Revisão da temporada – Philadelphia 76ers

Philadelphia 76ers

Campanha: 51-31, terceiro colocado na conferência Leste; eliminado pelo Toronto Raptors em sete jogos na semifinal de conferência
Técnico: Brett Brown
Executivo: Elton Brand

G MP FG% 3P% FT% TRB AST STL BLK PTS/G
Tobias Harris 27 35.0 .469 .326 .841 7.9 2.9 0.4 0.5 18.2
Ben Simmons 79 34.2 .563 .000 .600 8.8 7.7 1.4 0.8 16.9
Robert Covington 13 33.8 .427 .390 .739 5.2 1.1 1.8 1.8 11.3
Joel Embiid 64 33.7 .484 .300 .804 13.6 3.7 0.7 1.9 27.5
Jimmy Butler 55 33.2 .461 .338 .868 5.3 4.0 1.8 0.5 18.2
J.J. Redick 76 31.3 .440 .397 .894 2.4 2.7 0.4 0.2 18.1
Dario Šarić 13 30.5 .364 .300 .900 6.6 2.0 0.3 0.2 11.1
Wilson Chandler 36 26.4 .440 .390 .722 4.7 2.0 0.6 0.5 6.7
Mike Scott 27 24.0 .400 .412 .667 3.8 0.8 0.3 0.2 7.8
Markelle Fultz 19 22.5 .419 .286 .568 3.7 3.1 0.9 0.3 8.2
Mike Muscala 47 22.1 .392 .342 .818 4.3 1.3 0.4 0.6 7.4
Landry Shamet 54 20.5 .441 .404 .815 1.4 1.1 0.4 0.1 8.3
Corey Brewer 7 20.0 .408 .286 .692 2.4 1.4 1.7 0.3 7.6
T.J. McConnell 76 19.3 .525 .333 .784 2.3 3.4 1.0 0.2 6.4
Zhaire Smith 6 18.5 .412 .375 .750 2.2 1.7 0.3 0.3 6.7
Greg Monroe 3 17.3 .652 1.000 .909 4.3 2.3 0.3 0.0 13.7
James Ennis 18 15.6 .410 .306 .696 3.6 0.8 0.2 0.4 5.3
Jonathon Simmons 15 14.6 .453 .429 .640 1.7 2.2 0.7 0.1 5.5
Jonah Bolden 44 14.5 .494 .354 .481 3.8 0.9 0.4 0.9 4.7
Furkan Korkmaz 48 14.1 .400 .326 .818 2.2 1.1 0.6 0.0 5.8
Boban Marjanović 22 13.9 .625 .500 .722 5.1 1.5 0.2 0.5 8.2
Shake Milton 20 13.4 .391 .318 .714 1.8 0.9 0.4 0.4 4.4
Amir Johnson 51 10.4 .503 .300 .756 2.9 1.2 0.3 0.3 3.9
Haywood Highsmith 5 8.0 .400 .200 .000 1.0 0.4 0.2 0.0 1.8
Justin Patton 3 7.0 .286 .000 .500 2.0 1.0 0.7 0.0 1.7
Demetrius Jackson 6 6.5 .533 .333 1.000 0.5 0.8 0.3 0.0 3.7

Terceiro colocado na conferência Leste, o Philadelphia 76ers consolidou-se entre os melhores times da atualidade com Joel Embiid e Ben Simmons. Só que durante a última temporada, a equipe ainda recebeu o polêmico ala Jimmy Butler em troca com o Minnesota Timberwolves, tornando o Sixers ainda mais forte. Depois, chegou Tobias Harris, vindo do Los Angeles Clippers, também em troca.

A expectativa era fazer o time de Philadelphia tornar-se o principal candidato ao título do Leste. Disputou com Milwaukee Bucks e Toronto Raptors a melhor campanha da conferência até a metade da temporada, mas depois perdeu fôlego. Quando Embiid não entrava em quadra, então, era um sofrimento. O Sixers venceu somente oito dos 18 jogos em que ele não participou.

Nos playoffs, o time chegou a ser surpreendido pelo Brooklyn Nets na estreia e a série foi marcada por confusões e brigas. No fim, o Sixers superou o oponente em cinco jogos e encarou o Raptors na semifinal do Leste. Em sete partidas muito disputadas, a definição acabou acontecendo apenas depois do estouro do cronômetro, quando Kawhi Leonard já estava no chão e a bola finalmente caiu.

Butler e Harris chegaram para deixar o time mais forte para os playoffs, mas ambos eram agentes livres. Enquanto o primeiro aceitou um acordo com o Miami Heat, Harris permanece para a próxima temporada.

2019-20

Para a próxima temporada, a diretoria do Philadelphia 76ers ousou e contratou o ala-pivô Al Horford, ex-Boston Celtics e, na negociação de Jimmy Butler, recebeu Josh Richardson para ser ala-armador. Tobias Harris renovou e jogará como ala.

Por mais que o encaixe pareça difícil, Horford atuou na posição pelo Atlanta Hawks e também no Celtics. Richardson pode ser ala ou ala-armador, enquanto Harris vinha como ala-pivô nos últimos anos, mas jogou como ala por muito tempo. Embiid e Horford gostam de sair do garrafão para o arremesso de longa distância, o que vai fazer, imediatamente, com que Ben Simmons tenha mais espaço para suas infiltrações, praticamente no um contra um.

A presença de Horford no grupo significa, essencialmente, que Embiid vai poder descansar em algumas ocasiões sem medo. Aqueles oito triunfos em 24 jogos sem o pivô não devem se repetir com o ex-Celtics no elenco. Horford é ótimo defensor e, no ataque, joga aberto, pronto para o arremesso de três.

Perder J.J. Redick não estava exatamente nos planos de Brett Brown. Especialista no arremesso de três, o ala-armador foi para o New Orleans Pelicans. Com a troca de Landry Shamet para o Los Angeles Clippers, o Sixers ficou sem um grande gatilho no elenco.

Quem saiu

Amir Johnson (agente livre)
Boban Marjanovic (Dallas Mavericks)
T.J. McConnell (Indiana Pacers)
J.J. Redick (New Orleans Pelicans)
Jonathon Simmons (agente livre)
Jimmy Butler (Miami Heat)

Quem chegou

Al Horford (Boston Celtics)
Josh Richardson (Miami Heat)
Matisse Thybulle (calouro)
Kyle O’Quinn (Indiana Pacers)
Raul Neto (Utah Jazz)
Trey Burke (Dallas Mavericks)
Isaiah Miles (calouro)
Christ Koumadje (calouro)
Norvel Pelle (calouro)

Provável time base

PG – Ben Simmons
SG – Josh Richardson
SF – Tobias Harris
PF – Al Horford
C – Joel Embiid

Principais reservas:  Trey Burke (PG), Furkan Korkmaz (SG, SF), Mike Scott (PF), Kyle O’Quinn (PF, C)

Classificação: vai brigar pelos primeiros lugares, exceto por um desajuste total do quinteto titular, no papel, um dos melhores da liga.

Gustavo Freitas
Gustavo Freitas
Mineiro de Uberaba, é co-fundador do Jumper Brasil e fã do Boston Red Sox.