Revisão da temporada – San Antonio Spurs

San Antonio Spurs

Campanha: 48-34, sétimo na conferência Oeste, eliminado pelo Denver Nuggets em sete jogos na primeira rodada
Técnico: Gregg Popovich
Executivo: R.C. Buford

 

 

Perder um astro como Kawhi Leonard não é fácil, especialmente para o San Antonio Spurs, que preparava o jogador para assumir ainda mais o protagonismo na equipe texana. No entanto, ele pediu para ser trocado e, na negociação, chegou DeMar DeRozan, ex-Toronto Raptors. E DeRozan “funcionou” bem ao lado de LaMarcus Aldridge, e o Spurs obteve a classificação para os playoffs pela 22ª temporada consecutiva.

Mas para se classificar, o Spurs ainda teve de passar por outros problemas, como o armador Dejounte Murray, projetado para ser o titular, se machucou seriamente durante a pré-temporada e ficou fora de toda a campanha em 2018-19. Gregg Popovich optou, então, por escalar Derrick White ao lado de Bryn Forbes no quinteto titular. Até então, somados, eles tinham 12 jogos entre os iniciais. Assim como DeRozan e Aldridge, também funcionou.

Popovich tentou variar um pouco as coisas no Spurs, alternando titulares, às vezes de acordo com o adversário, outras por lesões de seus comandados. Mesmo não sendo um time brilhante, o Spurs sobrou com nove vitórias a mais que o nono colocado, evitando qualquer problema com a série consecutiva de classificações.

Nos playoffs, entretanto, o Denver Nuggets superou a equipe de San Antonio em sete partidas, garantindo apenas no minuto final do último jogo.

2019-20

O San Antonio Spurs pouco precisou fazer na offseason. Contratou o ala DeMarre Carroll e tinha acordo com Marcus Morris, que, de última hora, trocou o time texano pelo New York Knicks. Em seguida, o Spurs fechou com Trey Lyles, ex-Denver Nuggets. O recado é: espere pelo mesmo de 2018-19.

Apesar da manutenção de quase todo o grupo da temporada passada, o Spurs viu seus oponentes contratando grandes nomes e isso pode deixar a situação um pouco mais complicada. A parte boa é que Dejounte Murray está recuperado e vai jogar sem restrições desde o princípio. Gregg Popovich ainda não definiu quem será o titular entre Derrick White e ele, mas a tendência é que Murray volte ao quinteto inicial em 2019-20.

Pode parecer pouco, mas Popovich tem nas mãos um elenco preparado para seguir se classificando para os playoffs por mais um longo período. O problema é que não vai brigar pelos primeiros lugares, logo parece um time muito mais fraco e que não vai fazer nada.

Quem saiu

Quincy Pondexter (agente livre)
Dāvis Bertāns (Washington Wizards)

Quem chegou

Trey Lyles (Denver Nuggets)
DeMarre Carroll (Brooklyn Nets)
Luka Šamanić (calouro)
Keldon Johnson (calouro)
Dedric Lawson (calouro)

Provável time-base

PG- Dejounte Murray
SG- Bryn Forbes
SF- DeMar DeRozan
PF- LaMarcus Aldridge
C- Jakob Poeltl

Principais reservas: Derrick White (PG), Rudy Gay (SF, PF), Marco Belinelli (SG), Patty Mills (PG), DeMarre Carroll (SF)

Classificação: quase todo o time foi mantido, mas os outros times do Oeste estão mais fortes. Vai ter que brigar pela vaga.

Gustavo Freitas
Gustavo Freitas
Mineiro de Uberaba, é co-fundador do Jumper Brasil e fã do Boston Red Sox.