Samuel Dalembert diz que seria fantástico atuar pelo Miami Heat

O pivô Samuel Dalembert, que na última temporada defendeu o Sacramento Kings, deverá ser um dos agentes livres mais procurados nesta curta offseason da NBA, que começa no dia 9 de dezembro.

Três equipes já demonstraram interesse em contar com o pivô haitiano de 30 anos: Miami Heat, New York Knicks e Houston Rockets. Em entrevista concedida nesse domingo à FOX Sports, Dalembert deixou transparecer que já tem um destino preferido.

“Seria fantástico atuar pelo Heat. O povo haitiano sempre me fala: você tem que jogar em Miami. Sei que o Heat precisa de um jogador capaz de defender bem o garrafão, pegar os rebotes e finalizar. Eu poderia preencher esse papel e ser um trunfo para a equipe”, disse o pivô.

Por já ter atingido o limite da folha salarial, a única possibilidade de o time da Flórida assinar com Dalembert seria oferecer a Mid-Level Exception (Exceção de Nível Médio que permite a uma equipe assinar com jogadores pelo salário médio da NBA, em um contrato máximo de quatro anos).

Vale dizer que a MLE será de aproximadamente cinco milhões de dólares nesta temporada, com esse valor crescendo 4.5% a partir do segundo ano de contrato.

O Knicks também já atingiu o limite na folha salarial e está na mesma situação do Heat. Já o Rockets, outro interessado em Dalembert, teria espaço no seu teto salarial para oferecer um contrato mais vantajoso ao pivô.

Gustavo Lima
Gustavo Lima
Jornalista graduado pela UFMG e pós-graduado em Produção em Mídias Digitais pela PUC-MG. Natural de Ipatinga e residente em BH. Editor do Jumper Brasil desde 2007. Acompanha a NBA desde 1993. Torcedor do Phoenix Suns, mas adepto da imparcialidade.