Revisão da temporada – Toronto Raptors

Toronto Raptors

Campanha: 58-24, segundo conferência Leste, superou o Golden State Warriors em seis jogos e foi campeão
Técnico: Nick Nurse
Executivo: Masai Ujiri

 

O Toronto Raptors é o atual campeão da NBA. Após uma temporada regular em que o time nem sempre precisou do astro Kawhi Leonard, o Raptors chegou como zebra e conquistou o seu primeiro título. Leonard, que chegou em troca com o San Antonio Spurs, liderou a equipe dentro de quadra na melhor campanha de sua carreira.

Mas o Raptors não foi só Leonard. O time trouxe o espanhol Marc Gasol para o garrafão. Gasol, um dos melhores jogadores da posição, chegou em negociação com o Memphis Grizzlies. Para isso, precisou liberar Jonas Valanciunas, entre outros. Kyle Lowry, mesmo com os piores números desde a sua chegada ao Raptors, foi para o Jogo das Estrelas. Enquanto isso, Pascal Siakam tornou-se uma das principais opções ofensivas na fase regular, mas ainda melhor nos playoffs.

O técnico Nick Nurse venceu a desconfiança e fez o Raptors tornar-se um time sólido dos dois lados da quadra, mas que ganhou ainda mais força na fase dos mata-matas, especialmente quando encarou e superou o Phiadelphia 76ers no último lance do jogo 7 com um arremesso de Leonard. A equipe canadense passou, com menor dificuldade pelo Milwaukee Bucks na final do Leste e, por fim, pegou o Golden State Warriors nas finais da NBA. Agora, ganhar um título contra o então melhor time dos últimos anos, foi surpresa. Para alguns, com todos os méritos. Para outros, só chegou lá por conta das lesões de Kevin Durant e Klay Thompson.

2019-20

Tudo bem. Perder Kawhi Leonard era meio que esperado, certo? Havia, sim, uma ponta de esperança em vê-lo novamente no uniforme do Toronto Raptors, mas a concorrência era pesada: os times de Los Angeles tentaram, agressivamente, fechar com o atleta. Maior sorte para o Clippers. O Lakers ficou com outro jogador do Raptors, Danny Green.

Mas o resto do elenco foi mantido, com pequenas exceções. Sem Leonard e Green, OG Anunoby e Fred VanVleet deverão assumir suas posições no quinteto titular. Serge Ibaka será uma das principais opções no banco de reservas, assim como o recém-chegado Rondae Hollis-Jefferson, ex-Brooklyn Nets. Hollis-Jefferson despontou como um dos melhores defensores entre os mais jovens, mas fez uma temporada 2018-19 bem ruim.

Dá para brigar pelos melhores lugares do Leste, embora o Milwaukee Bucks esteja ainda mais forte e o Philadelphia 76ers fez grandes contratações. A aposta é que Pascal Siakam absorva parte das ações ofensivas que eram de Leonard e seja o grande nome da franquia nos próximos anos.

 

Quem saiu

Kawhi Leonard (Los Angeles Clippers)
Danny Green (Los Angeles Lakers)
Jeremy Lin (agente livre)
Jodie Meeks (agente livre)

Quem chegou

Stanley Johnson (New Orleans Pelicans)
Rondae Hollis-Jefferson (Brooklyn Nets)
Cameron Payne (Cleveland Cavaliers)
Malcolm Thomas (agente livre)

Provável time-base

PG- Kyle Lowry
SG- Fred VanVleet
SF- OG Anunoby
PF- Pascal Siakam
C- Marc Gasol

Principais reservas: Serge Ibaka (C, PF), Rondae Hollis-Jefferson (SF, PF), Stanley Johnson (SF), Norman Powell (SG, SF), Patrick McCaw (SG)

Classificação: campeão na temporada passada, o Toronto Raptors perdeu um dos melhores jogadores da liga, mas segue como um dos favoritos.

Gustavo Freitas
Gustavo Freitas
Mineiro de Uberaba, é co-fundador do Jumper Brasil e fã do Boston Red Sox.