencibilidade: 5 jogos, entre 4 e 14 de março
Maior jejum de vitórias: 8 jogos, entre 30 de novembro e 14 de dezembro
Média de público como mandante: 14.179 pessoas (80.6% da capacidade)
Maior salário: Deron Williams, $ 14.940.000 dólares
Pontos por jogo: 94.2 (28°)
Pontos sofridos por jogo: 100.4 (15°)
Rebotes por jogo: 40.8 (17°)
Assistências por jogo: 21.0 (20°)
Bloqueios por jogo: 4.7 (16°)
Roubadas de bola por jogo: 5.6 (30°)
Erros de ataque por jogo: 13.0 (21°)
Porcentagem de arremessos convertidos: 44.0% (28°)
Porcentagem de lances livres convertidos: 75.9% (18°)
Porcentagem de arremessos de três pontos convertidos: 34.3% (22°)
Maior pontuação: 137, contra o Toronto Raptors, no dia 5 de março
Menor pontuação: 73, contra o Chicago Bulls, no dia 17 de março
Maior pontuação sofrida: 136, contra o Toronto Raptors, no dia 5 de março
Menor pontuação sofrida: 74, contra o Detroit Pistons, no dia 21 de janeiro
Maior cestinha em um jogo: 39 pontos, Brook Lopez contra o Detroit Pistons, no dia 6 de abril
Maior reboteiro em um jogo: 23 rebotes, Kris Humphries contra o Cleveland Cavaliers, no dia 23 de março
Maior assistente em um jogo: 21 assistências, Deron Williams contra o Minnesota Timberwolves, no dia 5 de abril

Ginásio: Prudential Center (capacidade para 17.591 pessoas)
Técnico: Avery Johnson (uma temporada, 24-58)

Movimentações no elenco

24 de junho de 2010: recebeu a escolha 24 do draft (Damion James) do Atlanta Hawks em troca da escolha 27 (Jordan Crawford). Ainda cedeu a escolha 31 (Tibor Pleiss) para o Hawks, que, por sua vez, a trocou com o Oklahoma City Thunder

24 de junho de 2010: recebeu uma escolha de segunda rodada do draft 2012 do Milwaukee Bucks em troca de Chris Douglas-Roberts

29 de junho de 2010: recebeu Quinton Ross do Washington Wizards em troca de Yi Jianlian e considerações em dinheiro

29 de junho de 2010: recebeu Anthony Morrow (sign and trade) do Golden State Warriors em troca de uma escolha de segunda rodada do draft 2011

15 de dezembro de 2010: recebeu Sasha Vujacic do Los Angeles Lakers e duas escolhas de primeira rodada do draft (2011 e 2012) em troca de Joe Smith. Na mesma troca, ainda cedeu Terrence Williams para o Houston Rockets

23 de fevereiro de 2011: recebeu Deron Wiliams do Utah Jazz em troca de Devin Harris, Derrick Favors e duas futuras escolhas de primeira rodada do draft.

23 de fevereiro de 2011: recebeu Brandan Wright e Dan Gadzuric do Golden State Warriors em troca de Troy Murphy e uma futura escolha de segunda rodada do draft

Assinou com Jordan Farmar, Travis Outlaw, Johan Petro e Mario West como agentes livres

A temporada

Em 2009/2010, o New Jersey Nets fez uma das piores campanhas da história da NBA (12 vitórias e 70 derrotas). Pelo menos na última temporada, o time de Newark não repetiu o papelão. O Nets conquistou o dobro de vitórias (24) e perdeu 58 jogos. Com um elenco limitado, o treinador Avery Johnson não pode fazer muita coisa em sua primeira temporada à frente da equipe. A temporada serviu, sobretudo, para conseguir o armador Deron Williams. Vale lembrar ainda a “burrada” feita pela direção do Nets, na última intertemporada, quando fechou com o mediano Travis Outlaw um contrato de cinco anos no valor de 35 milhões de dólares. Isso pode trazer danos colaterais no período de agência livre de 2012…

O draft 2011

Selecionou o ala-armador Marshon Brooks (Providence) na escolha 25 e o ala-pivô Jordan Williams (Maryland) na escolha 36

O perímetro

O Nets começou a temporada com Devin Harris na armação da equipe. Em 54 jogos disputados, ele obteve médias de 15.0 pontos e 7.6 assistências. Em fevereiro, após uma troca com o Utah Jazz, o armador passou a ser Deron Williams. Mesmo atrapalhado por uma lesão no punho direito, ele atuou em 12 partidas e conseguiu médias de 15.0 pontos, 4.6 rebotes e 12.8 assistências.

Na posição 2, o titular em boa parte da temporada foi Anthony Morrow. Em seu primeiro ano vestindo o uniforme do Nets, ele mostrou que pode ser uma arma perigosa nos arremessos de longa distância. Quando Morrow se lesionou, o esloveno Sasha Vujacic assumiu a titularidade. O namorado da bela tenista russa Maria Sharapova fez sua melhor temporada na NBA, já que teve mais tempo de quadra.

Completando o perímetro, vamos falar da posição mais carente do time de New Jersey: a ala. Travis Outlaw foi o que mais atuou como titular e com mais tempo de quadra. No entanto, ele decepcionou. Aliás, Outlaw mostrou à direção do Nets que não merece ganhar 7 milhões de dólares por temporada e que não passa de um jogador para compor elenco. Enquanto não esteve de fora por causa de uma lesão no pé direito, o novato Damion James mostrou potencial, sobretudo, na defesa. O problema é que ele atuou em apenas 25 jogos da temporada. Saudável, James deverá ser o titular e “empurrar” Outlaw para o banco de reservas na próxima temporada.

O garrafão

O ala-pivô Kris Humphries teve a melhor temporada de sua carreira. Conhecido mais pelo romance com a bela atriz e modelo Kim Kardashian do que pelo seu jogo, ele começou a temporada no banco de reservas. Com a saída do veterano Joe Smith, em meados de dezembro, Humphries ganhou a titularidade e mostrou que é um grande reboteiro (foi o quinto em rebotes na temporada) e um defensor razoável. Após a saída de Derrick Favors, que dividia minutos com ele, na posição 4, suas médias foram de 14.1 pontos, 14.1 rebotes e 1.6 tocos.

Humphries complementou bem o garrafão ao lado de Brook Lopez, cestinha do Nets na temporada. Em sua terceira temporada na NBA, Lopez melhorou no quesito pontos e nos arremessos de média distância, mas caiu de rendimento nos rebotes. Um pivô do seu porte, e que atua cerca de 35 minutos por partida, não pode ter uma média de apenas 6.0 rebotes.

Análise geral

Como todos sabem, o New Jersey Nets passa, desde as últimas duas temporadas, por uma reconstrução do elenco. Em 2010/2011, o time abriu mão do armador Devin Harris e do promissor ala-pivô Derrick Favors para conseguir o armador Deron Williams, do Utah Jazz. Antes de fechar essa troca, a equipe tentou, sem sucesso, o ala Carmelo Anthony, até então no Denver Nuggets. Com a contratação de Williams, a direção da franquia espera atrair outros jogadores “de calibre” nos dois próximos períodos de agência livre. O Nets terá espaço na folha salarial para assinar com até dois jogadores de bom nível ou oferecer um contrato máximo para uma estrela da NBA. Neste ano, temos, por exemplo, David West, Nenê Hilário, Andrei Kirilenko, Tayshaun Prince, Jason Richardson, Tyson Chandler e Marc Gasol como agentes livres. No ano que vem, as opções são ainda melhores, com Dwight Howard, Chris Paul, Deron Williams, Kevin Garnett, Ray Allen,Elton Brand, Andrew Bynum e Gerald Wallace, entre outros. O sonho do Nets? Ter Deron Williams e Dwight Howard no elenco em 2012/2013.

Titulares

PG: Deron Williams – 15.0 pontos, 4.6 rebotes, 12.8 assistências e 1.3 roubadas de bola
SG: Anthony Morrow – 13.2 pontos, 3.0 rebotes, 89.7% de aproveitamento nos lances livres, 42.3% de aproveitamento nas bolas de três pontos
SF: Travis Outlaw – 9.2 pontos, 4.0 rebotes
PF: Kris Humphries – 10.4 pontos, 10.0 rebotes
C: Brook Lopez – 20.4 pontos, 6.0 rebotes, 1.5 tocos

Principais reservas

PG: Jordan Farmar – 9.6 pontos, 5.0 assistências
SG: Sasha Vujacic – 11.4 pontos, 3.3 rebotes
SG/SF: Stephen Graham: 3.4 pontos, 2.1 rebotes
SF: Damion James – 4.4 pontos, 3.4 rebotes
PF: Brandan Wright – 3.6 pontos, 3.0 rebotes
C: Johan Petro – 3.6 pontos, 2.8 rebotes

Gustavo Lima
Gustavo Lima
Jornalista graduado pela UFMG e pós-graduado em Produção em Mídias Digitais pela PUC-MG. Natural de Ipatinga e residente em BH. Editor do Jumper Brasil desde 2007. Acompanha a NBA desde 1993. Torcedor do Phoenix Suns, mas adepto da imparcialidade.